O que é e Como Calcular a Taxa Interna de Retorno (TIR)

  16 Comentários   Conceitos de Gestão  
Compartilhe com amigos:

O que é: A Taxa Interna de Retorno (TIR), vem do inglês Internal Return Rate (IRR), e é um fórmula matemática-financeira utilizada para calcular a taxa de desconto que teria um determinado fluxo de caixa para igualar a zero seu Valor Presente Líquido. Em outras palavras, seria a taxa de retorno do investimento em questão.

Quando usar: A TIR é um dos indicadores essenciais em análises de retorno de projetos ou valoração de empresas (valuation). Os termos mais famosos para estudos do gênero são viabilidade econômica com as variações e econômica-financeira ou técnica-econômica.

Apresentação Pronta para Investidores

Como calcular: Neste post, vamos mostrar como calcular a Taxa Interna de Retorno através do Excel, mas o cálculo matemático que ocorre de fato é o seguinte:

formula TIR

No qual, F significa o fluxo de caixa de cada período e o é o período em questão Assim que o estamos vendo é cada fluxo de caixa ser dividido pela TIR elevada ao seu respectivo período, visto que os juros, neste caso, são compostos. E tudo isso deve ser igual a zero.

Agora que vimos o lado matemático, vamos ver o lado prático, via Excel. Para calcular o TIR, basta ter o fluxo de caixa livre da sua projeção financeira, vamos usar o mesmo exemplo do Valor Presente Líquido :

fluxo de caixa - vpl

Neste caso, o projeto teve um investimento inicial de R$20.000,00 e depois gerou R$10.000,00 de lucro nos meses seguintes. Para calcular o TIR, neste caso, basta escolher a célula na qual você quer ver o resultado e optar pela fórmula TIR (IRR, em inglês) e selecionar as células do fluxo de caixa desejado.

Neste caso, temos o incrível TIR: 41,04%

Como Interpretar: Esse resultado significa que o investimento em questão tem uma taxa de retorno de 41,04%. Assim, você deve compará-lo à sua taxa de atratividade mínima do investimento, que seria o retorno mínimo esperado na empreitada. Isso normalmente é comparado com outros retornos financeiros como investimentos em fundos, mas também pode ser visto em relação ao risco da operação, capacidade de se desfazer do negócio e também outras oportunidades.

Por fim, por ser uma taxa percentual, permite que você compare o retorno dos mais diferentes tipos de investimentos dentro de um mesmo critério!

Armadilhas: A TIR é uma taxa que é mais indicada para fluxos de caixas mais simples (por exemplo, primeiro período negativo e os futuros positivos). Além disso, em alguns casos, podem existir conflitos entre o VPL e a TIR. Quando isso ocorrer, sugere-se seguir o VPL.

Ficou clara a importância dessa análise? Na LUZ, oferecemos uma planilha pronta em excel para cálculo de viabilidade econômica de projetos!

Apresentação Pronta para Investidores

Compartilhe com amigos:

Inscreva-se e receba o conteúdo semanal
que realmente importa

Experimente! É grátis e, se não gostar, basta cancelar o envio com 1 clique.
 

Deixe seu comentário aqui

  • Pingback: Como e Por que Fazer um Estudo de Viabilidade Econômica e Financeira |Blog LUZ.vc()

  • geiza martins

    Olá . Comprei um imóvel por 300.000,00 reais e vou alugado por dois anos por 35.000,00 trinta e cinco mil como saber qual valor da tir ?
    Paralelo a isso tenho um investimento de 50.000,00 cinquenta mil mensais por dois anos com uma taxa de 1 por cento ao mês
    Não consigo fazer 🙁 . Por favor me explique se possível com um exemplo .obrigada

    • Rafael

      Oi Geiza, tudo bom?

      utilizando a nossa planilha de Estudo de Viabilidade econômica vi que o resultado da TIR para o primeiro cálculo é de 10,64%. Se esse é um número positivo ou não, vai depender da sua análise, já que você compara a TIR com a taxa de atratividade utilizada.

      Em relação ao segundo item, eu não entendi muito bem o que você quis dizer. Você investiu 50.000 reais? Quais os fluxos de receita que esse dinheiro te proporciona?

      espero ter ajudado, Abraços

      • geiza martins

        Certo. Mas como eu faço pra chegar neste valor de 10,64 por cento. ? Como é a ‘conta’ que tenho que fazer? Me dê um exemplo prático por favor . Estou no início dos estudos em Administração e tenho muita dificuldade em cálculos. .:( obrigada

    • Thaizinha Valenca

      Desafio Profissional de Contábeis do Terceiro Período da Anhanguera. kkkkkkkkkkk

      • geiza martins

        Oi tiazinha è isso mesmo! ! mas não curso Ciência Contábeis, faço Administração e estou no segundo período e já vem essa matemática financeira , afffff ninguém merece. .:(

  • Amanda Pinheiros

    Um novo produto será lançado na empresa XYZ. O investimento total efetuado para desenvolver e lançar esse novo produto foi de R$ 70.000,00. A empresa espera ter quatro meses de vendas de produtos para superar o retorno do investimento com entradas mensais líquidas de R$ 20.000,00, R$ 30.000,00, R$ 25.000,00 e R$ 25.000,00.

    Calcule o custo efetivo do financiamento, ou seja, a taxa de retorno do investimento para a empresa e depois assinale a alternativa correta.

  • Lucas Mandarino

    Olá Leandro, poderia me explicar como calcular a TIR manualmente (sem Excel ou HP). Já tenho os fluxos de caixa de cada ano.

  • Pingback: Conheça 5 ferramentas para avaliar os investimentos em comunicação | Comunicação Empresarial()

  • Edw

    Fui em 10 sites e cada um pior do que o outro para explicar isso.

  • Mariana de Assis

    UMA LOJA ANUNCIA TUDO EM CINCO VEZES, SEM ENTRADA E “SEM JUROS ADICIONAIS” OU A VISTA COM UM DESCONTO ESPECIAL A 27,4%. PARA O CLIENTE, QUAL A TIR DA OPERAÇÃO?

    • Bemildo Ferreira da Silva

      Nesse caso a TIR da operação que é de 11,72% é positiva para loja, uma vez que ela tem a opção de receber a vista ou parcelar em 5 vezes “sem Juros” por ex. supondo uma compra no valor R$ 1.000,00 com desconto de 27,4% a loja receberia a vista
      R$ 726,00 caso o cliente decida por pagar em 5 parcelas de R$ 200,00 abrindo mão do desconto, a loja receberia com acréscimo de 11,72% o que seria uma TIR altamente positiva, para loja, considerando que dificilmente a loja teria um investimento que desse um retorno maior ou igual a esse.

  • Káh Carneiro Barros

    Olá Boa noite! Em relação ao Payback,Valor presente líquido e taxa interna de retorno qual dos 3 métodos pode ser considerado o mais eficiente em dar suporte para a aceitação de determinado projeto? e por que?

    • Rafael

      Os 3 métodos são válidos Kah, mas se eu fosse escolher um deles ficaria com o VPL que analisa os fluxos de caixa futuros trazidos a valor presente. No caso da TIR, sua comparação é com um taxa de mercado, que nem sempre você vai saber qual é e no caso do payback, o fato dele não ser descontado, pode tornar a análise simplificado e, por isso, imprecisa

  • Edy

    Não ficou nada claro. Milésimo site que pesquiso isso e não encontro uma boa explicação.

    Ficou clara a importância dessa análise?
    Ficou clara a importância dessa análise?
    Ficou clara a importância dessa análise?”

    • Rafael

      Oi Edy, será um prazer tentar te ajudar com suas dúvidas, basta me falar o que você não está entendendo muito bem que, dentro do possível, tentamos explicar.

Buscar no Blog LUZ

Digite abaixo…

×
Receba a sua dose semanal de conhecimento grátis
×
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]