Hackerspaces – uma nova tendência de espaços colaborativos

  Nenhum Comentário   Tendências  
Compartilhe com amigos:

Nós temos ouvido falar muito, inclusive aqui no Blog da LUZ, de tendências de ferramentas abertas, de pessoas que correm atrás e fazem elas mesmas seus próprios produtos para uso pessoal ou não, mas ainda não falamos sobre Hackerspaces, um novo tipo de espaço colaborativo ainda incomum no Brasil.

Um Hackerspace, também chamado de vários outros nomes, como hackspace, hacklab ou makerspace, é um lugar onde pessoas com interesses comuns em tecnologia, arte digital, eletrônica e temas similares se encontram para socializar e colaborar em torno de projetos. Os hackerspaces são espaços de colaboração criativa, com infraestrutura de um laboratório, onde seus membros podem construir seus projetos pessoais aproveitando a última tecnologia disponível atualmente.

 Imagem: Hackerspaces.org

Eles são um fruto da interseção de várias tendências que podem ser observadas nos últimos tempos, como o DIY (Do-It-Yourself ou “Faça você mesmo”), as tecnologias Open-Source e novas ferramentas de prototipação de produtos a partir de modelos digitais, que tornam muito mais fácil para um pessoa normal – sem fazer parte de uma grande organização ou ter acesso à uma fábrica ou grande laboratório – construir seu próprio produto ou protótipo dos sonhos.

Em um Hackerspace, a ideia é que as pessoas façam coisas. Produzam seus projetos pessoais e aproveitem a infraestrutura, o ambiente e as pessoas ali para alcançarem algo que não poderiam em suas casas. Com ferramentas como máquinas de corte a laser, impressoras 3D, máquinas de corte de madeira, etc, elas podem construir seus próprios objetos, desde bonecos até lança-chamas.

Lança-chamas DIY. Imagem: Gizmodo

Os hackerspaces podem funcionar com um sistema de membros, em que uma pessoa precisa se tornar membro e – usualmente – pagar uma assinatura para poder usar o espaço, podem ser abertos e aceitar qualquer pessoa interessada, ou até fazer parte de uma instituição como uma universidade ou escola.

O movimento dos hackerspaces começou nos anos 80 na Alemanha, com hackers que se encontravam para discutir programação e até mesmo discutir falhas de segurança em grandes centros de computadores. Por isso, o nome hackerspace ainda pode ter uma conotação de ilegalidade na internet que a palavra hacker traz. O nome Makerspace tem sido usado para se referir a esses espaços de maneira mais abrangente (não tem uma conotação tão forte de software e computadores, se referindo a produção de coisas de maneira geral) e sem essa conotação negativa. No site http://makerspace.com por exemplo, você pode encontrar um diretório de espaços colaborativos criados dentro de escolas, e até guias para ajudar a criar novos.

Curtiu? Dê uma olhada na comunidade Hackerspaces.org, que lista hackerspaces do mundo inteiro. E veja tambem alguns exemplos que separamos ao redor do globo:

O Garoa Hacker Clube é um hackerspace em São Paulo que funciona aberto para a comunidade e tambem possui membros associados. Ele oferece workshops e organiza eventos sobre tecnologia. No site deles tambem há uma lista com outros hackerspaces no Brasil e outros que estão em planejamento.

O site3 colab é um hackerspace canadense que funciona com um sistema de membros que pagam assinatura. O processo para entrada no hackerspace é mais rigoroso, pois eles tem uma grande preocupação com segurança e questões jurídicas – em parte pela preferência do grupo em trabalhar com materiais um pouco mais perigosos, como lança-chamas.

O NYC Resistor é um hackerspaces de Nova Iorque (onde há vários), localizado no Brooklyn. Eles tambem oferecem várias aulas e workshops de programação, tecnologia, etc.

O Chaos Computer Club (página em alemão) é uma comunidade alemã de hackers que surgiu nos anos 90 e inspirou o surgimento de vários outros hackerspaces na Alemanha na época e no mundo até hoje. É um dos maiores hackerspaces no mundo.

[newsletter titulo = ‘Assine nossa newsletter’ texto =’Receba ferramentas de gestão gratuitas toda semana!’ desconto =’10%’]

Compartilhe com amigos:

Inscreva-se e receba o conteúdo semanal
que realmente importa

Experimente! É grátis e, se não gostar, basta cancelar o envio com 1 clique.
 

Deixe seu comentário aqui

Buscar no Blog LUZ

Digite abaixo…

×
Receba a sua dose semanal de conhecimento grátis
×
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]