4 dicas na hora de vender uma empresa: saiba o que levar em conta

0
339
funcionários trabalhando em uma empresa de tecnologia
Team businessmans job . working with laptop in open space office. Meeting report in progress
Planilhas Prontas em Excel

Se você tem um negócio relativamente lucrativo, pode ser que precise de algumas dicas na hora de vender uma empresa. Afinal, se o seu empreendimento for pequeno, mas muito promissor, é provável que receberá propostas para ser comprado.

No entanto, nem toda proposta de compra de empresa é bem-sucedida, pois alguns requisitos básicos não são atendidos. Se você tem o interesse de vender o seu negócio, precisa adequá-lo ao mercado para poder conseguir interessados e fechar a venda.

Dito isso, a aquisição de empresas pode ser um excelente negócio para muitos empresários, o que faz com que sempre haja pessoas interessadas na sua empresa.

Mas como fazer isso do jeito certo? É o que veremos no artigo de hoje. Portanto, siga a leitura para conferir algumas dicas na hora de vender uma empresa!

1. Entenda como funciona o processo de avaliação de uma empresa

Se você quer vender o seu negócio, precisa entender como avaliar a marca de uma empresa, um processo também chamado de valuation, em inglês.

O valuation é um processo que visa encontrar qual o valor real de uma empresa, projetando qual o seu potencial de crescimento e qual o possível retorno caso alguém compre aquele negócio.

Normalmente, o valuation é considerado apenas para empresas que têm ações na Bolsa de Valores. No entanto, não precisa ser assim: é possível achar o valor de negócios menores também.

O que você precisa saber para vender a sua empresa é entender como um processo de avaliação funciona e o que você pode fazer para aumentar o valor do seu negócio através disso.

Por exemplo, um dos elementos mais considerados na hora de avaliar o valor de uma empresa é o seu lucro. Por isso, vale a pena estabelecer estratégias que aumentar a margem de lucro em cima de cada produto ou serviço vendido.

2. Tenha todas as suas contas bem organizadas e em dia

A fase em que mais negócios de vendas de empresas cai por terra é a auditoria independente feita pelos compradores. Basicamente, o processo consiste em contratar um escritório especializado no assunto para passar um pente fino completo nos livros contábeis da empresa que será comprada.

Nesse processo, os auditores vão analisar absolutamente cada linha de informação, cada pessoa, cada processo e cada documento gerado pela empresa para poder verificar se está tudo certo e tudo em ordem.

A intenção do procedimento, claro, é garantir que a empresa compradora está realmente fazendo um bom negócio ao adquirir a empresa vendedora, sem correr o risco de ser enganada de alguma forma.

Por isso, é importante que você já comece a organizar as suas contas desde cedo, uma vez que isso vai facilitar muito o processo de venda da sua empresa. Se estiver tudo em ordem e organizado, então a auditoria será muito tranquila e o negócio será aprovado.

criando processos em uma empresa

3. Estruture todos os seus processos organizacionais

Uma empresa é o produto dos seus colaboradores e dos seus processos. Normalmente, quando um negócio é comprado, os profissionais vão junto, mantendo o vínculo empregatício.

No entanto, são os processos internos que podem ser perdidos no meio do caminho, especialmente se a empresa for muito inovadora e depender do seu fundador para funcionar.

Por causa disso, as empresas compradoras só se interessam pelo negócio se a empresa que está no mercado tiver seus processos todos estruturados, de forma que o ritmo de trabalho, o fluxo de produção e as estratégias de crescimento permaneçam mesmo com o negócio sob nova direção.

O recomendado, portanto, é estruturar todos os processos organizacionais em um documento de know-how que pode ser consultado pelos novos donos a qualquer momento.

4. Faça uma auditoria antes de colocar a empresa para vender

Antes sequer de você colocar a sua empresa para vender, é importante que você faça um “teste” para saber se está tudo certo. Basicamente, você deverá simular como seria adquirir o seu negócio caso você fosse outra empresa.

Por isso, analise a questão com uma distância que permita certa neutralidade, veja os números e as estruturas do processo e contrate uma auditoria contábil.

A intenção é que essa auditoria interna possa fazer toda a análise que a sua empresa inevitavelmente passará no mercado antes de estar lá. Assim, você consegue identificar o que tem de falha e consertar antes que esse problema apareça na hora de fechar negócio e estrague uma aquisição.

É claro que esse passo exige algum dinheiro, mas veja isso como um investimento para reduzir o risco do negócio não dar certo. Dessa forma, você está colocando um pouco de dinheiro para garantir que a venda será bem-sucedida quando ela finalmente acontecer.

E aí, gostou das nossas dicas na hora de vender uma empresa? Se você colocá-las em prática, vai conseguir vender o seu negócio em pouco tempo, coletando um bom lucro no processo.

Antes de ir embora, não esqueça de deixar um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto. Conte pra gente qual é o seu negócio e por quanto você pretende vendê-lo!

 

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome