5 dicas organizacionais para o seu empreendimento

0
394
5 dicas organizacionais para o seu empreendimento
Planilhas Prontas em Excel

Você já ouviu dizer que, às vezes, é melhor ter um funcionário esforçado em seu empreendimento do que ter um funcionário talentoso? Essa máxima tenta mostrar que a organização e a cultura corporativa de uma empresa precisam vir antes das decisões e interesses pessoais.

De fato, embora tecnologia e recursos financeiros sejam indispensáveis, hoje nós vivemos a época dos ativos intangíveis, na qual a maior riqueza que uma empresa pode ter é o seu time colaborativo em termos de potencial humano.

Daí é que surge a noção de cultura organizacional/corporativa. Algumas marcas definem seus princípios como se fossem verdadeiros “mandamentos”, ou seja, máximas que determinarão o dia a dia de cada um, desde a diretoria até a recepção.

Planilhas Prontas em Excel

Contudo, pela simples definição dos termos, vemos que não é nada fácil atingir tal objetivo.

Por isso mesmo, separamos as 5 regras de ouro da formulação e aplicação de uma cultura que queira trazer crescimentos escaláveis e sustentáveis para qualquer negócio.

1 – Missão, visão e valores bastam em um empreendimento?

Antes de tudo, é preciso ter uma ótica de curto, médio e longo prazo. Definir “missão, visão e valores” é importante, mas é necessário ir além das meras palavras.

Os fundadores têm o espírito empreendedor que é típico dos empresários, e precisam impregnar a cultura da empresa de exemplos de liderança e superação.

A verdade dos “10 Mandamentos” de um negócio aparecerá na rotina e, especialmente, na postura dos cargos mais estratégicos, que irão moldar os mais operacionais.

Isso vale tanto para um business que está começando na área de entrega rápida de documentos, como vale para uma entregadora internacional, por exemplo. Além do mais, a primeira só chegará ao nível da segunda se cumprir esses critérios.

2 – Pessoas que dividam o mesmo ideal

5 dicas organizacionais para o seu empreendimento

Além de iniciar com o horizonte mais amplo do empreendedor, é fundamental saber alinhar as expectativas com os demais membros da equipe.

Por melhor que um líder seja, ele não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Por isso, saber delegar funções inclui várias qualidades, que vão desde boa vontade até paciência.

Por isso, é importante trabalhar com pessoas que dividem os mesmos ideais e convicções.

Uma agência casting model, por exemplo, precisa ter princípios muito firmes sobre profissionalismo e ética, já que lida com o sonho de vida de muitas pessoas.

Qualquer perfil desalinhado com a cultura da empresa precisa ser evitado.

3 – O endomarketing e a comunicação

Embora os princípios gerais de um empreendimento e um time alinhado sejam importantes, nem sempre isso garante o sucesso. Por uma razão simples: o peso da rotina e do dia a dia.

Sendo assim, é importante manter a comunicação constante. As reuniões são o modelo por excelência de como garanti-la, e podem ser semanais ou mesmo bate-papos diários.

Contudo, atualmente, o endomarketing vai muito além disso, e já inclui uma série de possibilidades, tais como:

  • Pesquisas com colaboradores;
  • Palestras, workshops, cafés e afins;
  • Promoção de cursos e treinamentos;
  • Viagens e atividades recreativas;
  • Políticas de benefícios;
  • Entre outros pontos.

O importante é que o entrosamento entre estratégia e operação seja contínuo, e que nenhuma “ponta solta” faça alguém começar a andar na contramão da equipe.

4 – Definindo os planos de carreira

5 dicas organizacionais para o seu empreendimento

O que o mundo corporativo tem percebido é que o crescimento das empresas passa pelo crescimento de cada um dos colabores enquanto indivíduos.

Cada profissional tem seu ritmo de desenvolvimento, e isso precisa ser respeitado.

Na área de serviço de entrega expressa, por exemplo, um colaborador pode iniciar nos departamentos mais operacionais, e só aos poucos ir assumindo funções mais amplas e estratégicas.

Deste modo, sem uma definição eficiente e honesta sobre os planos de carreira, nenhuma empresa conseguirá crescer no mercado.

Realmente, hoje a maioria dos profissionais busca por isso, e tende a ficar insatisfeita quando não há nenhum horizonte de crescimento.

5 – Planejamento e controle

A cultura organizacional de um empreendimento precisa sair do papel, ou dará mostras de que foi mal feita.

O que ela busca é um horizonte bem definido, o aumento na produtividade, o maior engajamento dos colaboradores, a retenção de talentos e daí por diante.

A melhor maneira de garantir que tais planejamentos estão ocorrendo, é por meio de métricas, mensurações e análises precisas.

Hoje, já existe uma série de soluções em termos de softwares e gestão que permitem o controle de tudo o que mais importa com poucos cliques.

De fato, uma firma de pintura predial pode ter de controlar desde as metas do comercial, passando pelas da equipe de compras, até as do RH.

O importante a ser percebido aqui é bem simples: quem não sabe para onde está indo, também não sabe se chegou onde deveria.

Por isso, o controle e o planejamento de um empreendimento são essenciais para que uma boa cultura organizacional chegue a trazer tudo aquilo que a empresa almejava ao criá-la.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome