5 principais erros financeiros que sua empresa comete (e você não sabe)

0
344
5 principais erros financeiros que sua empresa comete (e você não sabe)

Os principais erros financeiros que sua empresa comete podem ser solucionados de forma simples com um maior controle do dinheiro. Saiba quais são eles e como resolver essa situação.

Manter as contas em dia se torna uma tarefa difícil quando os principais erros financeiros que sua empresa comete não são conhecidos. É necessário acabar com eles para equilibrar as finanças e evitar que a organização entre em um processo de dívidas – e até mesmo falência.

Gerenciar é a palavra-chave para começar a ter um controle sobre as entradas e saídas. Conhecer sobre as contas e adotar medidas preventivas em relação ao dinheiro ajudarão a evitar problemas. O uso da tecnologia no controle das finanças é algo que, se bem utilizado, poderá te ajudar a não cometer nenhum desses erros. Veja mais!

5 principais erros financeiros que sua empresa comete (e você não sabe)
Imagem em: https://cdn.pixabay.com/photo/2015/10/31/21/31/bookkeeper-1016299_1280.jpg

Principais erros financeiros que sua empresa comete

Conheça os principais erros financeiros que sua empresa comete e que podem ser combatidos com medidas simples e de controle.

  1. Misturar contas pessoais e da empresa

Principalmente as micro e pequenas empresas costumam não separar o dinheiro que é da empresa e o que é destinado a seus donos e colaboradores. Quando as contas são pagas os valores ficam misturados, não permitindo saber qual foi o lucro, salário pago e outros.

  1. Não usar planilhas de gestão empresarial

As planilhas empresariais são importantes ferramentas do gerenciamento, pois, permitem compilar todas as informações financeiras e realizar o acompanhamento delas.

Quando elaboradas com todos os campos necessários, a gestão financeira se torna completa, as despesas, receitas e lucros são conhecidos e se pode fazer gestão sobre eles e realizar o planejamento da organização sem que haja perdas financeiras.

  1. Não utilizar o fluxo de caixa

O fluxo de caixa permite que seja feita uma projeção de todas as receitas e despesas de um determinado período e dessa forma planejar o futuro. Outra de suas funções é verificar o histórico financeiro e identificar se o projetado estava de acordo com o que ocorreu.

Essa ferramenta permite ainda que se conheça um pouco mais sobre os clientes, como os que possuem um bom histórico de pagamento e utilizar tais dados de forma estratégica para novos negócios e parcerias.

  1. Estoque sem controle

A mercadoria estocada possui um custo para a empresa, pois é preciso armazená-la e isso pode gerar um investimento parado. Por outro lado, se bem gerenciado é possível garantir uma boa rotatividade sem que se tenha custos adicionais e negociar valores de compra em maior quantidade e obter descontos.

Registrar as entradas e saídas de mercadorias permite ter um equilíbrio dos produtos, garantindo uma quantidade para suprir a demanda sem que essa se torne obsoleta.

  1. Calcular o preço de venda errado

Um dos principais erros financeiros que sua empresa comete pode estar no cálculo de venda dos produtos. Isso normalmente ocorre quando não se sabe os custos e despesas que incidem sobre cada item.

Esse desconhecimento resulta em margens de lucro baixas ou até mesmo prejuízos ao conceder descontos acima do que seria possível ou baixar o preço a fim de levar vantagens sobre os concorrentes. Para garantir a precificação correta é necessário utilizar planilhas de gestão financeira, conhecer o processo e planejar.

Muitos dos principais erros financeiros que sua empresa comete estão relacionados à falta de gestão e de ferramentas de controle como planilhas e softwares específicos. Revendo as ferramentas utilizadas é possível minimizar e até mesmo acabar com esse problema.

Por Jeniffer Elaina, do Emprestimo.org

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome