7 passos para administrar as finanças de uma loja de açaí

0
160
7 passos para administrar as finanças de uma loja de açaí
Planilhas Prontas em Excel

Uma loja de açaí funciona como um ponto de venda desse produto que tem atraído cada vez mais adeptos. A fruta, que é originária da região norte do país, virou uma mania entre quem gosta de praticar atividades físicas, pois equivale a uma refeição completa. Alimento rico em minerais, vitaminas, muito calórico é um ótimo repositor de energias.

Nos últimos anos, seu consumo tem sido cada vez maior, incentivando a abertura de lojas de açaí, sendo um negócio que tem resultados de mais de R$ 40 milhões todos os anos. Com um aumento maior a cada ano, de 15% em média, quem é muito novo nos negócios pode procurar ajuda para administrar as finanças do seu novo empreendimento.

1 – Planejamento estratégico

Um bom planejamento estratégico tem que ser claro e objetivo, sendo o primeiro passo para estabelecer o rumo dos seus negócios. É necessário colocar na ponta do lápis tudo a respeito da loja de açaí, com as ações que devem ser realizadas, pensando nas metas e traçando um direcionamento estratégico.

Uma vez estabelecido, ele precisa ser revisado periodicamente, redefinindo quanto deve ser faturado, limites de custos, despesas que devem seguir e onde realizar novos investimentos para alcançar mais metas e objetivos. Essa revisão pode ser realizada mensalmente, trimestralmente, conforme for sentindo a necessidade.

O gestor da loja de açaí precisa ter uma visão geral de tudo que acontece na empresa, pensando nos equipamentos, pessoas, materiais. Esses números ajudam a decidir qual a direção adotar, definindo as novas estratégias para alcançar os objetivos que não foram cumpridos ou também estabelecer novas medidas.

Levantando esse tipo de informação no plano estratégico, é mais simples de transformar tudo em número. Assim, é compreensível entender se a empresa está indo no caminho certo ou se algum ajuste nas operações precisa ser realizado.

2 – Conhecimento em finanças

Não é necessário ser nenhum especialista em finanças ou economista para saber procurar conceitos importantes para uma rotina de gestão financeira eficiente e saber como adaptar para uma loja de açaí. É importante se familiarizar com alguns conceitos e entender a diferença entre faturamento, lucro, rentabilidade e lucratividade, por exemplo.

A rotina de administração envolve conhecer capital de giro, fluxo de caixa, assim como outros termos que fazem parte das tomadas de decisão. Manter-se atualizado sobre esse assunto é a chave de sucesso. É importante conhecer também as novas ferramentas de finanças, conceitos que podem ser aplicados e diferenciais existentes.

Ter conhecimento na área de finanças é um dos principais obstáculos dos empreendedores, pois acabam tomando decisões sem saber e nem ter base de entendimento sobre esses assuntos. Essas decisões impactam diferentemente nos resultados da empresa.

3 – Controle financeiro

Controle financeiro

Para não se perder no dinheiro, é necessário ter um controle eficiente do que está entrando no caixa, classificando também as saídas de dinheiro, sabendo exatamente onde os recursos da loja de açaí estão. Por não ter conhecimento ou por falta de tempo, muitos empreendedores não ligam para o fluxo de caixa.

Devem ser registrados as entradas e saídas, mantendo-os atualizados, separados e detalhados, especificados como foram recebidos e as datas. Não saber quanto dinheiro tem disponível ou investido dificulta a realização de qualquer tipo de aplicação, como a modernização de equipamentos ou expansão de negócios.

4 – Valores

Algo que coloca muitos negócios em risco é não saber os custos, despesas e também não saber como aplicar esses valores no preço de venda. Todos os processos que envolvem a produção e prestação do serviço de venda de açaís devem fazer parte do preço de venda.

Administrar qualquer tipo de negócio traz muita dor de cabeça, principalmente em relação as finanças da loja de açaí. Uma recomendação é procurar por uma franquia de açaí, pois nesses segmentos as finanças são controladas, com um sistema completo e que conta com o valor incluso na franquia.

Se ainda não teve a oportunidade de conhecer as diferentes opções de franquias nesse segmento, é muito importante obter mais informações em um site focado em franquias de açaí. Nesse site, é possível conhecer as melhores e mais baratas opções no mercado, facilitando ainda mais a tomada de decisão.

5 – Ferramentas e tecnologias

Realizar o controle do caixa manualmente ou com uma planilha no Excel ou utilizando um software de gestão são boas opções para administrar uma loja de açaí, pois melhoram a gestão de tempo, promovem a produtividade e também trazem melhores resultados.

Assim, é possível encontrar diversas ferramentas tecnológicas que promovem a gestão financeira com maior controle e detalhamento. Pode ser pesquisado por opções que agilizam o dia a dia, com softwares de gestão que permitem uma visão muito mais rápida sobre os processos da loja de açaí ou utilizar alguns tipos de planilhas do excel feitas exclusivamente para desempenhar tais funções.

6 – Automatizar processos de gestão financeira

Há também a possibilidade de automatizar os processos de gestão financeira, tendo uma redução de custos. Os processos serão executados de maneira automática, diminuindo o tempo em que cada atividade tem que ser realizada, tendo também um controle maior dos recursos aplicados.

Para uma loja de açaí, investir em uma tecnologia dessas pode contribuir para reduzir os custos operacionais, além de otimizar a previsão do fluxo de caixa. Com um planejamento mais assertivo, há também uma boa visualização e controle das receitas, despesas. Resultando também em maior segurança e agilidade nas operações.

7 – Disciplina

O empreendedor precisa compreender todas as dicas mencionadas acima, mas também tem que aprender a desenvolver a disciplina. Não há como conquistar o sucesso na organização de uma loja de açaí sem se dedicar e colocar o devido empenho. É preciso ter foco no acompanhamento diário, com controle nos objetivos que devem ser atingidos.

As empresas de pequeno porte precisam acompanhar de perto os indicadores de desempenho, observando faturamento, custos fixos, total, lucro, margem de lucro, entre outros. Esse acompanhamento tem que ser semanal ou todos os dias. Essa é uma recomendação para poder visualizar as flutuações que ocorrem mais rapidamente, sabendo contornar situações de risco antes que elas comecem.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome