Entenda como é calculado o Adicional Noturno

1
2515
como fazer cálculo de adicional noturno

O cálculo do adicional noturno é mais simples do que aparenta e com as calculadoras online fica ainda mais fácil realizá-lo. É importante saber fazê-lo para ter controle e noção dos valores corretos a serem pagos por você ou para você.

É necessário lembrar que o adicional noturno para horista segue as mesmas regras do adicional noturno para mensalista. Antes de irmos ao cálculo em si, precisamos esclarecer alguns pontos.

O que é o adicional noturno?

É um valor adicionado ao salário do trabalhador que realiza atividades no período noturno. Trabalhadores urbanos recebem, pelo menos, 20% a mais sobre o valor/hora, se comparado ao que se ganha no período diurno tradicional.

No campo, o percentual do adicional noturno ruralista é de 25%.

Tal acréscimo se faz justo, pois o trabalho noturno é considerado mais cansativo e desgastante. A hora normal tem a duração de 60 minutos. A hora noturna, de acordo com a lei, é calculada como sendo de 52 minutos e 30 segundos.

Dessa forma, a jornada de 8 horas fica reduzida a 7 e tudo que passar disso se transforma em horas extras. Então, se o funcionário estiver fazendo horas extras nesse horário, também precisa receber o valor adicional extra (no mínimo 50%) junto ao adicional noturno.

Vale lembrar que o cálculo do adicional noturno é feito considerando o salário-base da sua categoria e não a sua remuneração bruta.

Quem pode receber o adicional noturno?

Todo trabalhador que realize suas atividades no período considerado noturno, ou seja, entre as 22 horas de um dia e as 5 horas do outro.

Para trabalhadores rurais, o período é diferente: 21 horas de um dia até 5 horas do outro. Para as atividades pecuárias é entre as 20 horas e as 4 horas do dia seguinte.

É importante frisar que o adicional noturno é devido para trabalhadores horistas, bem como para trabalhadores mensalistas.

Como calcular o adicional noturno?

Você precisa dividir o valor do Salário-Base Mensal pelas Horas Contratuais e depois multiplicar o valor da Hora Normal pelo Percentual do Adicional Noturno (que é, como já foi citado, de, no mínimo, 20%).

Em seguida some este percentual ao valor da hora normal e multiplique esse resultado pela quantidade de Horas Noturnas trabalhadas no mês. Veja dois exemplos:

Exemplo 1:

Uma funcionária recebe R$ 700,00 como salário-base mensal. Ela trabalha 220 horas por mês, mas apenas 180 horas são noturnas, ou seja, entre 22 e 05h (trabalhadora urbana). O cálculo funcionará assim:

Primeiro passo – Encontrar o valor que se ganha por hora diurna trabalhada:

R$ 700,00 (salário mensal) ÷ 220h (horas contratuais) = 3,1818 (valor por hora diurna)

Segundo passo – Encontrar o valor que se ganha por hora noturna trabalhada:

R$ 3,18 (valor por hora diurna) x 20% (percentual do adicional noturno) = 0,63 (valor da hora noturna)

Dessa forma, chegamos ao valor que se ganha a mais por cada hora noturna trabalhada.

Terceiro passo – Descobrir o valor total que se ganha de adicional noturno em um mês:

R$ 3,81 (0,63 + 3,18 = valor por hora noturna) x 180 (número de horas noturnas trabalhadas em um mês) = 685,80

Assim, o adicional noturno total a ser acrescentado ao salário da funcionária no fim do mês é de R$685,80. 

Exemplo 2:

Um empregado trabalha por 200 horas mensais contratuais e recebe R$ 1500,00 como salário-base mensal. Além disso, ele realizou atividades no período noturno por 50 horas. Trata-se de um trabalhador urbano. 

Primeiro passo – Encontrar o valor que se ganha por hora diurna trabalhada:

R$ 1500,00 (salário mensal) ÷ 200h (horas contratuais) = 7,50 (valor por hora diurna)

Segundo passo – Encontrar o valor que se ganha por hora noturna trabalhada:

7,50 (valor por hora diurna) x 20% (percentual do adicional noturno) = 1,50 (valor da hora noturna) 

Terceiro passo – Descobrir o valor total que se ganha de adicional noturno em um mês:

R$ 9,00 (7,50 + 1,50 = valor por hora noturna) x 50 (número de horas noturnas trabalhadas em um mês) = 450,00

Assim, ele receberá R$ 450,00 de adicional noturno no fim do mês.

Exemplo 3:

Empregado urbano que trabalha 200 horas mensais e tem como salário-base R$ 980,00. Realizou 40 horas de atividade no período noturno nas quais também eram horas extras.

Primeiro passo – Encontrar o valor que se ganha por hora diurna trabalhada:

R$ 980,00 (salário mensal) ÷ 200h (horas contratuais) = 4,90 (valor por hora diurna)

Segundo passo – Encontrar o valor que se ganha por hora noturna trabalhada acrescida de 50% por se tratar também de hora extra:

4,90 (valor por hora diurna) x 70% (percentual do adicional noturno + hora extra) = 3,43 (valor da hora noturna acrescida de hora extra)

Terceiro passo – Descobrir o valor total que se ganha de adicional noturno em um mês:

R$ 8,33 (4,90 + 3,43 = valor por hora noturna) x 40 (número de horas noturnas trabalhadas em um mês) = 333,20

Assim, ele receberá R$ 333,20 de adicional noturno no fim do mês.

Viu como é simples? Agora você poderá fazer o cálculo sem mistério.

Quer agilizar seus cálculos de Adicional Noturno? Clique em Cálculo Exato e confira uma calculadora on-line exclusiva!

1 COMENTÁRIO

  1. Professor Bruno,
    No exemplo 3 foi colocado o percentual de 70% (20% do adicional noturno + 50% hora extra). O correto não seria 80%?
    O acréscimo de 50% de hora extra incide sobre a hora noturna (hora normal com o adicional de 20%), ou seja, 1,20 x 1,50 = 1,80 (80%).

    Outra dúvida: quando afirma que “Realizou 40 horas de atividade no período noturno”, estas 40 horas são horas trabalhadas efetivamente ou foram trabalhadas 35 horas no período noturno e computadas 40 horas para os cálculos, considerando a redução de 12,5% (7min30s em 60min -> 7h noturnas = 8h diurnas)?

    As Horas extras e adicionais noturnos são calculados sobre a quantidade de horas efetivamente trabalhadas ou horas equivalentes às horas diurnas? Das 22h as 5h são consideradas 7h ou 8h para apuração de horas extras e adicional noturno?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome