Como Calcular o Investimento Inicial do seu Negócio

2
10995

O que é: É o sonho de muitos brasileiros: começar o seu próprio negócio. Ter a liberdade de ser quem você é, poder explorar suas habilidades como líder e ainda, definir o seu próprio horário. É uma lista infinita de benefícios, mas “com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades” e este é um dos melhores conselhos. Um dos grandes obstáculos que os empreendedores tem, no início, é o financeiro. Afinal, quanto custa o seu sonho?


Como fazer: O lado positivo é que já existem maneiras de calcular esse investimento e garantir que o empreendedor esteja no caminho certo. Assim, evita-se surpresas desagradáveis e a falência de boas ideias. Abaixo, vamos ensinar o caminho para conseguir calcular rapidamente o investimento inicial do seu negócio.

Vamos ver esse passo a passo:

a) Custos Iniciais de Abertura

A primeira etapa é listar todos aqueles custos que são realizados apenas na abertura da empresa e nunca mais. Deve-se ter cuidado para não subestimar esses custos ou entrar na lógica de parcelamento e amortização, pois nem todos permitem esse tipo de pagamento.

Aqui você pode incluir sem dúvidas a própria abertura do CNPJ da empresa, compra de máquinas, reformas, projeto de design da empresa, entre outros conforme imagem abaixo:

Custos-iniciais.-Planilha-Investimento-Inicial

b) Custos Mensais    

Essa próxima etapa diz respeito à projeção dos custos recorrentes da empresa que serão pagos mensalmente. Esses custos incluem aluguel, salários, orçamento de marketing, compra de material entre outros conforme imagem abaixo:

Custos-Mensais.-Planilha-Investimento-Inicial

Por fim, você poderá estimar quantos meses de operação sua empresa terá até conseguir ter lucro operacional para saber o montante total que deverá ser investido.

Se você quiser fazer esse cálculo inicial para o seu negócio, nós temos uma planilha em excel pronta para uso! Se você já fez esse cálculo e quer aprofundar ainda mais os números, veja nossa planilha de viabilidade econômica.

2 COMENTÁRIOS

  1. Oi Pâmela, vamos por partes:

    1 – acho que seria legal você conversar com pessoas que possuem animais domésticos em casa nesse bairro (tanto pessoas que você conhece como desconhecidos) – assim você vai ver onde eles compram ração, quais veterinários utilizam, etc

    2 – o fato de ter muitos animais na rua não vai te ajudar como negócio, porque eles não tem os donos para pagar por seu produto – agora, se realmente não tiver nenhuma pet shop / veterinário por perto, pode ser uma oportunidade

    3 – o valor inicial você precisa procurar – por exemplo, vai precisar de uma loja física – busque opções de aluguel na região e estabelecimentos que você poderia alugar para saber o preço. Fora isso, precisa pensar na estrutura de funcionários (se for necessário), custos com água, luz, materiais que você vai comprar – procurar um fornecedor pode ser um bom primeiro passo para saber preços

    4 – uma outra boa ideia é conversar com pessoas que tenham pet shop na região – nesses bairros próximos – assim você pode perguntar sobre o dia a dia, que estrutura usam, fornecedores, etc

  2. Olá, Leandro Borges, tudo bem?
    Tenho algo em mente e gostaria muito de saber por onde começar. Moro em um bairro novo em uma cidade do interior de SP e gostaria de abrir uma loja de artigos para animais domésticos, como rações, alguns medicamentos, acessórios etc (me refiro à gatos, cachorros, pássaros, etc.), pois é um bairro que a grande maioria das casas possuem animais domésticos, e muitos vivem nas ruas, e não há nenhuma loja deste segmento no bairro. A mais próxima, fica no bairro vizinho, mas não é muito próximo. Será que você poderia me dar umas dicas de como começar, e qual seria + ou – o valor inicial para este investimento, e gastos mensais?
    Desde já, muito obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome