Como Crescer Sem Perder os Valores como a Zappos

1
686
Como Crescer Sem Perder os Valores como a Zappos

Dentro da linha de contratação de novos membros para a empresa restou uma questão: Como faço para fazê-los compreender e aderir à cultura e valores da minha empresa?

Como qualquer outra questão que envolve seres humanos, não existe uma resposta absoluta nem totalmente precisa. No entanto, gostaríamos de dividir nossa experiência e visão com os leitores.

 

#1 Valores

Se a sua empresa tem entre os seus valores pontos como profissionalismo, excelência, pontualidade e todas as outras coisas boas que esperaríamos de um santo, você está no caminho errado. Não estou querendo dizer que são pontos ruins, mas que simplesmente eles são básicos e genéricos demais para gerar ação e compreensão de fato dos novos membros.

Na nossa experiência, valores de verdade são agressivos, são amados pelos que ficam na empresa e odiados pelos que saem. Isso sim é a base de uma cultura.

Vejam o excelente exemplo da ZAPPOS, uma, hoje, famosa empresa de venda de sapatos on-line. Lá, um dos valores é que eles nunca devem desligar uma ligação, essa iniciativa deve vir do cliente e no call-center. Os atendimentos mais longos são exaltados e premiados ao contrário dos centros de atendimentos comuns, onde a boa performance significa se livrar rapidamente do cliente que é visto como um chato. Isso é cultura, isso é valor.

Se você tem na sua empresa alguma posição polêmica que é compartilhada por todos os membros, isso é um bom candidato a um valor que faz a diferença. A declaração dele te ajudará a atrair os candidatos mais alinhados com a cultura do seu negócio e no treinamento dos novos membros.

 

#2 Proximidade

O segundo ponto é o contato e proximidade dos membros mais antigos com os novos. Ouvimos muitas empresas dizerem que investem no capital humano, que desenvolvem seu pessoal e que oferecem muitas oportunidades para todos. No entanto, é quase impossível achar alguém que dedique um dia para um candidato ou algumas horas para discutir os temas mais complexos com as pessoas que acabaram de entrar. Como tempo é dinheiro, ele também é investimento. Portanto, empresas que realmente levam a sério e entendem a imensa vantagem que é ter profissionais alinhados com a empresa não hesitam em depositar um grande volume de horas em conversas formais E informais com suas promessas, mesmo sabendo que muitos não ficarão ali para sempre.

 

Concluindo, ter pessoas boas na sua empresa significa invariavelmente o investimento de tempo e confiança. Significa também agradar alguns e irritar outros. Significa resultados de longo prazo, mas com um retorno maior do que qualquer outra atividade. É uma decisão simples e de execução difícil. E é essencial para a sobrevivência do negócio.

 

E então, você tem investido tempo suficiente nos seus novos funcionários? Sabe quais são os reais valores da sua empresa? Você faria igual a ZAPPOS e ofereceria R$2.000,00 para um funcionário que se demitir?

[newsletter titulo = ‘Assine nossa newsletter’ texto =’Receba ferramentas de gestão gratuitas toda semana!’ desconto =’10%’]

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAs 10 melhores frases empreendedoras do mundo
Próximo artigoAs 5 Tendências da Internet
Leandro Borges
Leandro começou a vida profissional prestando consultorias centenas de pequenas empresas em todo o Brasil e foi professor em instituições como SEBRAE, Vale, Souza Cruz, FIRJAN, COPPE e FGV. Hoje, é encantado pelas facilidades que o Excel traz para a gestão empresarial e quer levar essa maravilha para o Brasil e o Mundo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome