Dicas importantes para seu processo de contratação de pessoas

  Nenhum comentário   Gestão na Prática  
Compartilhe com amigos:

Há muito se fala na importância do capital humano para as empresas. Ter bons funcionários na sua empresa engajados por uma cultura que tira o melhor de cada um deles pode ser o fator decisivo na hora de ter resultados melhores.

Mesmo sabendo da importância de se ter bons funcionários, o processo de contratação de novos candidatos para as empresas ainda é bem precário. Pensando nisso, separei algumas dicas que podem ajudar na hora de contratar novas pessoas para a sua empresa.

Defina bem o perfil de contratação

profile

Antes de começar o processo seletivo e divulgá-lo é necessário traçar bem o perfil desejado do candidato. Defina bem quais habilidades e características você está procurando em seu funcionário e trace um perfil do candidato ideal. Não se esqueça de alinhar bem com o gestor do novo funcionário e envolvê-lo nesse processo.

Monte uma estrutura do Processo Seletivo

etapasprocessoseletivo

Para ter sucesso na contratação de um novo funcionário é importante que você controle todo o processo que ele irá passar antes da contratação. Por isso é importante manter um processo bem definido de quais serão as etapas que o candidato irá passar antes de entrar na empresa.

cadastrocandidatos

Além disso, é importante manter um cadastro com todas as informações relevantes dos principais candidatos, para que você possa ter acesso facilmente as principais informações dele.

Já que você tem esse controle, conforme o processo for avançando, você conseguirá acompanhar de maneira fácil tudo o que acontece com cada candidato. Você pode inclusive dar notas para como o candidato se sai em cada etapa e depois retornar com os principais feedbacks para ele.

processoseletivo

Faça Testes Práticos

teste

Por mais que você queira, não confie apenas nos seus instintos na hora de tomar por verdade o que um candidato diz para você em uma entrevista. O Gestor deve sempre comprovar que o que o candidato fala é verdadeiro portanto sempre que alguém que está passando pelo processo seletivo da sua empresa, faça questão de testar as principais habilidades do candidato com testes práticos.

Aqui na LUZ, por exemplo, sempre que precisamos contratar alguém para fazer parte da nossa equipe de Produção nós passamos um briefing para o candidato fazer uma Planilha. Esse teste nos duas coisas sobre o candidato:

  1. Se ele sabe entender exatamente o que descrevemos no briefing, já que de nada vai adiantar contratarmos alguém que não entende exatamente as especificações do que deve ser feito;
  2. Se ele sabe construir aquela ideia do briefing no Excel.

Independente da habilidade ou conhecimento que o candidato diga ter, sempre dá para fazer testes práticos sobre o que ele diz saber.

Quer saber mais algumas dicas sobre Como Testar seus Candidatos? Assista o nosso programa LUZ no Fim do Túnel com esse tema. É só dar play no vídeo abaixo.

 

Passe Feedbacks a cada etapa

feedback

Sempre que você avançar para a próxima etapa do seu Processo Seletivo é importante dar feedbacks aos seus candidatos sobre a situação deles.

Se eles foram reprovados na etapa não se esqueça de avisá-los e sempre que possível tente passar um feedback sincero, que não precisa ser muito específico, apenas para que ele possa entender o motivo da recusa. Por exemplo, se ele não se encaixou no perfil traçado no começo do processo, não custa nada explicar os pontos de divergência que não puderam deixá-lo ser selecionado.

Já que você manteve um registro de todo o seu processo, como demos a dica, você também poderá dar o feedback após a contratação do seu novo funcionário, mostrando onde ele foi bem e onde ele foi mal.

Use mais de um entrevistador

entrevista

Assim como no caso dos testes práticos, muitos gestores podem deixar uma decisão como a de contratar uma nova pessoa para sua empresa ser tomada de maneira leviana devido a fatores como acreditar na sua intuição ou bater o olho e achar que achou o candidato certo.

Por isso tente sempre fazer com que o candidato passe por mais de uma entrevista com entrevistadores diferentes. Assim você consegue manter a parcialidade do processo e um entrevistador pode pegar erros e problemas que o outro pode não ter visto por estar com uma visão míope do candidato.

Quer ajuda para organizar o seu Processo Seletivo? Então dê uma olhada na nossa Planilha Pronta de Processo Seletivo e teste-a gratuitamente! É só clicar aqui!

Compartilhe com amigos:

Inscreva-se e receba o conteúdo semanal
que realmente importa

Experimente! É grátis e, se não gostar, basta cancelar o envio com 1 clique.
 

Deixe seu comentário aqui

Buscar no Blog LUZ

Digite abaixo…

×
Receba a sua dose semanal de conhecimento grátis
×
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]