Gestão de condomínio: 7 práticas de sucesso

0
958
profissional de gestão
Planilhas Prontas em Excel

Uma boa gestão de condomínio é o sonho de todo síndico e, secretamente, de todo morador também. É fato que muitos condôminos gostam de “reclamar”, mas eles preferem quando o condomínio é gerido com qualidade.

No entanto, também é fato que não é fácil fazer uma boa gestão de condomínio. Se fosse, todos fariam, não é mesmo?

Se você está começando agora ou já tem certa experiência, mas gostaria de deixar a sua gestão de condomínio mais eficaz, confira abaixo quais são as 7 práticas de sucesso na área e como cultivá-las!

1. O controle de contas é essencial para a gestão de condomínio

Uma das melhores práticas de sucesso para realizar uma boa gestão de condomínio é o controle preciso das contas do espaço. Afinal, o dinheiro dos condôminos é uma das partes essenciais de um bom gerenciamento.

Para fazer uma boa gestão, é necessário conhecer alguns conceitos básicos de administração, como a escrituração contábil. Essa técnica consiste em anotar todas as movimentações financeiras realizadas pelo condomínio (entradas e saídas).

Com base nisso, é possível analisar com cuidado os gastos, perceber onde está indo muito dinheiro e colocar as contas em dia dentro do condomínio.

2. Buscar a otimização de processos é muito importante

Todos os condomínios contam com uma série de processos específicos, como eleição, sistema de reclamação, protocolo para receber encomendas ou delivery de comidas, limpeza, aluguel do salão de festas e muito mais.

Um bom trabalho de gestão de condomínio consiste em otimizar esses processos. Na prática, é preciso pensar em como torná-los mais agradáveis, mais rápidos e menos onerosos para todos os envolvidos.

Para conseguir isso, é importante pesquisar muito sobre as tendências de mercado do setor, conversar com outros síndicos e estar disposto a experimentar coisas novas.

3. Valorização da democracia interna é essencial em um condomínio

Especialmente nos condomínios onde o síndico é um dos moradores, é comum haver certa dose de hostilidade e briga entre as pessoas. Por exemplo, um vizinho fica bravo com outro e usa o cargo de síndico para se vingar.

Isso é um problema sério para a gestão do condomínio. Para que o trabalho seja bem-feito, é importante respeitar e valorizar a democracia interna, mesmo que significa ouvir críticas dos seus vizinhos.

Por isso, valorize as assembleias, respeite sempre o regulamento interno e estabeleça mecanismos institucionais para que os moradores possam se fazer ouvir.

4. Valorização da segurança também é essencial

Morar em condomínio é muito gostoso por uma série de fatores. Um dos mais importantes é, claro, o ganho de segurança ao se morar em um prédio ou condomínio fechado com câmeras de segurança.

Uma das tarefas de um bom gestor é garantir que a segurança de todos seja valorizada e protegida. Isso significa investir em novas tecnologias e sistemas que aumentem a proteção do condomínio.

Uma das grandes tendências atuais, por exemplo, é a portaria virtual. Além de ser mais barata e trazer menos gastos para o condomínio, ainda é um recurso que aumenta a segurança ao estabelecer mais câmeras e trancas digitais nos portões do condomínio.

Além da portaria virtual, existem outros elementos necessários para a segurança do condomínio, como câmeras de segurança trancas digitais e muito mais.

5. A prestação de contas é parte de uma boa gestão de condomínios

Todo condômino deve pagar mensalmente a sua taxa referente ao condomínio. Do mesmo modo, todo condômino tem o direito de saber para que o seu dinheiro foi usado. Isso significa que é necessária uma prestação de contas por parte do síndico.

Um dos benefícios da prestação de contas regular é que ela só traz benefícios a longo prazo. Ao apresentar as contas do condomínio todos os meses, o síndico cria um hábito positivo mesmo depois que ele sair dessa posição. O próximo síndico, por exemplo, terá de manter o hábito, o que gera menos chances de corrupção interna.

escrevendo contas

6. A mediação de conflitos é importante para a gestão interna

Um dos melhores hábitos de gestão de condomínios é a habilidade de mediar conflitos. Isso porque a convivência entre vizinhos nunca é 100% pacífica, embora idealmente fosse. Sempre há uma reclamação por causa de um bom dia não dado no elevador, uma música alta no fim de semana ou discussões por causa da garagem.

No entanto, é boa prática do síndico tentar amenizar e mediar os conflitos. Claro que o síndico não tem nem a responsabilidade e nem o direito de se meter em brigas internas, mas ajuda a manter o bom clima no condomínio.

Além disso, alguns dos conflitos são por causa de elementos do próprio condomínio (como vagas de garagem) e por isso é importante a presença do síndico para mediar a questão.

7. A realização de auditorias é importante no condomínio

Da mesma forma que a prestação de contas ajuda a aumentar a confiança do condomínio com o síndico, a realização constante de auditorias também ajuda a manter uma boa gestão local.

Isso é especialmente verdadeiro em grandes condomínios, onde a equipe de gestão é composta por mais de uma pessoa.

E aí, aprendeu quais são as principais práticas de uma boa gestão de condomínio? Então deixe abaixo um comentário com a sua opinião sobre cada uma delas!

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome