Inbound Marketing e Automação de Marketing – analogias e diferenças

1
150
Inbound Marketing e Automação de Marketing – analogias e diferenças

No vídeo que segue tem uma síntese da diferença entre Inbound Marketing e Automação de Marketing

Os conceitos de Inbound Marketing e Automação de Marketing são muitas vezes intercambiáveis.

No entanto, na prática, o Inbound é ainda associado a e-mail marketing.

Se você pensar na quantidade de plataformas de Inbound Marketing no mercado e o faturamento crescente, poderia estimar um volume incrível de empresas que investem em Inbound Marketing.

No entanto, um projeto de Inbound Marketing que traga benefícios para sua empresa, requer uma solidez e um investimento a monte que poucas das empresas que usam ferramentas de inbound se podem permitir.

Por isso que a maioria delas acabam usando plataformas de Inbound para disparo de e-mail.

Eu diria que 80% das empresas que usam estas plataformas, nas verdade só fazem disparo.

Origem das plataformas de Inbound Marketing

Inbound marketing é muito mais do que e-mail marketing.

Algumas plataformas de inbound vêm de um desenvolvimento de plataformas de e-mail marketing, após ter enxergado a oportunidade do mercado de Inbound.

Estas plataformas acabam tendo a limitação de não conseguir sair muito de um projeto de e-mail marketing.

Outras plataformas, foram se desenvolvendo na base de benchmarks americanos (top de linha de Inbound Marketing é Hubspot, que mesmo existindo no Brasil tem um valor muito além dos outros concorrentes).

Com a moda do design thinking, todas plataformas de SaaS são lançada ainda em versão beta, MVP (Minimum Viable Product), pois o que conta não é o produto final, mas a resposta à necessidade do cliente (design thinking).

Por isso que não existe uma plataforma SaaS no mercado que entrega tudo que promete (isso vale a partir do Google, Facebook, até chegar às plataformas nacionais).

Isso não é diferente para o mundo de Inbound onde a divulgação da necessidade de automação em blogs e redes sociais, prevarica a necessidade objetiva, que deveria passar por uma análise de custos benefícios, tempo em resolver bugs de plataformas, etc).

Quando precisamos automatizar o processo de Inbound Marketing?

Inbound marketing não envolve necessariamente uma estratégia complexa de Marketing Digital.

Uma das perguntas no nosso processo comercial, para qualificação de um potencial cliente é se ele já fez inbound e se ele não fez, qual foi a razão.

Muitas vezes a resposta é que ele não fez porque é caro.

Outras vezes porque traz resultados a longo prazo.

Ao mesmo tempo, o mesmo contato responde que já fez ações de:

  • Google Ads;
  • Facebook,
  • SEO, etc.

Então, isso não é inbound.

Voltando ao conceito básico de Inbound.

Inbound é tudo que faz que que o seu potencial cliente chegue até você.

Isso inclui Facebook, Adwords, SEO, etc.

Só que no entendimento mais comum, inbound é o uso de plataformas de automação de inbound, o que determina um custo maior, além do investimento em outras ferramentas.

Tudo isso, de fato, faz sentido só em caso de uma estratégia completa de marketing digital.

O pessoal da RD Station me disse que uma plataforma de Inbound faz sentido se o investimento nela é de cerca de 15% de todo o Marketing Digital.

Eu diria até menos, por voltar de 7%-10%.

Fato é que sem uma estratégia completa não tem justificativa de uma plataforma de automação marketing digital.

Exatamente, prefiro falar de automação de Marketing Digital, mais do que Automação de Inbound Marketing. Até porque, uma plataforma de automação bem configurada, pode ser até integrada com processo de outbound marketing gerido por outro software.

Então, melhor não fazemos Inbound sem uma estratégia completa?

A praxe de mercado Inbound prevê um período de planejamento de 3 meses antes de começar qualquer ação de prospecção efetiva.

Eu gosto de me colocar no lugar do cliente, por ser eu mesmo empreendedor e investidor, então será que eu ‘compraria’ algo que me prometesse ações só após 3 meses de marketing?

A minha resposta é não.

Planejamento sem ação fica puramente teórico, ainda mais no mundo digital onde tudo passa por teste A/B.

Nos primeiros 3 meses de um projeto, você pode começar pegar dados históricos, para depois poder criar uma estratégia baseada nos seus dados e não só nos dados de mercado que não conversam necessariamente com sua história.

A abordagem que eu gosto de ter é de começar uma estratégia de inbound, a partir do fundo de funil, saturando todas as etapas do funil a partir do fundo para cima.

O princípio é o seguinte: se você tem um produto a vender, antes de divulgar para quem poderia se interessar mais na frente, tente achar se existem algum que já está procurando para já.

Por isso que gosto de começar com ações separadas de Google, Facebook, etc, e ir sentido quando precisamos integrar tudo.

Desta forma em 3 meses teremos um planejamento, baseados em dados históricos e testes A/B e muito provavelmente alguns leads ou até vendas por ter trabalhado o fundo do funil.

Sugiro ter esta abordagem até ‘saturar o fundo do funil’, ou seja, até que se esgotam as possibilidade de procura do serviço ou produto que você vende.

Como fazer isso? Basta ir no Google Ads e configurar campanhas focadas em 2-3 palavras-chave que convertem, chegar ao custo por lead ideal e aumentar o investimento até o Google não mostrar mais o ‘orçamento limitado’. Desta forma você terá saturado o fundo do funil.

Quando precisarmos integrar tudo, já será porque não vamos conseguir dar conta manualmente, por isso que entra na automação.

No entanto eu gosto de chamar de automação de marketing, não de inbound, pois, como disse, no mercado o conceito de plataforma de inbound é associado ao disparo de e-mail marketing.

Resumindo, inbound é tudo que você faz para atrair seus potenciais clientes até sua marca e depois manter um engajamento até eles comprarem. Plataformas de automação são as ferramentas que te permitem fazer isso de forma automatizada otimizando seu tempo.

Se você está usando uma plataforma de automação para fazer disparo, para tudo, agora, e reveja a sua estratégia pois está gastando tempo e dinheiro à toa e automatizando o que não precisa automatizar.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome