Como otimizar a gestão em clínicas médicas: dicas essenciais

0
264
Planilhas Prontas em Excel

Em épocas como a atual, em que uma pandemia devasta a nação com milhares de mortes, é essencial que os diretores e gerentes saibam como otimizar a gestão em clínicas médicas para poder manter os negócios funcionando e dando conta da demanda da sociedade. Afinal, é vital que as clínicas possam continuar processando resultados de exames, ajudando nas coletas de materiais e dando vazão para a demanda excedente do SUS.

Muita gente só pensa no contexto da otimização da gestão para lucrar mais e fazer um negócio prosperar. No entanto, apesar dessa visão ser tão justa quanto qualquer outra, é importante pensar também que o serviço médico é um serviço de responsabilidade social. Uma boa gestão da clínica é, antes de tudo, cumprir essa responsabilidade para garantir que o espaço terá os recursos para dar conta da demanda que possa surgir.

Quer aprender como otimizar a gestão em clínicas médicas? Então veja 5 dicas a seguir!

5 dicas de como otimizar a gestão em clínicas médicas

1. Use um software médico

A otimização da gestão de um ambiente hospitalar ou clínico passa pelo uso de um sistema para clínica médica – um software especializado no assunto. Existem muitos modelos no mercado, cada um com suas funções e características próprias. No entanto, o melhor é tentar encontrar um programa que abranja o máximo de ações possíveis dentro da clínica. Afinal, dessa forma será possível otimizar a gestão, uma vez que misturar programas para diferentes ações poderá reduzir a produtividade no geral.

A possibilidade de usar apenas um programa para fazer tudo permitirá maior produtividade, já que será possível integrar a recepção, a realização de exames, internações e vários outros processos todos em uma única interface.

Como otimizar a gestão em clínicas médicas: dicas essenciais 1

2. Adote um sistema de atendimento ágil na recepção

O maior gargalo de produtividade das clínicas está no sistema de recepção e atendimento aos consumidores. Quanto mais antigo e analógico for o sistema de atendimento, pior será a produtividade da clínica. Por essa razão, é vital ter um sistema mais ágil e focado em garantir bons resultados.

O primeiro passo para isso é entender que o atendimento é dividido entre agendamento, encaminhamento e pós-exame. Por isso, o primeiro passo deve ser fazer uma triagem eficaz desses três processos.

Em seguida, o atendimento deve focar em agilizar a triagem interna de quem vai fazer determinado exame, ou então será direcionado para cada profissional dentro da clínica. Isso também deve ser feito de forma ágil, de modo a não aglomerar muitas pessoas no mesmo lugar (não somente pelo coronavírus, mas também por outras questões).

Usar um software só para a empresa, por exemplo, permite confirmar consultas em poucos segundos e já encaminhar o paciente para alguma sala específica, onde ele passará apenas por aquele procedimento e tornará tudo mais ágil.

3. Invista na gestão de pessoas

Qualquer empresa, em qualquer segmento ou mercado, é tão boa quanto os talentos humanos que fazem parte dela. Claro que a presença de sistemas digitais, maquinário e organização interna fazem muita coisa, mas não conseguem fazer o necessário ou o ideal, se não tiver a presença de um bom grupo de profissionais dentro do negócio.

Por isso, a otimização de clínicas médicas passa pela boa gestão dos profissionais, o que inclui uma série de ações como:

  • monitoramento e investimento em formação técnica para quem atende, quem faz os procedimentos e para quem realiza os exames;
  • dar feedbacks corretos e construtivos para os profissionais;
  • estimular a participação da equipe na elaboração de processos internos. Afinal, são eles quem mais sabem como resolver os próprios problemas;
  • constante realização de pesquisas de clima interno da empresa.

4. Tenha uma equipe profissional cuidando das finanças

Gerir uma clínica não é a mesma coisa que saber administrar as finanças de uma clínica. São tarefas diferentes e, em muitos casos, não devem ser feitas pelas mesmas pessoas.

Não existe problema algum em delegar tarefas para outros, especialmente terceirizados. Na verdade, há mérito em poder colocar as pessoas mais indicadas para cada trabalho, otimizando os resultados obtidos.

Contratar um escritório para fazer BPO Financeiro na clínica pode ser uma boa forma de conseguir uma gestão financeira eficaz e que traga resultados tangíveis para a empresa.

5. Colete dados e revise processos internos

Por fim, lembre-se que qualquer processo de otimização é constante. Isso significa sempre coletar dados para poder avaliar os resultados e revisar os processos internos, sempre visando remover gargalos de produtividade para garantir um alinhamento muito mais fluído dentro da clínica.

Saber como otimizar a gestão em clínicas médicas é muito importante, mas não é uma tarefa fácil. Essas dicas ajudarão a ter um guia para trabalhar e melhorar os resultados internos. Siga aperfeiçoando os processos com base na análise de dados, e os resultados vão aparecer. Em poucos meses, a sua clínica ficará irreconhecível, com custos mais baixos e um processo muito mais alinhado.

E aí, gostou das dicas? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o papo!

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome