Tipos de Persona: dicas para gestão de clientes e futuros clientes

0
167
Planilhas Prontas em Excel

Para planejar e realizar ações para atrair e conquistar atuais e potenciais clientes é fundamental saber quem é o seu comprador ideal, ou seja, é necessário saber qual é a sua persona

Saber exatamente com quem você está falando e deseja atrair é essencial para que você possa executar estratégias de marketing, como: e-mail marketing, configuração de chatbot, conteúdo para qualquer tipo de canal etc. 

Se você não sabe quem é o seu cliente ideal, como você pode ter certeza de que sua marca atende às necessidades dos consumidores sem um conhecimento profundo do que eles estão procurando?

Para saber quem é seu consumidor ideal, você precisa criar uma ou várias personas, se necessário. Com isso, você e sua equipe de marketing poderá entender melhor as motivações por trás das decisões de compra e o definir o tipo de conteúdo que irá atrair seus público.

No entanto, é necessário que você compreenda por que realmente deve utilizar personas, como criá-la e quais são os tipos existem – que são 4, e você precisa saber como é cada uma delas. 

Confira a seguir! 

Por que devo utilizar personas?

Você pode estar pensando: “Eu já sei quem é meu cliente”. Mas será que você realmente sabe? Você tem um conhecimento profundo do que motiva seus clientes ou das características que os identificam? 

Esses e diversos outros aspectos são coisas que a criação de personas pode dizer a você, e esses insights devem ser utilizados para moldar a maneira como você fala com diferentes clientes em determinadas fases da jornada do cliente. 

Seu conteúdo é importante e você deve ser capaz de falar com seus clientes de uma maneira que se alinhe diretamente às suas necessidades e aos pontos problemáticos que eles desejam resolver. 

É aqui que suas personas entram. Elas vão te ajudar a compreender melhor os usuários reais de seus produtos ou serviços, quais são seus principais interesses e o que os atrai. 

Uma vez que você criar suas personas, elas serão um recurso muito eficaz que poderá ser consultado diversas vezes. 

Como criar personas?

Bem, agora que você já compreendeu a importância das personas – que são essenciais para a gestão de atuais e futuros clientes -, está na hora de saber quais informações suas personas precisam ter. 

A construção de personas não significa apenas delinear um conjunto de necessidades típicas do cliente que correspondem aos produtos ou serviços que você oferece. Claro, isso pode ser muito útil, mas suas personas devem ir além disso.

Ao criar uma persona, você estará, na verdade, construindo um personagem semi-ficcional que representa um consumidor real. Algumas das informações que seu modelo de persona deve incluir são: 

  • Nome, idade, localização, interesses e outras informações pessoais
  • Dados relacionados a negócios, como cargo e se ela é tomadora de decisão ou tem influência sobre tomadores de decisão de compra;
  • Segmento de público-alvo em que ela se encaixa. É importante ser o mais específico possível, por exemplo, se a marca definiu suas segmentações de mercado individuais;
  • Informações sobre o dia a dia, com uma descrição em primeira pessoa da própria persona. Isso pode parecer desnecessário, mas é muito importante, pois os leitores devem começar a obter um entendimento completo da persona a partir dessa perspectiva;
  • Principais problemas, como o detalhamento do que frustra essa persona e o que atrapalha seus objetivos;
  • Perguntas abertas, incluindo aquelas que a persona fará em diferentes fases da jornada do cliente.
  • Como essa persona consome conteúdo. Será que ela tem contas nas mídias sociais? Qual o tom de voz que deve ser utilizado para falar com ela?

Depois de descobrir essas informações, você e sua equipa podem aprimorar ainda mais suas personas. Também é importante que vocês definam uma foto ou avatar para representar essa persona e fazer com que todos da equipe criem uma conexão com ela. 

Os 4 tipos de personas

Neste ponto, você já sabe qual é a importância de uma persona e como criá-la. Porém, também é necessário que você compreenda que não existe apenas um, mas quatro tipos de personas. 

Saber quais são elas é fundamental para que você possa definir qual tem mais relação com o seu negócio e necessidades. Portanto, confira a seguir quais são elas!

Buyer Persona

A buyer persona é uma das mais conhecidas e utilizadas dentre as opções existentes. Esse tipo de persona representa o comprador, ou seja, é necessário compreender quais são suas preferências e seus comportamentos na hora de tomar uma decisão de compra. 

Com isso, você conseguirá compreender o que seu potencial cliente espera e sente-se atraído no momento de buscar por uma empresa, produto ou serviço, até chegar na etapa de finalização de compra. 

Audience Persona 

Enquanto a buyer persona está voltada para o consumo de produtos ou serviços, a audience persona está relacionada ao consumo de conteúdo nas plataformas online. 

Isso quer dizer que se você quer aumentar a visibilidade da sua empresa, você precisa focar nesse tipo de persona, já que ela é sua “audiência”. Ela representa os hábitos de quem visualiza seus conteúdos nas redes sociais e no blog, por exemplo. 

Portanto, é necessário compreender o que ela deseja encontrar nesses canais de comunicação para que seja possível criar conteúdos mais relevantes e que realmente chamem a atenção dela. 

Proto Persona

Uma proto persona é uma representação de cliente ideal que vem antes da buyer persona. Pode parecer um pouco confuso, mas esse tipo de persona é criada apenas com os dados que a empresa já tem dos clientes, ou seja, algo mais “simples”. 

Vale dizer que ela é apenas o passo inicial para a criação de personas, portanto, ela deve ser aprimorada. Se você criar esse tipo de persona, tenha em mente que deve ser uma solução interina. 

É necessário que o próximo passo seja a validação da informações que você documentou através de pesquisas, para que não crie uma persona baseada apenas em intuição. 

Brand Persona

Como o próprio nome já diz – já que brand em português significa marca -, a brand persona é uma representação voltada para o perfil da sua empresa. Neste momento, você pode estar se perguntando: “Por qual motivo eu precisa de uma persona para representar minha empresa?”. 

Não subestime a criação de uma brand persona, pois ela pode ajudar a deixar sua marca com uma visão muito mais humana e próxima dos clientes. Para fazer isso, você pode juntar sua equipe e realizar uma sessão de brainstorming para pensarem: 

Se a organização fosse uma pessoa, quais seriam suas principais características? Como gostaríamos que as outras pessoas a enxergarem?

Com essas informações, vocês poderão se dedicar a representar a marca da forma mais transparente possível e se aproximar dos clientes. 

Conclusão sobre tipos de persona

A criação de persona é algo essencial para qualquer tipo de negócio, não importa seu tamanho ou área de atuação. Porém, com 4 tipos diferentes de personas, é necessário criar todas elas? 

Não, você não precisa criar todos os 4 tipos de personas, mas se possível, isso é o ideal. Se, no momento, você não pode investir em pesquisas, comece pela proto persona, mas não pare por aí. 

Faça o seu desenvolvimento e crie a buyer persona, a audience persona e, por fim, a brand persona. Todas elas são importantes para o seu negócio e poderão te ajudar a conquistar grandes resultados.

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo e que se sua empresa ainda não tem nenhuma persona, que você comece agora mesmo a fazer sua criação para aproveitar todos os benefícios de conhecer seu cliente ideal!

Veja também nossos outros artigos com dicas interessantes:

 

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome