Como montar uma esmalteria

0
764
Como montar uma esmalteria
Planilhas Prontas em Excel

Se você observar o número de salões de beleza, depilação, design de sobrancelhas, estéticas perceberá que o setor de beleza e cuidados com o corpo está sempre em crescimento. E esse cuidado com a beleza também se estende para nossas mãos e pés. Por isso, as esmalterias têm ganhado cada vez mais adeptos.

Isso também se reflete no mercado: se alguns anos atrás a gente só encontrava esmaltes vermelhos, rosas e de tons claros nas prateleiras do comércio, hoje são incontáveis as cores do produto. Isso sem falar nas bases, fortalecedores, secantes, adesivos e outros acessórios. Então, vamos conhecer um pouco mais desse negócio recente que vem ganhando espaço nas ruas.

O que é uma esmalteria

Uma esmalteria é um local especializado em serviços de manicure e pedicure, ou seja, em cuidados e embelezamento das unhas das mãos e dos pés, incluindo a aplicação de esmalte.

Além do serviço de esmaltação, esses empreendimentos podem oferecer alongamento de unhas, unhas artísticas, hidratação de pés e mãos, e comercialização de esmaltes e outros produtos para manicure e pedicure.

Ainda, alguns têm seus serviços ampliados para outras áreas de estética corporal, como depilação, design de sobrancelhas, maquiagem, cabeleireiros, massagem, entre outros.

Como montar uma esmalteria

Vantagens e Desvantagens

A grande vantagem de ter uma esmalteria é que se trata de um negócio muito estável, que oferece um fluxo de receita constante e consistente. Isso porque estamos falando de um serviço recorrente.

É muito raro que as pessoas vão a uma esmalteria uma vez só. Ao contrário, quando as unhas começam a perder a forma ou a cor, as clientes tendem a retornar ao estabelecimento para terem suas unhas embelezadas e cuidadas novamente.

Pesquisas estimam que mais de 80% das clientes voltam à esmalteria por questões de manutenção das unhas. No Brasil, a maioria das mulheres faz essa manutenção semanal ou quinzenalmente no que tange às unhas das mãos, e mensal ou bimestralmente no que se refere às unhas dos pés.

A desvantagem está na concorrência e também na limitação de tempo. Falamos em limitação de tempo, porque um profissional da esmalteria consegue atender apenas um determinado número de clientes dentro de um dia ou uma semana, e esse número não tem como aumentar individualmente.

Existe, portanto, um limite de tempo e, consequentemente, de lucro, por pessoa. Isso significa que, se você pretende ser a profissional que presta o serviço, tenha em mente o valor que você quer ou precisa ganhar por mês e tente estabelecer os preços dos serviços de acordo – observando, é claro, o valor de mercado de sua região.

Quanto à competição, trata-se de um segmento com ampla concorrência, já que há muitos profissionais que prestam esses serviços tanto em outras esmalterias, como também dentro de salões de beleza, casas de estética, em suas próprias casas e até autônomas, que vão até as residências das clientes.

Como montar uma esmalteria

Desafio do Mercado

O grande desafio do mercado das esmalterias é atrair novas clientes e, talvez mais que isso, ganhar a fidelidade delas. Primeiro porque suas clientes em potencial são as mulheres que fazem suas unhas foram de casa. E essas pessoas certamente já têm esse serviço sendo prestado por outro profissional ou local, até então.

Portanto, você terá de atrair aquelas clientes que, por algum motivo, estejam insatisfeitas com seu atual prestador de serviço e veem em você uma alternativa, mas também, despertar a curiosidade e interesse das demais.

Isso significa que você precisa oferecer um diferencial atraente, seja ele a localização e/ou estrutura de seu espaço, a qualidade de seus produtos e serviços, preço, ou um pouco de cada uma dessas coisas.

Depois que sua cliente pisou em seu estabelecimento, então o seu foco é ganhar a lealdade dela, para que ela continue voltando para manutenção do serviço. Em resumo: ofereça qualidade.

Sempre busque atender – e até superar – a expectativa de sua nova cliente, com um trabalho bem executado, com produtos de boa qualidade, processos de higiene rigorosos, além de um atendimento agradável e simpático.

Capital inicial estimado

É claro que o investimento inicial dependerá do tamanho da esmalteria, do número de clientes que pretende atender ao mesmo tempo, da gama de serviços que será ofertada, além da localização geográfica.

Se você montar uma esmalteria em sua casa, o capital inicial necessário será muito menor do que se você colocar seu estabelecimento dentro de um grande shopping center, por exemplo.

Para uma esmalteria de pequeno porte, com cerca de 50 m², você poderá precisar de cerca de 30 mil reais. Isso inclui compra de equipamentos, mobília e matéria prima, reformas, publicidade, além do capital de giro até que o empreendimento comece a gerar lucro.

Como montar uma esmalteria

Como abrir uma esmalteria (passo a passo)

Defina seus serviços

Antes de qualquer outra coisa, você precisa escolher que tipo de esmalteria você quer abrir. São serviços gerais de manicure e pedicure? Ou você irá oferecer alongamento de unhas? Unhas acrílicas? Esmaltação em gel? Esse é seu carro-chefe, portanto, é a primeira delimitação que você irá definir.

Depois, decida se haverá outros serviços agregados da área de estética, como depilação ou design de sobrancelhas. Você precisará ter isso em mente para escolher desde o imóvel, o layout do espaço, até os recursos humanos de que irá dispor.

Escolha seu público

Não se engane pensando que é a clientela que escolhe você, quando é o oposto que acontece. Ao escolher a região geográfica, a gama de serviços ofertados e inclusive o preço de cada um, você estará delimitando seu público.

Dessa forma, eleja um bairro onde você encontre a clientela pretendida e ofereça os serviços que atendam às necessidades desse grupo de pessoas, dentro do valor de mercado pelo qual elas estão dispostas e acostumadas a pagar.

Estabeleça sua localização

O ideal é que sua esmalteria fique em uma região com grande fluxo de pessoas, a pé ou de carro, e que seja um espaço acessível, isto é, com estações de metrô e paradas de ônibus nas cercanias, bem como possibilidade de estacionamento.

Também é interessante que você pense na segurança do espaço, já que seu público será preponderantemente de mulheres.

Principais fornecedores

A principal matéria-prima de uma esmalteria é, sem dúvida alguma, o esmalte. A escolha do seu fornecedor de esmaltes deve ser feita com bastante cuidado, observando-se a procedência dos produtos, inclusive se são aprovados pela ANVISA.

Além disso, é importante observar se os esmaltes adquiridos são hipoalergênicos, isto é, com fórmulas seguras, que não causem irritação e reação alérgica à maioria da população. E você também irá precisar de ferramentas e outros utensílios para poder executar o serviço.

Tenha em mente que, no que diz respeito a todo e qualquer fornecedor, não é somente o preço que importa. A qualidade do seu serviço é o que garantirá com que suas clientes continuem voltando. E essa qualidade depende diretamente dos produtos que você utiliza.

Portanto, mais do que somente preço, fique atento a procedência, prazos, frequência de entrega, forma de pagamento, entre outros.

Como montar uma esmalteria

Como Abrir uma Empresa

Caso você queira que o seu estabelecimento receba o dinheiro e emita nota fiscal, você deverá abrir a sua empresa legalmente. Nós temos um post detalhando cada etapa da abertura de uma empresa, mas aqui vamos aproveitar para listas os principais pontos:

  1. Criação do Contrato Social
  2. Registro na Junta Comercial
  3. Emissão do CNPJ e Escolha de Atividade
  4. Inscrição Municipal e Estadual
  5. Alvarás de Funcionamento
  6. Licenças

Dicas Especiais para Novos Negócios

Como demonstrado, abrir uma esmalteria é relativamente simples e barato. No entanto, apenas aqueles que encararem seus espaços como negócios completos, conseguirão sobreviver e lucrar. Por isso, vou listar abaixo algumas dicas especiais para quem quer realmente empreender.

1) Defina um Segmento de Clientes BEM ESPECÍFICO

Como comentando anteriormente, não existe nenhum negócio bem-sucedido que não definiu bem a sua área de atuação e o seu cliente alvo. Você vai ter que lutar para as clientes entrarem em seu estabelecimento e vai ter que gastar dinheiro com isso. Não caia no erro de falar “Todos são meus clientes”, pois isso é o começo do fim. Mergulhe nesse tema lendo nosso post de segmentação de mercado.

2) Crie uma Diferenciação (Especialidade)

Ao se definir um segmento específico, você vai conseguir mexer na sua oferta de valor, entregando algo único e memorável. Para isso, recomendo que você desenhe seu modelo de negócio e também faça a sua curva de valor! 

3) Calcule o Retorno Esperado do seu Negócio

“Quem não faz a conta, paga a conta.” Essa é uma máxima do mundo dos negócios. Sem estimar o seu retorno desejado e o que potencial sua esmalteria pode trazer, você vai ficar à deriva. Para isso, você vai precisar precificar muito bem seus produtos e fazer um estudo de viabilidade econômica do seu projeto.

Como montar uma esmalteria

Planilhas para esmalterias

Planilha de gestão de centros estéticos: para ajudar no seu controle e tomada de decisões. Você cadastra clientes, profissionais e serviços e tem acesso a todos os dados financeiros correspondentes.

Planilha de agendamentos: saiba quais clientes têm horário marcado, quantos atendimentos foram feitos no dia, na semana ou no mês, saiba o aniversário de suas clientes com antecedência e acompanhe o faturamento de seu empreendimento.

Planilha financeira: faça a gestão financeira, de estoque, de agenda e de serviços de sua esmalteria e veja dashboards prontos para cada uma dessas áreas.

Planilha de controle administrativo: organize o fluxo de caixa e as finanças de sua esmalteria e identifique as informações estratégicas do seu negócio.

Planilhas Prontas em Excel