Como montar uma ONG / Projeto social

0
1500
Como montar uma ONG / Projeto social
Planilhas Prontas em Excel

O que é uma ONG?

As organizações não governamentais, como o próprio nome diz, não depende de investimento da parte do governo, é uma organização totalmente sem fins lucrativos, por fazer parte do terceiro setor da sociedade, formada por pessoas dispostas a promover melhorias no campo social, cultural, religioso, recreativo, ecológico, artístico e afins.

Como nasce uma ONG?

Como montar uma ONG / Projeto social

O interesse em criar uma ONG ou um projeto social, nasce da indignação de ver a falta de comprometimento e atuação da parte do governo em determinadas áreas. Vem da vontade de ajudar, de fazer algo melhor para a sociedade em diversas áreas.

Á partir do momento que cresce o desejo de ajudar, de transformar, a primeira atitude a tomar é gerar uma mobilização na comunidade em geral para que você possa expor suas ideias e projetos, para que assim pessoas que se identificam com a proposta do projeto e também interessadas em ajudar, junte-se, formando um grupo de pessoas chamadas voluntários, afinal de contas como já dizia o ditado: “Uma andorinha só, não faz verão”.

Fazer parte de uma ONG e contribuir com a mesma, é algo que exige seriedade e comprometimento, uma vez que se lida diretamente com a vida alheia. Tem-se que se identificar e gostar do que faz, pois não é algo fácil, e, é necessário disposição para buscar ou fazer algo que é do interesse de outras pessoas que não seja você.

Tipos de ONGs

Existem dois tipos de ONGs, a saber:

Associações: segundo a lei 10.406/02 é quando as pessoas se juntam de maneira a não objetivar ganhos financeiros. Trata-se de pessoa jurídica de direito privado, que se mantêm com recursos próprios obtidos de suas próprias ações, e esses recursos são utilizados na sua atividade fim, e nunca com objetivo de lucrar.

Fundações: também sem fins lucrativos e regulamentada pela mesma lei de associações, a fundação tem como característica o recebimento de bens de um dos instituidores para manter a fundação, onde seu uso e o fim a que se destina, é previamente estipulado.

Vantagens

Como montar uma ONG / Projeto social

As vantagens em fazer parte de uma ONG acontecem mais no âmbito pessoal, basicamente é a satisfação em ser útil. Através do engajamento em projetos sociais habilidades pessoais e técnicas são desenvolvidas.

Ao se relacionar com diversos públicos, com culturas e necessidades distintas o aprendizado se torna cada vez mais vasto, e é bem provável que você ouça ou aprenda algo que nunca ouviu falar, ou ainda aperfeiçoe uma opinião formada anteriormente.

Para quem se engaja em uma ONG as vantagens são diversas, como: bem estar, felicidade, equilíbrio, fuga do tédio, sensibilidade aos problemas alheios, etc.

Vale lembrar que hoje em dia as atividades de voluntariado em projetos sociais e ONGs, podem ser levadas em conta no momento de uma empresa contratar.

Desvantagens

Quando vemos alguém disposto a montar uma ONG, pressupõe-se que seu objetivo principal é ajudar e promover o bem em comum. Até então, nada de desvantagem por aqui. Porém abrir uma ONG pode dar ou não certo como qualquer outra empresa. O que deve ser deixado claro é que quem abraça uma causa social tem que lembrar que está lidando com seres humanos, recheados de sonhos e expectativas de melhorias, que colocam sua esperança no instituidor, no voluntário. Eles realmente esperam ser ajudados, supridos com os projetos sociais criados. Por isso deve ser reforçada a integridade, a responsabilidade, o comprometimento com o público a que o projeto é destinado.

Desafio do mercado

Como montar uma ONG / Projeto social

Os gastos com abertura de ONGs são baixíssimos. Quando se delega a tarefa de realizar a abertura a contadores e advogados, estamos falando de algo em torno de R$2.500,00, pois paga-se o advogado para escrever o estatuto social, o contador para formalizar a abertura da ONG, além de ter que  custear gastos com cartórios e registros.

Aqui a concorrência é do bem, pois quanto mais ONGs melhor, com isso a população sai ganhando com a diversidade de projetos sociais implantados por elas.

Com sobrevive uma ONG

As ONGs sobrevivem de ajuda de empresas, pessoas e organizações privadas que declaram imposto de renda. É simples: Essas pessoas e empresas destinam parte desses valores para projetos que constam na lei de incentivo fiscais, ou seja, esse dinheiro todo não vai diretamente para o governo, ele é utilizado para ajudar projetos que mais se enquadram aos valores da empresa. Por conta disso, as empresas que apoiam projetos de cunho social também ganham prestígio, reconhecimento e preferência por parte da sociedade.

Como abrir uma ONG

Como montar uma ONG / Projeto social

Antes de abrir uma ONG, deve-se primevamente definir o formato da mesma: se associação, ou fundação.

Vimos anteriormente que a ONG em formato de associação não tem finalidade de lucros, e complementando também não necessita de capital social para abertura da mesma. Ela é regida por um estatuto social, onde duas ou mais pessoas se juntam com o mesmo objetivo e constitui contrato que depois de estabelecido segue para oficializar a associação. Basicamente os passos são:

  • Fazer a proposta de estatuto contendo nomes dos envolvidos assim como seus endereços, documentos de identificação, finalidade da associação, formas de captação de recursos, direitos e deveres dos associados, e ademais.
  • Realizar a assembleia com os associados para ver se estão de acordo com as normas do estatuto.
  • Registrar devidamente o estatuto em cartório
  • Obter CNPJ através da realização de inscrição na Receita Federal.

Á partir daí a ONG já existe, legalmente falando e já pode dar início à atuação para alcançar os fins, os objetivos propostos e absorver ainda mais associado e mantenedores para a mesma.

A ONG em formato de fundação prevê a doação de patrimônio por parte do fundador, onde é definido quando utilizar esse bem e em que situação. Sua abertura é fiscalizada pelo Ministério Público. Os passos para abrir uma ONG no formato de fundação, são:

  • Fazer a escritura do bem para constituição em cartório, onde a fundação só será realmente formada após o Ministério Público aprovar o patrimônio.
  • O objetivo fim da fundação deverá ser de caráter religioso, moral, cultural ou assistencial, tendo caráter duradouro.
  • Seu estatuto deve conter os fins a que se destina, a sede da fundação, sua duração, o modo de administração, quem responde pelas obras sociais, o destino do patrimônio caso venha ocorrer a extinção da fundação, os nomes dos fundadores e da diretoria, bem como seus dados pessoais.
  • As regras são definidas pelo fundador, devidamente fiscalizadas pelo Ministério Público, sendo que o Ministério Público também deve ser consultado antes de tudo, para efeitos de: lavratura da escritura, elaboração do estatuto, aprovação do estatuto e registro da escritura e do estatuto em cartório.
  • Após registro em cartório, deve-se obter o número de CNPJ junto a

    Procedimentos para abrir uma ONG

    A ordem de procedimentos básicos para constituir uma ONG, dá-se da seguinte maneira:

    – Definição da área de atuação.

    – Escolha das pessoas para compor o rol de membros e diretoria (sugestão de no mínimo cinco pessoas)

    – Defina o endereço onde ficará localizada a ONG.

    – Elaboração em três vias do estatuto social com as informações acerca do nome da instituição, objetivos, direitos e deveres dos envolvidos, inclusão do responsável pela instituição, informação sobre o que fazer com o patrimônio cedido em caso de dissolução.

    – Preenchimento da ata em três visas com registro sobre os assuntos tratados em reunião.

    – Após aprovação do estatuto pelos membros, o mesmo deve ser assinado por um advogado.

    – Após, deve se registrar em cartório de pessoa jurídica o estatuto, a ata de constituição, assim como os membros dos conselhos fiscais e diretor.

    – É facultativa a publicação em Diário Oficial do resumo do estatuto.

    – Depois de registrado devidamente em cartório, obtenha o registro junto a Receita federal e receba o CNPJ.

    – Registre-se na prefeitura do município para obtenção de alvará de funcionamento.

    – Solicite junto ao Ministério da Justiça o enquadramento como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público).

Dicas especiais para novos negócios

Como montar uma ONG / Projeto social

Para que sua empresa tenha futuro primeiramente estabeleça as metas que pretende alcançar e não desista no primeiro “gole de água”. Verifique os erros, aprenda com eles, revise-os e corrija-os.

Defina o público que deseja alcançar. Saber para onde vai, já é meio caminho andado.

Aprenda a tomar decisões quando necessário, levando em conta todas as situações que estão ao redor do problema, para melhor acerto.

Precificação específica

Esse processo é importantíssimo para a empresa, pois ajuda a maximizar a capacidade de produção da sua empresa, garantindo que a mesma flua com uma maior segurança de faturamento.

Confira nossa área de especialização que explica sobre a precificação dos produtos.

Estudo de viabilidade econômica

Utilizado para medir e verificar, se um determinado investimento é viável ou não, a empresa deverá comparar os retornos que poderão ser alcançados com os investimentos aplicados.

Conclusão

E você, tem feito algo pela sua comunidade? Visite hoje mesmo um lar de idosos, hospitais, um lar de crianças carentes. Doe sua atenção! Acredite você terá uma lição de vida e isso vai ser muito recompensador tanto pra você, como pra quem pôde ter acesso a um pouco do seu tempo.

Planilhas para ONG

Planilha de gerenciamento de projetos

Com a planilha de gerenciamento, você poderá controlar prazos, orçamentos e obter resultados de projetos que foram definidos.

Pacote de planilhas e apostilas

Crie seu plano de negócios com este pacote de planilhas que dispõe de oito planilhas, sendo:

  • Plano de negócio
  • Análise SWOT
  • Cinco forças de Porter
  • Marketing mix
  • Plano de cargos e salários
  • Formação de Preços de serviços
  • Formação de preços de produtos.
  • Estudo de viabilidade econômica

Planilha roda da vida coaching

Uma planilha para você avaliar diferentes áreas da sua vida e estabelecer metas com prazos definidos, para que você tenha uma visão geral da conclusão do seu plano.

Planilha de controle de tarefas

Registre os associados e as tarefas designadas a cada um. Obtenha o relatório de controle de tarefas mensal com status de concluída ou em andamento. Acompanhe o percentual de produtividade geral.

Planilha de fluxo de caixa

Efetue o cadastramento de receitas e despesas. Realize lançamentos diários. Acompanhe o fluxo diário com relatórios de fluxo de caixa. Tenha em mãos relatórios com resultados financeiros prontos para impressão.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome