Planilhas jurídicas: entenda por que são essenciais

0
748
Planilhas jurídicas: entenda por que são essenciais
Planilhas Prontas em Excel

A vida de um advogado ou profissional da área do Direito é repleta de prazos, informações e reuniões. Por isso, ele precisa da ajuda de planilhas jurídicas para conseguir cumprir todos os compromissos sem falhar.

Para um bacharel recém-formado ou mesmo um advogado já experiente, pode ser um pouco difícil lidar com todos os prazos para procedimentos jurídicos, reuniões com clientes e magistrados e outros compromissos pessoais.

São tantas coisas a fazer e tantas datas certas que o profissional pode ficar um pouco perdido. Para auxiliá-lo, ele precisa de um bom gerenciador jurídico.

Planilhas Prontas em Excel

Neste artigo, falaremos sobre as planilhas jurídicas e como elas podem resolver esse problema na sua carreira. Siga a leitura para saber mais!

O que são planilhas jurídicas?

As planilhas jurídicas são ferramentas digitais criadas para auxiliar a gestão para advogados, não só na parte financeira, mas também legal e de agenda pessoal.

Existem muitos tipos diferentes de planilhas, desde específicas para certas tarefas (por exemplo, para controlar os prazos dos processos abertos pelo advogado) até mais generalistas, que cuidam de todos os compromissos do profissional.

Além de serem diferenciados por funções, esses aplicativos para advogados também variam de acordo com sua própria construção e sofisticação.

É possível encontrar, por exemplo, um software jurídico extremamente sofisticado que ajude nessas tarefas, mas também existe a possibilidade de resolver algumas questões com uma simples planilhas no Excel.

O ideal, claro, é optar pela opção que seja mais sofisticada e com mais funções. No entanto, o importante é ter um auxílio digital que caiba no seu bolso e que supra sua demanda.

Uma excelente opção é a Planilha de Controle de Processos Judiciais, que auxilia no acompanhamento da quantidade, valores, honorários e conclusão de processos judiciais para escritórios de advocacia, otimizando assim, o gerenciamento do negócio.

Planilhas jurídicas: entenda por que são essenciais

Quais as vantagens de usá-las?

Não é todo profissional jurídico que conta com o auxílio de um programa para advogados. Muitos ficam receosos de se aliar a soluções tecnológicas para otimizar seu trabalho, especialmente os mais experientes.

Todavia, existem diversas vantagens no uso dessas planilhas jurídicas. Quer saber quais são? Então veja algumas a seguir!

Ajudam a organizar o trabalho

A primeira grande vantagem de usar um sistema para advogados é que o trabalho realizado fica mais organizado. Quem trabalha em um escritório jurídico sabe, não só a importância da organização, mas também como ela é difícil de alcançar nesse ambiente.

São dezenas de procedimentos jurídicos específicos, documentos como Habeas Corpus ou petições, prazos para determinadas etapas dos processos e muitos, muitos clientes.

Sem um pouco de organização é fácil perder prazos ou documentos, confundir situações e deixar passar alguma informação importante.

As planilhas jurídicas ajudam na organização de todo esse material, de forma a garantir que nada se perca e o trabalho do advogado seja realizado de maneira mais satisfatória para ele e seus clientes.

Além de organizar o trabalho do advogado, as planilhas ainda auxiliam a deixar a carteira de clientes em ordem, com dados de contato e informações básicas sobre cada cliente do escritório.

Aumentam a qualidade do trabalho

A qualidade do trabalho realizado pelo advogado também aumenta com o uso de planilhas jurídicas, especialmente em dois pontos: a agilidade do serviço e sua eficácia.

Em primeiro lugar, um advogado que conta com o auxílio de um software de gestão jurídica consegue trabalhar mais agilmente para ajudar os seus clientes em suas pendências.

Existe a possibilidade, por exemplo, de um programa desses capturar as novas informações em relação a processos envolvendo o advogado automaticamente. Assim, ele recebe as atualizações praticamente em tempo real e pode agir mais rapidamente.

Em segundo lugar, as planilhas jurídicas ajudam a organizar e arquivar as informações sobre cada caso. Assim, o advogado pode tirar 30 ou 40 minutos antes de uma audiência para se atualizar com aqueles dados e ter tudo fresco na cabeça quando precisar.

Melhoram a gestão para advogados

Além das questões jurídicas, um advogado precisa também lidar com vários processos administrativos dentro do seu escritório, especialmente se ele trabalhar por conta própria.

Isso significa controlar os gastos do escritório (com material de trabalho, contas, salário dos funcionários etc.), as receitas (pagamentos dos clientes) e outras movimentações financeiras inerentes à profissão.

As planilhas, se forem produzidas pensando no controle financeiro, ajudam a facilitar esse trabalho para o profissional.

Usando operações simples e regras bem definidas, as planilhas podem informar quem já pagou ou falta pagar, que contas devem ser quitadas (em que dia), e qual o estado atual do fluxo de caixa do escritório.

Assim, fica fácil lidar com a parte financeira e sobra mais tempo para focar nas questões jurídicas, aumentando a produtividade do advogado.

Facilitam o controle dos processos

Se um advogado cuidar de, digamos, 7 processos ao mesmo tempo, ele terá uma rotina muito agitada.

Cada um desses casos exigirá prazos e determinações diferentes, seja para interpor recurso ou emitir alegações finais em um processo.

São tantas coisas diferentes, que o profissional pode perder prazos importantes para o seu cliente, o que é sempre negativo.

Com o uso das planilhas, é possível definir as datas para cada procedimento e receber lembretes para preparar os documentos ou ações necessárias a tempo.

Dessa forma, a planilha auxilia no controle dos processos judiciais daquele escritório ou profissional.

Ajudam a sugerir tarefas para determinados processos

Nem toda planilha jurídica tem essa função, mas alguns softwares contam com o uso de Inteligência Artificial para sugerir tarefas ou procedimentos dentro de determinados processos.

Por exemplo: suponha que um advogado tenha trabalhado em 15 casos de inventário nos últimos 2 anos, adicionando todos os dados e registrando cada procedimento nesses processos.

Desses 15, em 10 casos o processo foi resolvido extrajudicialmente, com 3 cartórios diferentes. Um dos cartórios, doravante chamado de Cartório A, processou a documentação muito mais rapidamente do que os outros.

Então, ao registrar o 16º caso de inventário naquela planilha, se ela tiver o uso de Inteligência Artificial, poderá sugerir automaticamente o uso do Cartório A para o procedimento extrajudicial daquele caso.

Assim, todos ganham em tempo e o procedimento ocorre de maneira mais suave para todas as partes envolvidas.

Pelo que foi demonstrado, pudemos perceber como as planilhas jurídicas são ferramentas importantes para o dia a dia de um profissional de Direito, seja um bacharel recém-formado, ainda buscando seu lugar na seara jurídica nacional, seja um profissional já experiente e com uma carteira de clientes estabelecida.

Se você já trabalhou com planilhas jurídicas anteriormente, deixe um comentário contando como foi a experiência para você!

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome