5 Razões para fazer o plano de negócios de uma empresa que já existe

0
3288
Plano de Negócios Empresa que já Existe

Nesse artigo veremos 5 razões para fazer um plano de negócios para uma empresa que já existe. Caso queira ir direto para elas, basta clicar abaixo:

  1. Alinhar mudanças estratégicas com a operação
  2. Definir nova estratégia de produto ou público
  3. Planejar crescimento da equipe com embasamento
  4. Comparar possibilidades de investimento
  5. Atrair novos sócios e/ou investidores
  6. Veja como fazer o seu plano de negócios

O plano de negócios é uma ferramenta importante para quem está precisando modelar um negócio. É muito comum convencionar a ideia de modelagem a ideias de negócios, ou seja, empresas ou produtos que ainda não saíram do papel. Essa interpretação é equivocada.

Como elaborar um excelente plano de negócios

Sabemos da importância de modelar uma ideia de negócio para garantir que a estratégia está bem amarrada junto a operação. Mas não podemos ignorar que operações existentes também precisam de modelagem, ou, pelo menos, de revisões periódicas do planejamento que já foi feito.

Particularmente, eu costumo defender que se a estratégia não vai ter grandes alterações, ou seja, se a empresa vai percorrer um caminho “mais do mesmo”, o Planejamento Estratégico com uma boa composição de metas e planos de ação já é suficiente. Se a empresa pretende buscar novos caminhos para atingir os resultados, acredito que seja interessante pensar em um Plano de Negócios como um todo, abrangendo estratégico, tático e operacional.

Caso você queira entender o que é um plano de negócios antes de continuar, temos um artigo que explica melhor a teoria por trás dele.

Confira abaixo 5 motivos para fazer um plano de negócios para uma empresa que já existe.

Plano de Negócios: passo a passo para criar o seu

1. Alinhar mudanças estratégicas com a operação

Imagina que a sua empresa pretende apenas crescer vendendo mais os produtos ou serviços que já existem. Você traça novas metas baseadas no período anterior, avalia se a equipe precisará crescer e repassa as novas metas para a equipe. Parece funcionar.

Agora imagina que a sua meta engloba uma grande mudança de foco na sua estratégia, como uma mudança de essência da sua empresa. Não adiantará apenas traçar novas metas. Você precisa definir o que é esta estratégia e repensar toda a operação em torno dela, como plano de marketing, plano de cargos e salários, análise de mercado para apenas nesse ponto entender se financeiramente sua nova estratégia faz sentido.

Pacote com Apostila Como Fazer seu Plano de Negócios

Nós passamos por isso na LUZ em 2013, quando decidimos parar de fazer consultoria para focar 100% na parte online da nossa empresa. Estamos passando por isso novamente agora, migrando nosso modelo de ecommerce para o de empresa de educação (sim, vem novidade por aí!).

Nessas mudanças mais profundas de estratégia, se você não redesenha todo o modelo da sua empresa, define quais recursos serão compartilhados e quais dedicados a cada parte da empresa, pensa em um novo planejamento de marketing e em como vai funcionar o financeiro, acaba sendo muito comum cair em tentações de curto prazo, atrasando a sua estratégia principal.

Um erro que poderíamos ter cometido sem a estratégia bem definida seria aceitar um projeto de consultoria interessante para o caixa da empresa, mas contraditório a nova estratégia, e atrapalhar o compartilhamento de recursos, atrasando o crescimento do ecommerce.

Estratégia também é saber dizer não!

2. Definir nova estratégia de produto ou público

Um dos principais motivos pelos quais você precisará fazer um plano de negócios completo é uma mudança na sua estratégia de produto ou de público-alvo. Mas o que isso engloba? Não só o lançamento de um novo produto ou serviço, mas também a adequação dos seus produtos para um novo público, a abertura de novas filiais em mercados desconhecidos.

Um exemplo conhecido dessa mudança estratégia dando certo foi quando o grupo que controla a Kopenhagen decidiu lançar chocolates mais acessíveis. Ao invés de simplesmente lança-los na loja, eles repensaram todo o plano de marketing criando a marca Brasil Cacau. Planejaram a abertura de novas filiais e tiveram que pensar na contratação de pessoas exclusivas para este projeto novo. Ou seja, toda uma remodelagem do negócio foi feita.

Brasil Cacau

Um exemplo dessa estratégia sendo feita e dando errado foi o lançamento do Mercedes Classe A. Na época, a Mercedes queria ter penetração em um público mais “popular”, mas ao invés de planejar como seria feito e pesquisar entre os clientes que possuíam os modelos luxuosos da marca, o carro foi lançado, a Mercedes passou a ouvir muitas reclamações sobre a perda de status da marca e luta até hoje para transformar o Classe A em um modelo mais adequado aos atributos da marca.

Mercedes Benz Classe A

3. Planejar crescimento da equipe com embasamento

Quando você projeta um ano de muito crescimento, é muito comum que algumas contratações venham antes dos ganhos de receita previstos. Sem planejamento, você acaba contratando desordenadamente, devido a pressões operacionais, ou a demanda de gestores de áreas de atuação. Além disso, você não consegue se planejar para atrair as melhores pessoas possíveis para os cargos em aberto.

Pacote com Apostila Como Fazer seu Plano de Negócios

O ideal é já começar o ano com uma linha do tempo de contratações pronta. É lógico que ela sofrerá mudanças ao longo do ano, mas você, pelo menos, saberá os milestones que te farão contratar para certas posições.

linha do tempo

Quando vale a pena aumentar o time comercial? E o atendimento? E aumentar a equipe de produção? Tudo isso vai depender de quantas negociações você tem correntes, quantos clientes e do tamanho da produção. Busque esses números e outros inerentes a cada cargo antes do período planejado começar e evite ceder às pressões da operação ou da própria equipe.

4. Comparar possibilidades de investimento

Para qualquer investimento que será feito, o caminho mais simples para compara-los é fazendo um estudo de viabilidade econômica. Esta ferramenta é muito útil quando você tem uma boa noção das expectativas de receita que você vai ter com os investimentos que serão empenhados nas diferentes alternativas.

Plano de Negócios: passo a passo para criar o seu

O problema é quando você está analisando investimentos que podem modificar totalmente a sua estratégia e a sua estrutura. Uma coisa é comparar investir em dois títulos de renda fixa diferentes. Outra coisa totalmente diferente é comparar abrir uma filial em Brasília ou uma em Porto Alegre.

Como Investir - Plano de Negócios

Você não faz ideia de quais serão os ganhos que você terá nas duas filiais antes de analisar mercado, concorrência, planejar o tamanho da filial, localização, tamanho e qualificações da equipe, etc. Portanto ao se analisar investimentos mais complexos, é necessária a construção de um Plano de Negócios completo, não se atendo apenas ao estudo de viabilidade econômica.

5. Atrair novos sócios e/ou investidores

Por último, mas não menos importante, se você quiser atrair novos sócios, sejam eles investidores ou para trabalhar na operação, eles não vão se ater a olhar os números atuais do seu negócio e sua operação atual.

Novos sócios

Potenciais investidores estarão muito mais interessados em ver a sua estratégia de longo prazo, como você enxerga a sua empresa nos próximos 5, 10 anos. Além disso, vão querer entender se o seu crescimento é sustentável. Seu produto ou serviço tem diferenciais que protegem a sua empresa de concorrência? Quando sua empresa chegar a maturidade, você já tem um segundo plano de expansão?

São dúvidas que um Plano de Negócios pode te ajudar muito mais a responder de forma organizada e expositiva do que outras ferramentas que o compõem de forma isolada: plano estratégico, plano de marketing, análise de mercado e da concorrência, plano de cargos e salários e plano financeiro.

Veja como fazer seu plano de negócios

Se você domina a teoria por trás do Plano de Negócios e precisa apenas de uma ferramenta de apoio, nós da LUZ recomendamos a nossa Planilha de Plano de Negócios.

Planilha de Plano de Negócios

Se você precisa reforçar a teoria antes de colocar a mão na massa, temos um Pacote de Planilhas com um guia passo a passo: Como Fazer seu Plano de Negócios.

Pacote com Apostila Como Fazer seu Plano de Negócios

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome