Os primeiros passos de um projeto: gerenciamento de integração

2
2029

Por Andréia Lopes.

O gerenciamento de integração é uma etapa que permeia todos os 5 grupos de processos da gestão de projetos. É uma atividade-chave, o óleo da engrenagem, visto que, promove a execução do projeto da forma mais eficiente e eficaz.

“A área de conhecimento chamada de Integração tem como objetivo balancear as demandas e restrições do projeto, definido seus objetivos e coordenando a execução de todos os processos de gerenciamento de projetos das demais áreas de conhecimento ao longo do ciclo de vida do projeto”.

O gerenciamento de integração atua no início do projeto, no processo de elaboração do escopo. Durante a execução auxilia no monitoramento e controle do projeto. Por fim, na fase de encerramento contribui para a organização dos materiais do projeto e registro das lições aprendidas. De acordo com o fluxo de processos do PMBOK são:

gerenciamento de integração - engrenagem do projeto

  • Desenvolver o termo de abertura do projeto
  • Desenvolver o plano de gerenciamento do projeto
  • Orientar e gerenciar o trabalho do projeto
  • Gerenciar o conhecimento do projeto
  • Monitorar e controlar o trabalho do projeto
  • Realizar o controle integrado de mudanças
  • Encerrar o projeto

DICA:  Uma parte importante na fase inicial, que pode ser aplicada no gerenciamento de integração é o processo de avaliação de viabilidade do projeto. Essa etapa consiste em utilizar técnicas e ferramentas para auxiliar os patrocinadores no processo de decisão sobre a implantação do projeto. Podem ser utilizados desde modelos econômicos a modelos matemáticos para verificar o potencial de um projeto.

A seguir, abordaremos cada um dos fluxos do gerenciamento da integração e apresentaremos um mapa conceitual contendo as principais entradas, saídas e ferramentas e técnicas.

E então, por onde começar? Desenvolver o Termo de Abertura do Projeto, o chamado TAP, é o pontapé inicial para delinear o que se espera do projeto.

O que deve conter o TAP?

O TAP contempla as principais informações sobre o projeto e é a carta que vai guiar a execução dos demais processos.

gerenciamento de integração - TAP

Plano de gerenciamento do projeto:

O plano de gerenciamento do projeto detalha as estratégias de acompanhamento da execução do projeto. É uma etapa importante para definir como será a condução da gestão do projeto, pois deve consolidar todos os possíveis subplanos contemplados no projeto, de forma que possam ser executados sincronizados. O plano de gerenciamento do projeto é o maestro que deve conduzir a orquestra em harmonia para o alcance do resultado esperado: uma bela sinfonia, ou melhor, projeto.

gerenciamento de integração - plano de gerenciamento do projeto

Orientar e gerenciar o trabalho do projeto:

Essa etapa envolve a especificações e orientações quanto à execução das atividades e tarefas previstas no projeto. Acompanha os detalhes do projeto no que se refere a alocação de recursos, aspectos técnicos, informações sobre desempenho do projeto, aquisições necessárias, mudanças, informes e possíveis ações corretivas.

gerenciamento de integração - trabalho do projeto

Monitorar e controlar o trabalho do projeto:

Monitoramento e controle do trabalho do projeto define coordenar todas as ações que envolvam a identificação, coleta e sistematização de informações sobre o desempenho do projeto como um todo. Etapa muito importante para auxiliar no processo de identificação de potenciais em tempo, escopo, recursos e resultados esperados do projeto.

gerenciamento de integração - monitorar trabalho do projeto

Realizar o controle integrado de mudanças:

Normalmente, mudança já gera desconforto. Assim, realizar o controle integrado de mudanças na execução de projetos é uma atividade sensível e que tem alto poder de impacto sobre o seu desempenho.

Envolve identificar as necessidades de mudanças, avaliar solicitações de mudanças, verificar sua viabilidade e, se for caso, promover a sua implementação. Destaca-se que a comunicação da mudança deve ser feita de forma objetiva e clara para todos os envolvidos, evitando assim, possíveis ruídos no processo.

gerenciamento de integração - controle integrado de mudanças

DICA: Já ouviram falar em “linha de base”? Então, sempre que ocorre algum tipo de mudança no projeto, seja de recursos, cronograma, atividade, entre outras, é preciso registrar isso nas ferramentas que são utilizadas para gerenciar o projeto. Essas ferramentas normalmente criam as chamadas “linhas de base”, que registra quando foram realizadas as últimas mudanças no projeto.

Encerrar o projeto:

Por fim, um fluxo pouco falado, encerramento do projeto. O gerenciamento da integração também deve considerar a fase de encerramento do projeto. Essa fase pode contribuir bastante para que os futuros projetos sejam aprimorados. Envolve o encerramento de todas as tarefas e atividades do projeto, o registro das lições aprendidas e avaliação final das entregas do projeto.

gerenciamento de integração - encerramento do projeto

Então, podemos perceber o quanto o gerenciamento da integração é importante para execução do projeto. Definir um bom plano de gerenciamento certamente contribuirá para a efetividade das etapas previstas no projeto e, consequentemente, suas entregas.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGestão de Estoque de Produtos para Revenda em Consignação
Próximo artigoGestão de Arquivos e Documentos
Andréia Lopes
Andréia Lopes, graduada em Administração com Especialização em Desenvolvimento de Seres Humanos, Análise de Inteligência de Negócios e Mestrado em Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social. Experiência em docência do Ensino Superior e ampla atuação na gestão de projetos em instituição de representação empresarial.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito esclarecedor o artigo, Andréia… Estou buscando conteúdo para um trabalho de conclusão de curso, esse artigo ajudou bastante!

    Muito top,
    Valdirene Mendes do Amaral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome