Qual é a Diferença entre Estimativa de Custos e Precificação?

0
1505
Qual é a Diferença entre Estimativa de Custos e Precificação?
Planilhas Prontas em Excel

A estimativa de custos é uma das etapas de um processo de precificação. Em outras palavras, ela é a parte financeira e matemática, mas não é indicado definir seu preço apenas baseado nos seus custos.

Veja também: Guia completo sobre formação de preços de venda

As Etapas da Precificação

De maneira geral, e isso vale para qualquer tipo de negócio, a precificação possui alguns ingredientes:

  1. Levantamento e Estimativa de Custos: Essa, na verdade, é apenas a primeira etapa. Com ela, garante-se o preço mínimo do produto, dentro de determinado ponto de equilíbrio, para que a empresa não tenha prejuízo em suas vendas.
  2. Análise de Ponto de Equilíbrio: O preço que você deve praticar, certamente vai variar de acordo com o volume de vendas daquele produto ou serviço. Por isso, precificação está sempre relacionada à projeção de vendas.
  3. Definição de Modelo de Negócio: A maneira pela qual você pretende entregar e cobrar o produto, afeta sua precificação, isso deverá sempre ser levado em conta.
  4. Análise da Concorrência: Toda empresa está inserida em um mercado cheio de forças e conflitos internos. Para precificação corretamente, você tem que entender o que a sua concorrência está entregando de valor e como ela está cobrando por isso.
  5. Posicionamento e Estratégia: Por fim, sabendo todas as informações anteriores, existe uma parte da precificação que é puramente estratégica. Ou seja, como você quer ser visto? Quais oportunidades você enxerga e como vai traduzí-las no seu preço?

O que é Precificação e Como Calcular Preço de Venda?

Se precificação como um todo lhe interessa, não deixe de ler nosso post sobre estratégias de precificação.

Exemplo de Estimativa de Custos vs Precificação

Vamos passar aqui por um caso prático de precificação para ficar claro, em números e em decisões possíveis, a diferença entre a estimativa de custos e precificação. Nesse exemplo, você faz móveis de madeira, em especial, bancos.

Qual é a Diferença entre Estimativa de Custos e Precificação?

Etapa 1: Estimativas de Custos

O primeiro passo seria verificar a quantidades de madeiras, pregos e cola utilizada na produção de cada banco. Somado a isso, você também teria que adicionar o valor hora do profissional envolvido nesse desenvolvimento. Nesse caso, você teria um resultado similar ao abaixo:

  • Madeira: m2 no valor de R$30
  • Pregos: 16 de R$0,50 a unidade = R$8,00
  • Cola: 1/3 da lata de R$12,00 = R$4,00
  • Marceneiro: 4 horas a R$20/h = R$80,00

Assim, a sua estimativa de custos simplificada do seu banco seria de R$122,00.

Etapa 2: Análise do Ponto de Equilíbrio

Nessa próxima etapa, você quer verificar se, dentro da sua estrutura de custos fixos, e projeção de vendas, a sua operação seria viável. Portanto, vamos adicionar algumas variáveis.

  • Custo fixo: R$5.000,00 (salário e aluguel)
  • Projeção de Vendas: 30 bancos por mês

Nesse cenário, se você vender os 30 bancos pelo preço de custo, você conseguiria ganhar R$3.660,00. Ou seja, teria um prejuízo de R$1.340,00. Para sair do zero a zero, ou seja, realmente alcançar o mínimo do seu ponto de equilíbrio, o valor de venda unitário teria que ser R$166,70 (5000/30).

Etapa 3: Definição do Modelo de Negócio

Aqui, por exemplo, o que poderíamos alterar as coisas seriam mudanças grandes no modelo de negócio, ou seja, ao invés de vender simplesmente o banco, você poderia:

  • Alugar o banco
  • Leiloar o banco
  • Alterar o preço para incentivar o retorno do banco

Enfim, não vamos aprofundar nesse ponto, para não perder de vista o resultado final, mas normalmente mudanças aqui é onde acontecem as grandes revoluções em indústrias já ultrapassada.

Etapa 4: Análise da Concorrência

Seguindo, agora que você tem a sua estimativa de custo (R$122) e seu preço mínimo de ponto de equilíbrio (R$166,70), você parte para ver o preço da concorrência e tem os seguintes resultados:

  • Concorrente 1: R$399,00 (produto excelente, novo no mercado)
  • Concorrente 2: R$99,00 (qualidade muito baixa)
  • Concorrente 3: R$500,00 (produto razoável, empresa mais conhecida)

Novamente, você consegue perceber que o seu valor de ponto de equilíbrio, ainda não está exatamente aonde você quer, pois a sua qualidade é excelente e você já criou um nome no mercado, podendo se valorizar e cobrar por isso.

Etapa 5: Posicionamento e Estratégia

Com todas as informações anteriores, você via chegar na etapa final da precificação que é justamente parte matemática e parte experiência, estratégia, intuição e teste. Ao perceber que seu produto é o melhor e seu renome é significativo, você resolve adotar uma estratégia de preço premium e coloca seu produto como o mais caro do mercado à R$800,00 por banco!

O que é Precificação e Como Calcular Preço de Venda?

Conclusão

Como você pode ver, na prática, a diferença entre a estimativa de custos é grande teoricamente e também matematicamente. Em nosso caso, saímos de uma estimativa de R$122 para um preço final de R$800! Caso queira saber mais sobre como levantar seus custos e chegar em uma precificação correta, veja nossas planilhas para precificação.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome