Remuneração Variável (RV): Variações e Aplicações

0
267
Remuneração Variável (RV): Variações e Aplicações

A remuneração variável, independente do tipo aplicado pela empresa, é um importante instrumento que motiva o profissional envolvido em buscar e ultrapassar metas estipuladas, pois com isto ele terá um acréscimo financeiro que ajudará a compor o seu rendimento.

O que é Remuneração Variável

Remuneração Variável (RV) é uma premiação em dinheiro que o colaborador (e/ou a equipe) recebe por metas de vendas ou de desempenho alcançadas ou superadas.
A RV é previamente combinada com a equipe, e a empresa põe em prática este tipo de remuneração por um período (tempo) determinado.
Este tipo de recompensa, mesmo que seja um acréscimo nos rendimentos do colaborador, não se torna um rendimento que seja obrigatório para a empresa, por ser estipulado em momentos pontuais, e não continuo.

A RV é comumente chamada de bônus ou bonificação.Quais são os tipos de remuneração variável:

• Comissionamento de vendas.
É um tipo de premiação geralmente pagos aos vendedores. Torna-se uma comissão variada, baseado nos níveis de vendas alcançadas por estes profissionais;

• Remuneração por produtividade.
É uma premiação baseada nos resultados alcançados pela produção de uma equipe ou de forma individual. A empresa, previamente, poderá definir qual valor a pagar;

• Incentivos e prêmios.
São formas de recompensas dados pela empresa pelos resultados alcançados pela equipe ou por colaboradores individualmente. Não necessariamente este tipo de remuneração será paga em dinheiro, podendo ser com vale compras ou viagens, por exemplos;

• Participação nos resultados.
É um tipo de premiação na qual parte do prêmio é recebido em dinheiro, por parte dos colaboradores que alcançaram os resultados estipulados;

• Participação nos Lucros e Resultados (PLR).
A PLR é abrangida pela Lei 10.101/2000 e tem que cobrir todo o corpo de colaboradores da empresa. Diferentemente de um bônus, a PLR torna-se uma obrigação da empresa com os colaboradores, caso contrário a empresa poderá sofrer sanções legais.

Diferenças entre PLR e RV

Há alguns pontos a se destacar em relação a um modelo e outro, vamos a eles:

• A PLR (Participação nos Lucros e Resultados) também é conhecida como PPR (Programa de Participação nos Resultados) e se caracteriza por cobrir todos os colaboradores da empresa, trabalha com a base semestral ou anual de pagamentos, não é complementar a remuneração fixa, não há incidência de encargos trabalhistas, possui base de cálculo sobre os lucros e é posta em prática mediante acordo com os trabalhadores.

• A RV (remuneração variável) trabalha com períodos de pagamentos, abrange os trabalhadores seletivos, é baseada na CLT, torna-se um complemento a remuneração fixa, a base de cálculo é sobre as metas estipuladas, tem incidência nos encargos trabalhistas e é celebrada em contrato específico.

O que são Stock Options e OKR’s

A Stock Options é um modelo de RV, na qual a empresa concede a oportunidade do colaborador tornar-se um acionista da empresa, sendo um contrato de compra de ações.
Contudo, para que este contrato tenha validade, o colaborador tem que permanecer por um tempo específico na empresa.

Os Objectives and Key Results (OKRs) são indicadores criados e aplicados pelas empresas de tecnologia e mídias sociais. Estes indicadores são mais difundidos no mercado norte-americano, mas já tem empresas no Brasil que aplicam estes indicadores.

Bônus e Comissões

Volta e meia, há uma dúvida em qual destes dois modelos (bônus e comissão) é melhor para a empresa aplicar com os seus colaboradores.
Isto dependerá muito da situação proposta pela empresa, na qual os seus funcionários tenham a motivação para as buscas dos resultados.
Não impede que a empresa venha a aplicar os dois métodos de remuneração, desde que seja compatível. Vamos descrever alguns pontos referentes a estas RV’s:

• Bônus (ou bonificação).
A bonificação é aplicada por um período específico e variado. Como a bonificação não é uma base para a remuneração, esta não fica atrelada a remuneração fixa do colaborado;

• Comissão.
Esta forma de remuneração, a comissão, é orientada a ser usada com uma equipe de vendas, na qual os rendimentos que os componentes obtiverem com as suas vendas, será um complemento a sua remuneração fixa.

Quais são os principais pontos para a empresa implantar a RV

Citarei alguns, que são os principais para que as empresas obtenham uma boa satisfação em relação a remuneração variável. Sendo:

• Ter indicadores definidos;
• Metas estipuladas;
• Objetivos estratégicos da empresa especificados;
• Regras definidas (tanto de conduta como para pagamentos);
• Reuniões periódicas (para ver resultados alcançados, correções de metas e mesmo objeções da equipe), dentre outros.

Conclusão
É importante que as empresas apliquem algum modelo de remuneração variável (RV) com a sua equipe de colaboradores, sobretudo se for uma empresa de porte médio para grande.
E ainda mais, se a empresa trabalhar com uma equipe de vendas. Seja interna, externa ou de call center ativo.

Claro, também não impede que uma empresa de porte pequeno trabalhe pontualmente com o seu colaborador (ou colaboradores) com uma RV baseada em bônus, podendo explorar datas sazonais de vendas ou mesmo em períodos de baixa demanda.
Ou seja, as remunerações variáveis são um “bom combustível” para as empresas injetarem na sua equipe e propiciar uma motivação extra nos colaboradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome