Tire suas dúvidas sobre o marketing de afiliados

1
98
Tire suas dúvidas sobre o marketing de afiliados
Planilhas Prontas em Excel

Para quem quer empreender é importante conhecer burocracias, contar com várias formas de pagamento, aceitar os cartões de crédito ideais e entender sobre diversos ramos que é possível conquistar mercado.

O marketing de afiliados é uma dessas possibilidades que ganha força com a internet, mas que ainda geram muitas dúvidas. Se você está buscando opções para se aventurar em mais ramos de trabalho, fique por dentro desse formato de marketing!

O que é marketing de afiliados?

O marketing de afiliados é um tipo de marketing que tem o objetivo ampliar os canais de comunicação da marca com o consumidor. Ou seja, uma empresa lança um produto ou serviço e conta com afiliados que divulgam os produtos nas redes.

Planilhas Prontas em Excel

A partir daí, os produtos chegam para diversos públicos e nichos, muito além daqueles que a empresa conseguiria alcançar sozinha.

Esse é um tipo de relação comercial em que os afiliados divulgam em troca de comissões baseadas em diversas métricas.

Apesar de parecer uma novidade graças às redes sociais e influenciadores, esse é um modelo de negócios antigo que surgiu na década de 90 com a Amazon, que disponibilizou esse tive de serviço para quem quisesse divulgar os produtos disponíveis na loja.

O marketing de afiliados conta com três componentes: os produtores, afiliados e clientes. Os produtores ou vendedores são aqueles que querem fazer lançamentos ou divulgar produtos e buscam plataformas para impulsionar suas vendas.

Ao contar com os afiliados eles aumentam sua cartela de clientes, investindo menos em anúncios e mais em pessoas que tem funções de venda.

Já os afiliados são uma espécie de vendedores comissionados, eles são responsáveis por divulgar o produto/serviço, seus benefícios e utilizam estratégias de marketing digital para atingir e converter um bom número de pessoas.

Além de redes sociais, é comum que os afiliados trabalhem com blogs, e-mails e estratégias de marketing e inbound marketing para conquistar leads e torná-los clientes.

Para fechar esse tipo de estratégia, o ponto essencial são os clientes, aqueles que realizam as compras e fazem o ciclo funcionar.

Esse tipo de estratégia trás boas vantagens tanto para produtor quanto para afiliado, como:

Vantagens para afiliado

  • Vendas escaláveis – diferente de lojas físicas, você não precisa abordar pessoa por pessoa para saber sobre seu interesse na compra. Nessa modalidade online várias pessoas são atingidas ao mesmo tempo e é altamente escalável.
  • Rotina flexível – é preciso entender se ser afiliado será sua renda principal ou apenas um complemento. Independente de como será, é possível atuar com mais liberdade de horários e trabalhar de qualquer lugar, desde que tenha acesso à internet.
  • Gera contatos – divulgar produtos e serviços faz com que os afiliados aumentem sua rede de contatos e trabalhem no seu networking, o que pode ajudá-lo para futuras oportunidades.

Vantagens para o produtor

  • Menor investimento – o pagamento para o afiliado é feito por diversas métricas, mas certamente esse investimento de venda é mais barato do que conquistar sozinho pessoas para seu site.
  • Menor esforço de divulgação – claro que o produtor continuará seu trabalho de divulgação, porém, ao ter mais pessoas envolvidas no processo ganha-se tempo nessa tarefa, diminuindo o esforço de divulgação para diversos nichos.
  • Possibilidade de mais vendas – quanto maior a exposição do seu produto, mais chance de vendê-lo, alcançando então o maior objetivo dos empreendedores.

Quais as métricas consideradas para os afiliados?

Existem diversos nomes e formatos de programa de afiliados e eles se diferenciam pelas opções que tem para as empresas e anunciantes quanto à monetização dos anúncios e de seus resultados. Confira algumas das métricas:

CPC – Custo por Clique

Nessa categoria, o afiliado é remunerado por clique, ou seja, quanto mais chamar leads para clicar em seus anúncios, melhor.

Não é preciso que uma venda seja efetivamente realizada, o que vale para a monetização é que os cliques em banners, anúncios e qualquer publicidade para o site venha do afiliado e isso é monitorado por links específicos.  

O maior foco aqui é criar conteúdos chamativos o suficiente que despertem a atenção e o interesse do público para saber mais.

CPA – Custo por Ação

Como o nome diz, nesse tipo de monetização é preciso que o cliente tome alguma ação dentro do site. Não precisa necessariamente se realizar uma compra, pode ser a realização de um cadastro, utilização do chat de dúvidas, envio de e-mail e claro, a compra em si.

Mais do que criar interesse no cliente, aqui é preciso fazer com que ele queira interagir com o conteúdo.

CPV – Custo por Venda

Os programas de afiliados buscam a venda para os clientes, então, o CPV é exatamente isso, a remuneração para os afiliados com base em vendas feitas a partir de sua divulgação.

Nessa modalidade, o afiliado ganha comissão automática pelas vendas que são contabilizadas por códigos ou links.

Essas são apenas algumas modalidades possíveis para comissão no sistema de afiliados. É importante escolher um bom programa, conhecer as formas de ganhar com a divulgação, escolher produtos e canais e produzir materiais para a divulgação.

Seja para trabalhar como vendedor ou afiliado, aproveite que agora você sabe mais sobre esse tipo de marketing e tenha essa estratégia como aliada! 

 

Planilhas Prontas em Excel

1 COMENTÁRIO

  1. Me encanto! Me hizo acordar el momento en el buscaba información sobre este tipo de trabajos y dudaba en ese momento, pero gracias a artículos como este y en especial un webinar gratis, me ayudaron a descubrir y darme cuenta de cómo ganar dinero por Internet y vivir la vida cómoda que siempre quise. Para los que también se sientan perdidos, pueden ver el entrenamiento gratuito aquí, espero que ayude a alguien >> https://bit.ly/webinartipsdeventas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome