3 erros mais comuns cometidos no dropshipping e como evitá-los

0
140
Planilhas Prontas em Excel

Nas mãos certas, o dropshipping pode ser um excelente modelo de vendas. O potencial de vendas é enorme, as entregas estão cada vez mais rápidas e o mercado está se profissionalizando.

E com esse sucesso todo é inevitável que mais e mais pessoas busquem abrir suas próprias lojas. Mas sem a preparação correta, isso pode se tornar um grande pesadelo.

No artigo de hoje nós vamos ver quais são os erros mais comuns cometidos por quem está começando no dropshipping.

O que é o dropshipping e qual é a sua vantagem?

Caso você ainda não conheça muito sobre o dropshipping, aqui vai um breve resumo. O dropshipping é um modelo de e-commerce que consiste em realizar vendas online sem ter um estoque físico do produto.

Ou seja, você vende e o fornecedor já faz o envio direto para a casa do cliente, você se torna praticamente um intermediador desse pedido.

Essa é a grande sacada desse modelo. É possível começar uma loja virtual sem ter que investir um centavo em estoque de produto, isso facilita bastante a entrada nesse mundo do e-commerce.

Outro grande benefício é não ter que lidar com a logística, o que pode ser bem complicado quando você começa a ter dezenas de pedidos diariamente. O seu fornecedor fará tudo isso por você.

Vale a pena fazer dropshipping?

Essa é uma pergunta que aparece bastante em grupos e em alguns vídeos pela internet. Sempre há novos iniciantes querendo saber se ainda vale a pena investir em dropshipping mesmo com a popularização da AliExpress no Brasil.

E sim, vale muito a pena, desde que você faça da maneira correta. O dropshipping é um negócio e deve ser encarado como tal. Não pense que com apenas 1 hora por dia você conseguirá ter uma operação sustentável.

Se você se dedicar e buscar oferecer bons produtos e bons serviços, os resultados definitivamente virão.

Mas quem está começando pode encontrar algumas armadilhas, tome cuidado para não cair nelas. Abaixo seguem alguns exemplos mais comuns.

Erro 1: Não estudar nada sobre o mercado

Você não entraria numa sala de cirurgia, pegaria o bisturi e faria uma cirurgia seguindo sem ter nenhum conhecimento, não é mesmo? O exemplo é bem extremo, mas o princípio é o mesmo.

Assim como em qualquer outro negócio, você precisa estudar bastante e se preparar antes de colocar tudo em prática. Ter uma estratégia definida é essencial.

Recomendamos que você estude e pesquise bastante sobre os seguintes assuntos:

  • Possíveis produtos vencedores
  • Fornecedores
  • Onde criar sua loja de dropshipping
  • Tráfego pago (Facebok e Google Ads, por exemplo)
  • Precificação de produtos
  • Copywriting
  • Criação de anúncios
  • Dropshipping nacional vs dropshipping da China

São vários assuntos, mas são todos igualmente importantes caso você queira evitar grandes problemas.

Esses conteúdos podem ser vistos em sua maioria no YouTube totalmente de graça, mas existem alguns cursos pagos que podem lhe ajudar bastante também, caso você possa investir. E falando em investir…

Erro 2: Não investir o suficiente

Só porque você não precisa adquirir estoque próprio antes de iniciar as operações não quer dizer que não é necessário fazer investimentos.

Um dos seus maiores gastos inicialmente vai ser com tráfego pago, pois esse é o melhor jeito de garantir as suas primeiras vendas. Lembre-se: sua loja ainda será desconhecida e o tráfego orgânico será mínimo. E aqui não existe um máximo, quanto mais você puder gastar em anúncios, melhor.

Fora isso, também há a necessidade de construir seu site. Algumas plataformas oferecem a possibilidade de criar uma loja sem custo, mas ainda assim você precisa investir num domínio próprio e às vezes em hospedagem.

E por falar no site, buscar os serviços de um designer para dar aquela reforçada no visual da sua loja sempre é uma excelente ideia.

Erro 3: Ignorar o atendimento ao cliente

3 erros mais comuns cometidos no dropshipping e como evitá-los 1

Os clientes esperam três coisas ao comprar em uma loja: preço bom, entrega rápida e um bom atendimento. Pela natureza do dropshipping internacional você não vai conseguir entregar os pedidos rapidamente, isso é inevitável, então torna-se necessário compensar o máximo possível nos outros dois aspectos.

Conhece a regra de ouro “Trate os outros como gostaria de ser tratado”?, ela é a chave aqui. Responder às dúvidas dos clientes, atendê-los com gentileza e dependendo do nicho até com uma certa informalidade vai causar uma ótima impressão.

A agilidade também faz toda a diferença. Ninguém gosta de esperar dois dias por uma resposta, portanto, se você tiver condições para contratar alguém exclusivamente para o atendimento, recomendamos.

E ainda há um último benefício, as avaliações orgânicas. Quando um cliente elogia seu atendimento ou sua loja, você pode utilizar isso para sua vantagem, aumentando a confiabilidade da sua loja e conquistando outros clientes que possam estar em dúvidas sobre comprar com você ou não.

Dica extra: Trabalhe na recuperação de boletos

Algo que vejo com bastante frequência são pessoas reclamando dos “boleteiros”. Esse termo surgiu na comunidade de dropshipping e denomina aquelas pessoas que fazem o pedido no boleto sem ter a certeza de que vão pagar.

E muitos iniciantes acabam aceitando e deixando por isso aí mesmo. Esse é um erro gravíssimo. Um boleto não convertido é dinheiro na mesa, cabe a você tentar pegar.

Naturalmente não vai funcionar 100% das vezes, mas mesmo que seja em apenas 7% dos casos, isso já gera um aumento de 7% em suas vendas. Pode ser um processo trabalho caso você faça manualmente, mas vale a pena.

 

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome