3 motivos para fazer um fluxo de caixa pessoal

0
461
3 motivos para começar a fazer um fluxo de caixa pessoal
Planilhas Prontas em Excel

Quando falamos sobre fluxo de caixa, é automático pensarmos em processos burocráticos de uma empresa. Mas você sabia que pode fazer um fluxo de caixa pessoal?

Educação financeira é uma das matérias que deveria ser ensinada na escola. É muito importante você estar atento aos seus gastos diários, isso no fim do mês pode gerar uma boa economia.

3 motivos para fazer um fluxo de caixa pessoal 1

O que é fluxo de caixa pessoal? 

O fluxo de caixa pessoal é uma das maneiras para controlar as suas despesas durante um determinado período ou de forma fixa.

Assim como no meio empresarial, esta atividade é usada para saber quanto você gastou e quanto precisa segurar para passar o mês tranquilo.

O objetivo disso é apurar e projetar seu saldo para gastos futuros, como emergências médicas, por exemplo.

A utilização do fluxo de caixa pessoal pode, e vai, contribuir para um panorama completo e detalhado a respeito da sua situação financeira.

Além disso, a partir dela você consegue até criar uma poupança, que é sempre bem-vinda. 

Use este método como parte da sua educação financeira, afinal de contas, nunca se sabe quando você vai precisar gastar. 

1. Mas como fazer um fluxo de caixa pessoal?

Para fazer um fluxo de caixa pessoal que realmente funcione, você vai precisar organizar algumas questões. A principal delas é o gerenciamento a partir de uma planilha, como se fosse um controle de caixa mesmo.

A partir disso, é importante anotar algumas atividades de movimentação financeira, como:

  • Saídas – Pagamento de contas, como água, luz, internet ou fatura do cartão de crédito;
  • Entradas –  Salário do mês e demais rendas;
  • Resultados periódicos – Quanto foi gasto e quanto sobrou durante o mês ou semana. 

Também é interessante que você faça uma comparação entre o períodos para ver o quanto evoluiu ou regrediu.

Além disso, é legal também anotar informações complementares, como as movimentações e quanto tem de dinheiro no dia.

Veja abaixo mais itens para complementar o seu controle de fluxo de caixa:

  • Saldo do dia – Quanto você tem de dinheiro;
  • Receita – Valor de todo o dinheiro extra que você adquirir;
  • Movimento – Total de entrada/saída de cada movimentação.

Estes são os princípios básicos de um fluxo de caixa pessoal, que pode ser controlado de forma diária ou mensal. Independente de qual modelo escolher, é sempre bom anotar tudo o que você gasta e o que recebe.

Inclusive, é indicado que faça pequenos orçamentos sempre que quiser comprar algo, como se fosse um fluxo de caixa projetado. Assim, conseguirá fazer com que o seu capital renda ainda mais, que é o objetivo de todo mundo. 

3 motivos para fazer um fluxo de caixa pessoal 2
Fluxo de Caixa Pessoal é uma ferramenta poderosa para suas finanças

2. Por que usar um fluxo de caixa pessoal? 

O fluxo de caixa pessoal, quando feito corretamente, pode ajudar você a ter mais dinheiro. 

Já pensou passar o mês todo no azul, sem precisar contar as moedas? Com um bom controle financeiro isso é possível.

Mas esta não é a única vantagem do fluxo de caixa pessoal. É possível ter outros benefícios com ele. Veja abaixo:

  • Saber a quantia de dinheiro que entrou, saiu e  para o que ele foi usado;
  • Poder decidir se manterá o seu orçamento dessa forma ou será melhor aplicar mudanças para adequar a sua realidade financeira;
  • Verificar se o que você gasta cabe dentro da sua realidade financeira;
  • Visualizar o realizado de suas contas;
  • Ter mais planejamento e controle das entradas e saídas de caixa de um determinado período;
  • Auxílio na hora de tomar decisões antecipadas sobre a falta ou sobra do dinheiro.  

Fazendo um fluxo de caixa pessoal, essas essas atividades ficam muito mais claras, sem contar que trarão cada vez mais sucesso!

3. E como eu faço para manter tudo isso em ordem? 

Para manter o seu fluxo de pessoal em ordem será necessário, em primeiro lugar, dedicar tempo. Estabeleça isso na sua rotina, para se tornar um hábito mesmo.

Além disso, será necessário ter atenção com os seguintes itens abaixo: 

  • Disciplina;
  • Anotação de todas as saídas financeiras;
  • Uso de ferramentas;
  • Metas.

O fluxo de caixa pode ser um pouco trabalhoso em um primeiro momento, principalmente se você não costuma controlar suas finanças.

De qualquer maneira, é interessante que começa a dar mais atenção ao seu dinheiro e a maneira como usa ele.

Nunca se sabe quando vai precisar gastar com emergências, então use está ferramenta para garantir um controle  de todos os seus gastos.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome