A importância dos backups na Gestão da Informação

0
60
Pixabay
Planilhas Prontas em Excel

Um dos ativos mais importantes de uma empresa é o material intelectual. Para proteger os
dados, os backups e uma boa gestão da informação são essenciais.

Com tantos dados sendo gerados todos os dias pelas empresas, a Gestão da Informação surge como uma importante ferramenta para proteção de material intelectual. Muitas vezes, uma falha técnica pode causar um prejuízo inestimável em matéria de informação, especialmente quando a organização não entende a importância dos backups.

O backup é um procedimento, automático ou não, que cria uma cópia de qualquer arquivo na nuvem para que, caso você exclua acidentalmente o projeto original ou passe por uma falha de sistema, seja capaz de recuperá-lo.

Para as empresas, uma boa Gestão da Informação serve tanto para proteger os dados de ataques cibernéticos quanto para evitar que registros se percam internamente. Dependendo da estrutura de uma organização, ao excluir um arquivo sem backup, é praticamente impossível obtê-lo de volta. Prever essas situações é fundamental para manter os dados seguros.

A Gestão da Informação em todas as áreas da organização

O primeiro desafio encontrado por aqueles que trabalham na Gestão da Informação é o
entendimento do público de que essa proteção se estende às mais variadas áreas de uma
empresa.

Em outras palavras, significa dizer que a proteção precisa ser feita para as planilhas,  pastas e os documentos oficiais, assim como para as conversas entre profissionais e consumidores.

Um bom exemplo é o backup do WhatsApp, um dos aplicativos mais usados no Brasil para
contactar pessoas. Ao criar uma cópia das conversas, é possível recuperar informações caso algum acidente aconteça ou até transferir WhatsApp Android para iPhone, sendo o app MobileTrans uma ótima opção.

A importância dos backups na Gestão da Informação 1
Imagem Mobile Trans

Neste caso, a equipe da Gestão da Informação pode fazer o backup do WhatsApp Business, por exemplo, conectando o smartphone ao computador enquanto utiliza o MobileTrans, que
apresenta em sua tela o passo a passo para a operação. Dessa forma, se você trocar de equipamento ou precisar resgatar uma conversa, terá uma cópia segura.

Entre as opções de backup mais utilizadas pelas corporações estão a nuvem e o datacenter
interno. Com a nuvem, a empresa paga por um espaço virtual onde pode salvar uma cópia de tudo que é criado, enquanto o datacenter é como um HD externo grande, que a própria
empresa mantém em sua estrutura física.

De fato, é preciso pensar na Gestão da Informação além dos computadores conectados na
rede da empresa, levando em consideração tanto o que se realiza internamente, quanto aquilo que um profissional faz em seu horário de trabalho fora dos muros da empresa.

Afinal, por mais que uma organização tenha uma equipe de trabalho interna, são vários os
profissionais que trabalham de forma remota, com apps como o WhatsApp como ferramenta para operação. Pensar nesses detalhes é o que evita complicações e prejuízos.

Sem proteção, prejuízo digital

Se para uma pessoa ter seus dados roubados já representa um grande problema, quando
falamos do mundo corporativo essa situação escala rapidamente para prejuízos financeiros
consideráveis.

Nos últimos meses, especialmente no período de quarentena em que as empresas adaptaram as atividades para o trabalho remoto, houve um aumento considerável nos ataques feitos por cibercriminosos. De acordo com a Kaspersky, somente no Brasil, tentativas de criminosos virtuais tiveram crescimento de 333% entre os meses de fevereiro e abril.

A importância dos backups na Gestão da Informação 2
Pixabay

Na prática, os crimes virtuais consistem em ataques aos sistemas corporativos, que têm como objetivo sequestrar dados e criptografar a rede interna, impedindo que um profissional consiga acessá-lo para fazer qualquer alteração.

Os criminosos entram em contato com a empresa e pedem uma boa quantia em dinheiro para devolver o sistema, caso contrário, a ameaça é divulgar ou vender os dados na chamada Deep Web. Normalmente, o pagamento é solicitado em Bitcoin, impossibilitando o rastreio dos criminosos.

Além do prejuízo causado por todo esse processo desgastante e um possível pagamento para o resgate das informações, uma empresa pode sofrer um baque ainda maior ao ver projetos tecnológicos divulgados e vendidos para a concorrência. Em tempos em que qualquer inovação é fator de diferenciação, perder projetos é um prejuízo digital que se transforma rapidamente em perda financeira.

A importância dos backups, seja o backup do WhatsApp ou a cópia dos arquivos gerados se faz perceptível em um mundo cada vez mais focado no virtual. Reforçar a estrutura de proteção de dados na Gestão da Informação continua sendo o método mais eficaz contra a perca de material digital.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome