Confira as principais métricas de marketing para mensurar e validar resultados

0
125
Planilhas Prontas em Excel

Para ter êxito com o marketing, é preciso não só elaborar uma boa estratégia, mas também acompanhar o seu desempenho. Por isso, definir métricas é um dos principais passos para o sucesso.

Tão importante quanto traçar um bom plano de marketing é acompanhar os resultados à medida em que ele for sendo colocado em prática. É dessa forma que você poderá avaliar constantemente se suas estratégias estão dando certo e o que precisa ser reajustado. 

As métricas são os fatores que lhe ajudarão a mensurar o desempenho do seu plano de marketing. Assim, você irá garantir que está falando com as pessoas certas e que o seu investimento está sendo bem usado.

Mas, antes de traçar um plano e determinar formas de acompanhá-lo é preciso saber aonde você quer chegar. 

Definido os objetivos

Antes de definir as métricas, é preciso determinar quais são os seus objetivos com o plano de marketing, pois tanto as estratégias quanto às métricas dependerão disso. 

Sendo assim, veja alguns exemplos de objetivos:

  • Aumentar o brand awareness (reconhecimento de marca);
  • Aumentar o engajamento com a marca;
  • Vender mais;
  • Aumentar o life-time value;
  • Educar o mercado.

A partir disso, é possível traçar um caminho mais claro para atingir as metas. 

Afinal, quais são os tipos de métricas?

Existem dois grupos de métricas: as métricas sociais e as métricas de negócio. 

Para acompanhar a sua estratégia você, provavelmente, irá utilizar métricas dos dois grupos. 

Ao longo caminho, você irá perceber algo curioso a respeito delas: quando comparadas, as métricas de cada grupo podem mostrar conclusões diferentes. Isto é, enquanto as métricas sociais mostram números expressivos, as métricas de negócio podem não apresentar resultados tão satisfatórios, e vice versa. 

Para simplificar, pense da seguinte forma:

Você tem bons números de engajamento e seguidores nas redes sociais da sua empresa de convênio odontológico. Entretanto, quando se trata de novas pessoas interessadas por contratar o seu plano odonto empresa as taxas de conversão nas redes são muito baixas. 

Por outro lado, suas redes sociais podem ter uma audiência pequena, mas que garante um bom número de vendas e de captação de novos clientes. 

A seguir, confira alguns tipos de métricas sociais e métricas de negócio.

Principais métricas sociais 

As métricas sociais estão ligadas às estratégias feitas nas redes sociais. Sendo assim, as principais informações analisadas são:

Alcance

É conhecida também como meta base, pois diz respeito à quantidade de pessoas que estão recebendo os conteúdos publicados nas redes. Esse número será baseado no número de seguidores. 

É importante mencionar, no entanto, que o número de seguidores não deve ser usado como métrica principal, pois ter muitos seguidores não significa que todos eles estão recebendo as postagens. 

Engajamento

O engajamento é medido, basicamente, pela soma de curtidas, comentários, compartilhamentos e de quem clica nas postagens no geral ou em postagens determinadas. 

Entretanto, mais uma vez, não considere esse o seu objetivo ou métrica principal, já que tudo isso não significa uma alta taxa de conversões. 

Conversão

Uma conversão é quando os seguidores realizam determinadas ações desejadas pela empresa.  

Essas ações podem ser a venda de produtos, assinatura de formulários, download de ebooks, vistas a sites, ligações telefônicas, entre outros. 

Sendo assim, imagine que você é analista em uma empresa de convênios odontológicos. Você quer aumentar suas vendas e decide fazer um plano de marketing nas redes sociais para divulgar as vantagens de se contratar um plano odontológico. 

Dessa forma, quanto mais pessoas, vindas das redes, procurarem por plano de saúde odontológico e fecharem negócio com você, mais conversões elas te renderam. 

Tráfego

De forma geral, o tráfego te mostra quantas pessoas chegaram ao seu blog ou site por meio das redes sociais. 

Principais métricas de negócio

As métricas de negócio irão exigir mais do seu tempo para a análise de resultados, uma vez que os objetivos de uma estratégia de marketing estão sempre ligados à aumento de vendas e captação de clientes. 

ROI

ROI é a sigla para o termo em inglês “Return over Investiment” ou “Retorno sobre Investimento”. 

Por meio de uma conta básica, você irá calcular quanto dinheiro você ganhou ou perdeu com investimentos, inclusive com estratégias de marketing. 

Sendo assim, você irá descobrir se suas estratégias estão gerando lucro ou prejuízo. 

Para calcular o ROI use a seguinte fórmula:

ROI=(RECEITA – CUSTO) X 100

CAC

O CAC é a métrica que irá mostrar o Custo de Aquisição de Clientes, ou seja, o investimento médio feito para conquistar cada cliente. Essa métrica é trabalhada, principalmente, pelas áreas de marketing e vendas. 

O cálculo do CAC irá considerar os investimentos e os novos clientes adquiridos em um mesmo período. Geralmente, essa métrica é calculada mês a mês. 

A fórmula usada para calcular o CAC é:

CAC = (investimento em marketing + investimento em vendas) / números de novos clientes

Vale mencionar que salários, comissões e infraestruturas usadas para a conversão também precisam estar incluídas nos valores de investimentos. 

NPS

A Net Promoter Score, ou NPS, é a métrica usada para medir a satisfação dos clientes com o atendimento, serviços ou produtos da empresa. 

Essa avaliação é feita por meio das respostas à pergunta “Em uma escala de 0 a 10, o quanto você indicaria nossa empresa para um amigo?”. 

Essa é uma forma simples e eficiente de medir a satisfação dos clientes. 

Para calcular o NPS basta fazer a seguinte conta:

NPS = %clientes satisfeitos – %clientes insatisfeitos 

Outras métricas importantes no marketing

Existe uma infinidade de métricas que você pode utilizar na sua estratégia de marketing, por isso, é impossível colocar todas elas nesse conteúdo. Abaixo listamos mais algumas

  • Leads por canal;
  • CPC (Custo por clique);
  • Taxa de abertura de email;
  • LTV (Valor do Ciclo de Vida do Cliente);
  • Churn;
  • Entre outros.

Lembre-se que nenhuma estratégia nasce perfeita, ela vai se aperfeiçoando ao longo do caminho. Essa mesma lógica vale para a escolha de métricas, não hesite em mudar quando for necessário. 

Texto produzido por Estela Lima, redatora da empresa Ideal Odonto. 

 

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome