Construindo um novo EU em 6 etapas

0
126
graphite-670990_1920

Desanimado com seu trabalho? Parece que as coisas estagnaram e você já não tem prazer nenhum com o que está fazendo ou vivendo? Vamos ver no dia a dia o que está emperrando o sucesso?

Construindo um novo EU.

Brincar de faz de conta

Você já percebeu que uma criança não tem barreiras? Podem ser super-heróis, bombeiros, policiais, cantores, o que a imaginação permitir. Em que parte da nossa vida perdemos a capacidade de sonhar? Sem sonhos, nada se realiza.

Mas sempre é tempo de mudar a realidade. Vamos lá?

Escolha um momento tranquilo, um que você esteja sozinho (a) e em silêncio. Agora coloque no papel todos os seus sonhos e planos, por mais impossíveis que possam parecer. Mas tudo, tudo mesmo, sem censura.

Agora leia em voz alta e preste atenção nos seus sentimentos. Alegria? Felicidade? Lembre-se a censura fica de fora!

Tudo o que passar sensações boas, são sonhos a serem realizados, então está na hora de trabalhar suas atitudes para isso. Ninguém realiza sonhos sem caminhar na direção deles.

Comece a viver seus sonhos, como se eles já estivessem realizados

Se o sonho é viajar para Paris busque na Internet lugares para visitar, restaurantes, museus, comidas típicas, enfim, tudo como se estivesse fazendo o roteiro de sua viagem. Agora ande por sua cidade como se estivesse lá, busque semelhanças nos lugares, comidas, museus, estude a língua. Traga Paris para bem perto de você, e as oportunidades vão se abrir.

Se o sonho é um novo amor, primeiro acabe com o relacionamento anterior, você não precisa de bengalas. Como você teria que ser para essa pessoa sonhada se interessar em viver a seu lado? Mãos à obra.

Agora se o sonho é um trabalho mais criativo, com melhor remuneração entre outras coisas. O que é necessário para você conseguir? Melhor capacitação, línguas, raciocínio mais rápido?

Em todos os casos, mudanças são necessárias, afinal estamos criando um novo EU. Mas quando se tem um sonho, tudo fica muito mais fácil e acessível.

Vamos a um roteiro básico de mudanças?  Lembrando: como seu novo EU enxerga cada uma das coisas que você faz?

  1. Fazer um cronograma ao acordar:

Acorde cedo, espreguice como um gato. Os felinos são sábios, ao espreguiçar alongam todo o corpo e preparam o organismo para as atividades diárias.

Um banho revigorante e um café da manhã tranquilo e gostoso: fruta é melhor do que suco por causa das fibras que fazem seu intestino trabalhar melhor. Intestino feliz, bom humor na certa. Afinal ninguém aguenta uma pessoa que vive enfezada, não é?

Café fresquinho, se gosta de leite escolha o fresco, que fica na geladeira do supermercado ou padaria, leite longa vida não tem nada de bom. Um pãozinho com manteiga, se tiver um queijinho aproveite! (Prefira o pão da padaria, fuja dos pães industrializados). Despreze os embutidos, dentro deles tem um monte de ingredientes que fazem mal à sua saúde. (Deve ser por isso que eles se chamam ‘embutidos”!!!)

  1. Organize seu dia!

Defina como será seu dia, foco nos objetivos. Analise suas tarefas, veja qual a melhor forma de as realizar e dê preferência para sair da zona de conforto, tente fazer algo que sempre fez, de um jeito diferente. Isso estimula sua criatividade.

  1. Pratique um exercício

Pode ser na academia, mas uma caminhada também é válida. Busque novos caminhos, diferentes do que costuma fazer, você não acreditaria na quantidade de boas ideias que aparecem enquanto estamos apenas caminhando, olhando as ruas e as pessoas.

Não consegue fazer exercício agora, tire 10 minutinhos para meditar, nada de complicado, apenas foque na sua respiração. Saem coisas ruins e entram energias positivas. Só isso já provoca mudanças no seu interior e na forma de ver as coisas.

  1. Coloque um sorriso no rosto.

Nem sempre trabalhamos com pessoas agradáveis, o melhor antídoto é um sorriso e um bom dia. Agora preste atenção no que te incomoda nessas pessoas, na maioria das vezes é o que precisamos mudar em nós mesmos. Continue focado nos seus objetivos, não perca tempo com comentários ou pensamentos negativos. Siga em frente!

  1. Hora do almoço.

Mudanças pedem mais energia e um organismo mais saudável, não é? Priorize as verduras, legumes e frutas, deixe as besteirinhas para o final de semana. Outra coisa: com quem e onde você se alimenta? São pessoas e lugares legais, que acrescentam?

Lembra que é importante fazer as coisas de forma diferente? Então descubra novos restaurantes, novas companhias para o almoço, experimente novos sabores.

  1. Agora que sua mente está focada e o corpo bem alimentado, que tal acabar com as tranqueiras e tarefas que nunca terminam?

Limpe sua mesa e gavetas. O que você usa realmente, o que você está guardando para quem sabe um dia …?

Veja sua agenda, o que você tem adiado, adiado? O que é realmente importante para essa NOVA PESSOA que você quer ser?

Aliás isso é muito bom para fazer em casa também. Promova um fim de semana de “Destranqueiramentos”. Está chegando o fim do ano, época boa para jogar fora ou doar tudo o que nos atrapalha e prende.

Um lembrete: muitas vezes anotamos coisas que devemos fazer, mas na verdade não queremos fazer, por isso adiamos. Se não quer fazer, retire da sua agenda sem remorsos. Se não puder esquecer o assunto enfrente de uma vez por todas e resolva. Vai sair um peso de suas costas.

E aquilo que queremos muito, mas achamos que não é hora? Quer um exemplo? Preciso aprender inglês, mas é caro, não tenho tempo, etc… etc…

Na internet temos cursos de línguas gratuitos que podem ser feitos em casa, na última meia hora do seu almoço ou na saída do trabalho. Às vezes, ficamos presos no trânsito porque saímos em determinado horário, saia meia hora depois e aproveite melhor o seu tempo estudando. E tenha em mente, é melhor estudar meia hora por dia do que esperar um tempo que nunca chega. E isso vale para a academia, o curso de dança e muitas outras atividades que postergamos a vida toda.

Sempre que desanimar, chame de volta o seu NOVO EU, ele tem a força necessária para reanimar e colocar você no caminho da realização. Alimente sua Vida de VIDA.

Nadia Cozzi – Consciência na Alimentação e Desenvolvimento Humano

Pesquisadora, Consultora, Culinarista e Blogueira.     

Blogs:

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo começar a implantar a Governança de TI em 5 passos
Próximo artigoComo montar uma Oficina de Bicicleta
Nadia Cozzi
Fundadora do Instituto Pedro Cozzi – Espaço DAR VIDA e do Grupo CoCriação Alimentação e Sustentabilidade. Publicitária de formação, há mais de 20 anos se dedica à pesquisa e ao desenvolvimento dos conceitos da Consciência na Alimentação e Desenvolvimento Humano, tendo como base os alimentos orgânicos. Destaca os impactos dos alimentos na saúde das pessoas e no Meio Ambiente. Escreve nos Blogs Alimento Puro, BioCulinária e Instituto Pedro Cozzi - Espaço DAR VIDA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome