Mapeamento de Negócios Sociais no Brasil [Infográficos]

21
2327

Muita gente (principalmente a galera mais envolvida com empreendedorismo e negócios sociais) já conhece o mapeamento do campo de negócios sociais no Brasil, que foi desenvolvido pelo ANDE Polo Brasil, Potencia Ventures, Avina e Plano CDE e identificou 140 negócios sociais/inclusivos (e foi conhecer 50 deles mais a fundo). A gente resolveu fazer um infográfico da parte da pesquisa aprofundada com as 50 empresas para que as informações ficassem simples e práticas de serem espalhadas! Então aproveita o código fonte que está no final desse post e pode colocar ele no seu blog ou site!

A gente sabe que é muita informação, mas as que mais chamaram a nossa atenção foram:

01. A base da pirâmide não faz parte desse cenário empreendedor (78% dos entrevistados possuem ensino superior ou pós e sabemos que essa não é a realidade de nossas comunidades);

02. Ainda são oferecidos muito poucos serviços para a base da pirâmide relacionados a arte e cultura, educação, tecnologia e saúde;

03. 96% dos entrevistados começaram seus negócios com o objetivo de gerar impacto social, mas apenas metade dos entrevistados mensura seu impacto social;

04. Empreendimentos analisados se propõe a atingir (pelo menos seus beneficiários se enquadram) a base da pirâmide;

05. Foco é vender produtos para pessoas físicas ou para empresas (bem legal ver que elas não estão dependendo de doações ou do governo);

E o que pode ser feito a partir de cada uma dessas conclusões:

 

01. Desenvolvimento de iniciativas que promovam o empreendedorismo dentro de comunidades. Gosto muito da pegada da Aliança Empreendedora. Já a Dharma Comunicação e da Agência de Redes são iniciativas maravilhosas, mas que ainda possuem  grandes desafios para se consolidarem cada vez mais como negócios sociais;

02. Se estamos entrando em um mundo cada vez mais digital, nada mais justo que proporcionar inclusão digital para a base da pirâmide (sei que já temos o RecodeCDI Lan e algumas outras, mas o cenário ainda é muito incipiente). Isso porque nem comentei da falta de oportunidades culturais e artísticas, bem como negócios voltados para a saúde;

03. Cada vez mais é importante a adoção de indicadores e, para quem está na dúvida, eu indico os indicadores IRIS. Para quem tem visão, existe uma oportunidade legal na área de mensuração de resultados de iniciativas que geram impacto social (afinal de contas, o que não falta são investidores interessados em colocar grana em oportunidades maneiras e que estejam dando resultado comprovadamente);

04. É muito maneiro ver essa explosão de negócios e empreendedores com um propósito e querendo fazer a diferença no mundo. Sou apaixonado pelo movimento e fico muito feliz de ver que essa mudança de paradigma está acontecendo;

05. Não podemos esquecer que na falta de um governo que consiga atender nossas necessidades, presenciamos a expansão massiva de ONGs e, pelo menos na minha humilde opinião, é importantíssimo criar empreendimentos que não sejam dependentes de uma grande empresa ou de editais do governo (estamos cansados de ver o apoio acabando no minuto em que a grande empresa ou o governo enfrentam problemas);

Não esqueça, se quiser usar esse infográfico no seu blog ou site, é só copiar o código fonte!

[embed_link img=”http://blog.luz.vc/wp-content/uploads/2012/05/Infografico-Negocios-Sociais.png” link=”http://blog.luz.vc/wp-content/uploads/2012/05/Infografico-Negocios-Sociais.png” title=”Mapeamento de Negócios Sociais no Brasil”]

21 COMENTÁRIOS

  1. Oi Henrique! Muito legal saber que você gostou do post! É um prazer e uma honra ver o infográfico que desenvolvemos a partir do mapeamento de negócios sociaislá no blog do Hub. Pode contar comigo para o que precisar, grande abraço!

  2. Oi Grisel,

    com certeza esse tipo de informação ajuda e ficamos felizes de ter ajudado! Muito legal saber que você gosta da economia criativa. Adoramos esse setor, inclusive trabalhamos com a Incubadora Rio Criativo no ano passado.

    Se pudermos ajudar é só falar. Grande abraço e muito obrigado pela participação aqui no blog.

  3. Adorei, a gente precisa muita info boa pra poder desenvolver um projeto de economia creativa de base sólida…muito obrigada por o seu acompanhamento!

  4. Olá! Eu já conhecia a pesquisa e achei bem legal esse infográfico. Sou do Instituto Prosseguindo e estamos lançando um curso de empreendedorismo social com foco na criação de negócios sociais. Você tem interesse em participar desta iniciativa?

  5. Estou encantada. Há muito atuo como voluntária e como advogada ná área de Direitos Humanos e Elaboraão e Gerenciamento de Projetos Sociais. È triste depender de recursos publicos, mais triste ainda é não poder aumentar o número de pessoas que necessitam. Penso extaamente como vocês, NEGÓCIOS SOCIAIS vão solucionar nossas duas dificuldades maiores que são: manter voluntário compromissado por longo prazo e recursos financeiros para garantir a continuidade dos serviços. Havendo lucratividade todos ganham, os investidores, empreendedores e a sociedade.Quero exercer advocacia voltada para esta área, podem me manter informados sobre tudo?

  6. Oi Alzira,

    Excelente saber da sua predisposição e vontade de atuar no campo dos negócios sociais. Pode deixar que sempre que possível te manteremos informada. Para não deixar passar nada recomendo assinar nossa newsletter e acompanhar nossa fanpage no Facebook.

    Por hora temos uma palestra a distância de negócios sociais – http://www.lojadeconsultoria.com.br/loja/palestra-a-distancia-iniciativas-ligadas-a-educacao.html

    Grande abraço!!!

  7. Olá,

    Muito legal o levantamento. Estou participando de uma projeto de extensão na UFF sobre o tema e o dados serão de grande utilidade. Uma dúvida, quando foi feita esta pesquisa?

    abs

  8. Olá, gostaria de saber onde obter a lista de negócios sociais distribuídos no Brasil.
    Estou iniciando uma pesquisa, e estes dados me ajudarão bastante.

    Desde já agradeço.

  9. Oi Carolina,

    infelizmente a gente carece de um banco de dados com esses negócios. Eu estou começando a fazer uma lista em um site meu (sustentabilidade.vc) que já pode te dar uma ajudada. Mas a verdade mesmo é que hoje você só consegue essa lista se for catando de vários diretórios diferentes…

    Se quiser ajudar com os que você já encontrou, adoraria receber dicas (eu mesmo tenho uma lista grande de negócios que ainda não cadastrei por lá)

    Abraços

  10. Obrigada Rafael!
    Eu inicie minha pesquisa a pouco tempo, quando eu reunir um bom material posso lhe enviar.
    Qualquer coisa me mande um e-mail.
    Abs

  11. O tema é muito pertinente, estou conhecendo e já me apaixonei, estou engajado em um projeto que versa o tema, gostei da interação do pessoal, vou precisar muito do compartilhamento de conteúdos, forte abraço companheiros e parabéns pelos trabalhos já desenvolvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome