Início Tendências Marketing pós-pandemia: como se planejar para ter destaque com o seu negócio

Marketing pós-pandemia: como se planejar para ter destaque com o seu negócio

0
137

Você já começou a pensar em sua estratégia de marketing pós-pandemia? Se ainda não considerou como organizar a sua publicidade ao redor da situação do novo coronavírus, então precisa começar a pensar nisso ao lado da sua agência de marketing.

Atualmente, o mercado inteiro sofreu muitas alterações por causa da pandemia do novo coronavírus. Estamos falando de um cenário em que o e-commerce deve explodir em faturamento e quem não tem presença online ficará para trás.

Basta ver como 600 mil empresas já fecharam as portas por causa da pandemia e muitas outras podem seguir o caminho se não souberem se adaptar. Você quer aprender como trabalhar o marketing pós-pandemia? Então siga a leitura do artigo abaixo!

O conteúdo relevante será essencial no marketing pós-pandemia

O marketing de conteúdo sofreu um baque considerável no início da pandemia. Afinal, as empresas se viram em uma situação de risco e cortaram todos os gastos que não trazem retorno imediato. No entanto, esse foi um erro sério, com possíveis consequências no longo prazo.

Isso porque o Google não deixará de ser o maior buscador do planeta. Pelo contrário, ele seguirá sendo muito usado e os consumidores continuarão necessitando de bons conteúdos.

- Texto após a publicidade -

Por isso, será essencial produzir conteúdo relevante que ajude o consumidor a se reorganizar dentro de um mercado que parece irreconhecível. Além disso, o conteúdo ajudará a aumentar a autoridade da empresa, o que será um diferencial vital na concorrência pelo tráfego orgânico.

Marketing pós-pandemia: como se planejar para ter destaque com o seu negócio 1

O Marketing pós-pandemia precisará levar para pontos de conversão digitais

Uma mudança considerável que o marketing pós-pandemia apresenta não é necessariamente na publicidade, mas sim naquele setor em que ela se confunde com as vendas: a conversão. Antigamente, o marketing se preocupava apenas em gerar leads e entregá-los para os vendedores. No entanto, isso já começou a mudar nos meses pré-pandemia.

Agora que a pandemia chegou, então, a necessidade de converter o lead em cliente no digital aumentou exponencialmente. Portanto, as empresas precisarão de pontos de conversão de qualidade, capazes de permitir que o cliente compre mas sem precisar sair de casa.

Uma das maneiras de fazer isso é pelo WhatsApp. O aplicativo tem muitas vantagens para ser usado como ponto de conversão no pós-pandemia. Veja algumas delas a seguir:

As microexperiências serão mais importantes no pós-pandemia

O Google ressaltou há alguns anos o surgimento dos micromomentos na tomada de decisões dos consumidores. Basicamente, são pequenos momentos em que a pessoa faz uma busca rápida pronta para fazer uma compra. Por exemplo, quando ela busca por “pizzaria perto de mim” para poder fazer um pedido imediato.

Esses micromomentos, que duram 5 minutos ou menos, são microjornadas de compras que a empresa precisa se adaptar para aproveitá-la. Agora com o pós-pandemia, isso provavelmente se tornará ainda mais comum.

Uma das razões disso é que as pessoas estão mais tempo no celular e estão mais acostumadas a fazer compras online. A pandemia levou todo mundo a migrar praticamente todas as suas compras para o digital. Por isso, será muito mais necessário ter estratégias montadas para os micromomentos do que antes.

A fidelização de clientes será uma das maiores preocupações

Fidelizar um cliente já é uma das maiores preocupações de uma empresa hoje em dia. Ou deveria ser, no mínimo. Afinal, o custo para ter um cliente novo é muito maior do que o de manter um antigo.

Sendo assim, o trabalho de fidelizar um cliente tem excelente ROI. Afinal, uma vez fidelizado aquele consumidor voltará para novas compras com frequência.

Entretanto, não são todas as empresas ou agências de marketing que trabalham com estratégias de fidelização de clientes. O resultado disso é que as empresas passam a gastar muito mais do que deveriam com publicidade e sofrem com uma margem de lucro pequena.

No pós-pandemia, entretanto, não haverá margens para perder lucro assim. Portanto, será essencial trabalhar em conservar o máximo de clientes possível e, só então, pensar em captar novos.

Os chatbots se tornarão ainda mais comuns

Se você interagiu com alguma empresa nas redes sociais recentemente, especialmente por inbox, é possível que tenha falado com um atendente humano. No entanto, há uma pequena chance de ter falado com um chatbot.

Eles estão começando a se popularizar e, com a pandemia, podem ter encontrado a chance para assumir o mercado de atendimento. Com eles, é possível lidar com a demanda maior de atendimento dos clientes pré e pós-venda, pois seu atendimento funcionará 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Além disso, os chatbots são mais eficientes em lidar com as demandas do público, o que é uma ótima notícia para os empreendedores.

E aí, aprendeu como usar o marketing pós-pandemia? Será necessário investir pesado em publicidade para alavancar a recuperação econômica no seu setor.

Conte pra gente nos comentários abaixo como você começou a se preparar para isso!

- Texto após a publicidade -

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome