`Storytelling` _ mas que história é essa?

  5 Comentários   Tendências  
Compartilhe com amigos:

Um bom dia a todos os queridos leitores de nosso blog. Nas férias da coluna `Buying Persona`, traremos novos temas para ampliar nossos debates sobre marketing. Começaremos por este assunto que já se ratificou como uma grande tendência entre pequenas e grandes marcas, o `Storytelling`. Mas que história é essa?

 

 

Simplificando bastante, Storytelling nada mais é do que a prática de contar histórias. E trazendo para o campo mercadológico, já que nenhum produto ou serviço quer ser somente sua funcionalidade, é comum que as empresas fortaleçam suas imagens contando histórias interessantes, gerando um contorno de curiosidade e conteúdo para os seus portfólios.

[newsletter titulo = ‘Assine nossa newsletter’ texto =’Receba ferramentas de gestão gratuitas toda semana!’ desconto =’10%’]

Storytelling tem pontos de contato com o goodwill (credibilidade), tradição, naming, branding, marketing de conteúdo e uma série de outros subtópicos do marketing. Através de exemplos, ao longo das próximas semanas, abordaremos todos esses temas.

 

//////////////////////////////

 

Aqui  no Brasil, temos alguns casos de empresas que tem feito belos trabalhos de Storytelling. Dois breves exemplos:

 

Diletto _ Uma nova marca nacional de picolés premium. É vendida em varejos exclusivos e o produto não sai por menos de R$8,00. Mais do que um posicionamento de produto de alta qualidade, a Diletto baseia sua estratégia também sobre a força do Storytelling. Vale a pena entrar no website da empresa e conhecer a saga do Vovô Vittorio, que fabricava picolés com frutas e neve na Itália… e que depois migrou para o Brasil… e depois teve suas receitas encontradas pelos netos, responsáveis pela reedição do produto. A história é longa e envolvente, fazendo com que o picolé ganhe valor e mercado. Agora a marca já se prepara para a fase de exportação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Granado _ Nos últimos anos, a marca tem resgatado muito de sua história. E, claro, conta muita dessa história através de todos os seus canais. Se há poucos anos associávamos a marca somente ao polvilho anti-séptico, agora conhecemos um portfólio gigantesco, onde toda a identidade visual remete à tradição da marca. O mesmo tem sido feito com as lojas oficiais da Granado, todas agora ambientadas como farmácias antigas. Todo o universo da marca agora fala da tradição de existir desde 1870, de suas “pharmácias”, de produtos que nossos avôs e os pais deles já usavam.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você tem histórias, por que não contá-las? E mesmo que não tenha, por que não inventar boas? Veremos como na próxima terça-feira, com três novos exemplos.

 

p.s.1: Se você gosta do tema, não deixe de acompanhar também o blog dos Alquimistas.

 

p.s.2: Falando sobre a arte de contar histórias, dica para o final de semana é assistir o lindo `Peixe Grande`.

 

p.s.3: Confesso que me segurei muito para não desenhar uma buying persona de Miss Universo. Deixo aqui um beijo para a simpática e belíssima Miss Leila Lopes. Parabéns.

[newsletter titulo = ‘Assine nossa newsletter’ texto =’Receba ferramentas de gestão gratuitas toda semana!’ desconto =’10%’]

Compartilhe com amigos:

Inscreva-se e receba o conteúdo semanal
que realmente importa

Experimente! É grátis e, se não gostar, basta cancelar o envio com 1 clique.
 

Deixe seu comentário aqui

  • Guilherme Lito

    Querido Velho,

    Mais um post para entrar na memória! Esse ficou bem legal e é incrível como é uma tendência cada vez mais forte.

    Leitores, comecem a contar uma boa história da sua marca/produto agora se não depois vão reclamar que o concorrente “está falando umas baboseiras por aí” que está vendendo!

    Abs e até amanhã. O post vem quebrando!

  • Daniel Pereira

    O case do Diletto é demais! E é impressionante como a mídia replicou essa hsitória de tudo quanto é forma!

  • Aline Cantarelli

    Sensacional o post! Parabéns, Velho. Realmente, o tema é super pertinente e atual.

  • Mabel Benitez

    Participei de uma oficina de storytelling na HUB Escola de inverno 2011 com a Carol Misorelli e fiquei encantada como tema. Que bom poder conhece um pouco mais aqui no blog de vocês, que é maravilhoso. Parabéns!!!

  • Ótimo post! Mas gostaria de fazer alguns comentários: cuidado para não confundir histórico com história.

    Tão importante quanto uma boa história, é uma história bem narrada. Digo isso a partir da experiência que adquiri como storyteller corporativo nos últimos 5 anos.

    Aliás, nem só de memórias vive o storytelling. Há outras possibilidades além de contar uma trajetória de marca.

    Para aprofundar mais sobre o assunto, recomendo o blog http://www.storytellers.com.br, pioneiro no assunto no Brasil.

    Saudações!

Buscar no Blog LUZ

Digite abaixo…

×
Receba a sua dose semanal de conhecimento grátis
×
[optin_monster_id]
[optin_monster_id]
[email]
[email]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]
[opt_in]