Conheça técnicas de link building que vão ajudar no seu posicionamento orgânico

1
412
link building
Corporate connected link perforated paper
Planilhas Prontas em Excel

Hoje em dia, já não é possível conseguir atingir ranqueamento, relevância e um maior engajamento nos grandes motores de busca sem uma boa estratégia de link building.

Mesmo assim, ainda tem muita gente que não sabe exatamente como essa estratégia funciona, ou mesmo que duvida da eficiência, seja dessa técnica em si ou do marketing digital e dos buscadores como um todo.

A verdade é que os motores de busca como Google, Bing e Yahoo (os mais utilizados no Brasil), tornaram-se imprescindíveis para qualquer ação de marketing na internet.

Hoje, um dos primeiros movimentos do seu cliente em potencial, que procura soluções que podem ir desde transporte de máquinas pesadas até pedir o almoço, é abrir um buscador e jogar essas palavras-chave lá.

Se você sai bem ranqueado no momento das buscas, seu resultado comercial será bem maior. Daí a importância do link building e de você compreendê-lo melhor, tal como será explicado adiante.

O que exatamente é o link building?

Quando um cliente em potencial faz uma pesquisa nos grandes motores de busca, tal como exemplificado acima, o que determina quais páginas devem aparecer com destaque são os algoritmos dessas plataformas.

Trata-se das diretrizes predefinidas, que se tornam verdadeiros filtros que vão decidir qual a relevância de sua página para aquele tipo de pesquisa.

Fazer o SEO (Search Engine Optimization) consiste em cumprir com esses requisitos. É a famosa Otimização para Buscadores, que é o esforço de conseguir boa colocação de modo orgânico, sem pagar diretamente por isso.

A maior exigência é a da originalidade. Claro, se uma pessoa busca por placa vibratória, que é um compactador de solos utilizado na área de construção civil, ela não vai querer ler as mesmas explicações, copiadas e coladas em várias páginas.

Tão importante quanto a originalidade é a relevância, que é onde entra o link building. Do inglês, esse termo significa “construção de link”, e consiste nos backlinks, que ocorre quando outros sites linkam para os seus conteúdos, aumentando sua autoridade.

Após entender parece óbvio, não é mesmo? Os conteúdos que são mais citados por outros sites certamente são os mais relevantes.

Planejamento de palavras-chave

Em todo empreendimento corporativo um dos primeiros passos é estudar os cases de sucesso e conhecer melhor a própria concorrência. No caso do marketing digital e do link building não é diferente.

Pesquise todos os sites das marcas que vão concorrer ou já concorrem com você, com vistas a perceber como elas trabalham a linkagem das principais palavras-chave. Para saber o quanto os outros fazem link para ela, use sites próprios para isso.

Esses sites mapeiam a internet para mostrar a rede que cada conteúdo cria em torno dele, e assim você consegue mensurar e rastrear, por exemplo, o SEO de uma palavra como rótulos adesivos personalizados.

Quando você for trabalhar essa palavra-chave, terá subsídio suficiente para começar em outro nível, e não de modo amador ou descontextualizado. Após entender seu mercado, concorrência e panorama, você pode estudar uma palavra-chave por vez.

Para ajudá-lo nisso há vários sites que fazem o serviço de keyword research, que são os planejadores de palavras-chave.

Essa é a base para toda estratégia de link building, já que você jamais atingiria bons resultados se não soubesse em quais palavras concentrar os seus esforços.

Guest post, co-marketing e networking

Assim como a essência de todo SEO ainda é a geração de conteúdos originais, relevantes e gratuitos em blogs, a essência do link building é o guest post, que nada mais é que a troca de conteúdos entre dois blogs de marcas diferentes.

O céu é o limite. Se você trabalha com catraca para academia, pode trocar conteúdo com a indústria que faz o material da catraca, ou com empresas que fazem manutenção nesse produto, ou com outras academias, e daí em diante.

Uma versão mais comercial da participação em conteúdos é a do co-marketing, que consiste em gerar materiais em parceria com outras marcas, podendo ser:

  • E-books;
  • Materiais de vlogs;
  • Infográficos;
  • Materiais de newsletters;
  • Webinars;
  • Entre outros.

Esses conteúdos devem ter chamadas para o seu site, e isso vai gerar backlinks extremamente espontâneos e relevantes, aumentando organicamente o engajamento do seu público.

Considere, porém, que a maior dica da área pode estar fora da internet: o networking. É fundamental sair da bolha e fazer contato pessoal com o seu segmento, fortalecendo sua marca, o que certamente vai gerar muito backlink para seu site.

O forte dessas dicas é que elas trazem resultados tanto no curto, quanto no médio e longo prazo, provando como é possível ajudá-lo no seu posicionamento orgânico.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Planilhas Prontas em Excel

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome