Vendas online crescem na quarentena e busca por cupons de desconto dispara

0
555
Vendas online Quarentena
Planilhas Prontas em Excel

Você fez alguma compra online desde que o isolamento social entrou em vigor? A resposta mais provável é sim, uma vez que houve um aumento considerável no comércio virtual nas últimas semanas. Além das vendas online que cresceram na quarentena, a busca por cupons de desconto também disparou, com consumidores cada vez mais atentos para formas de economizar.

A impossibilidade de sair de casa não impactou somente na maneira como compramos, mas também no que consumimos. Muita gente precisou investir em materiais que possibilitassem manter o estilo de vida em casa, seja com itens para trabalho home office ou com produtos para as atividades físicas.

Podemos observar com mais facilidade a mudança no comportamento de compra causado pelo período de quarentena quando segmentamos os números em categorias de compras. De acordo com um estudo realizado pela consultoria Kantar, em parceria com o marketplace Mercado Livre, além das máscaras faciais e álcool em gel, outros produtos tiveram um aumento considerável nas buscas dos consumidores dentro do site.

O estudo, que apontou um aumento de 39% no número de pedidos somente no Mercado Livre, identificou que fones de ouvido e eletrodomésticos cresceram mais de 45% em vendas. Esse aumento se justifica pela adesão ao trabalho home office de centenas de empresas, que fez com que muitos profissionais passassem suas atividades para o ambiente doméstico, adquirindo equipamentos que permitissem melhor desempenho.

A compra de ferramentas também cresceu, cerca de 41%, especialmente em itens para reparos domésticos que, para muita gente, somente com a quarentena foi possível reservar um tempo.

Os cuidados com a saúde não ficam para trás, com 39% de crescimento. Esse quesito diz respeito à diferentes elementos, desde material para prática esportiva em casa até produtos de beleza. Na tabela a seguir é possível observar todos os segmentos e seus números no marketplace.

Produtos destaque de vendas no Mercado Livre na quarentena

Produtos destaque Quarentena

Em busca de novas formas de economizar

Com o isolamento social em todo o mundo, a primeira consequência foi a recessão econômica, que fez com que milhares de profissionais entrassem nas estatísticas de desemprego, impactando principalmente nas pequenas e médias empresas. Assim, enquanto temos a consolidação das vendas online, temos um momento econômico tão delicado que cada Real é importante na hora de manter o orçamento em dia.

Por conta disso, antes de fazer qualquer compra na internet, os consumidores estão mais criteriosos, em busca de novas formas de economizar. Para Thiago Klaumann, CEO do site de cupons de desconto Agora Cupom, “as pessoas precisam comprar, mas estão aprendendo a economizar mais”. Nesse sentido, os vouchers promocionais surgiram como ferramentas úteis, com ofertas que ultrapassam os 50% e permitem que o consumidor consiga poupar dinheiro.

Segundo a base de dados do Agora Cupom, quando comparamos maio com o mesmo período do mês anterior, houve um crescimento de 46% nas buscas por cupons de desconto. Esse número é ainda maior quando utilizamos como parâmetro o mês de março, com aumento de 65% no número dos visitantes da plataforma.

Como um movimento conjunto, à medida que a busca por cupons de desconto aumenta por parte dos consumidores, as ofertas dos lojistas são mais frequentes. Afinal, as marcas perceberam o quanto esse recurso pode ser importante como fator determinante para “fechar negócio”. Quem já comprava com voucher promocional passou a intensificar o uso, e aqueles que não tinham experimentado ainda, descobriram as vantagens dos cupons de desconto.

Novos comportamentos para todos

Para muitas pessoas, o isolamento social permitiu testar novos comportamentos, inclusive no consumo. As compras que antes dependiam de visitas em lojas, passaram a ser realizadas totalmente pela internet. Além da móveis, eletrônicos e roupas, muita gente deixou de ir ao supermercado, encomendando alimentos e produtos de limpeza do conforto de suas casas.

Essa mudança de comportamento fez com que os negócios também precisassem se adaptar, com muitos lojistas levando as vendas para o meio digital. Quem já tinha uma plataforma de e-commerce precisou focar seus esforços em questões logísticas, enquanto aqueles que não tinham uma presença online, tiveram que colocar seu produto ou serviço à disposição, seja com um site, uma conta em um marketplace ou com vendas nas redes sociais.

Esses novos comportamentos, tanto para os consumidores quanto para os lojistas, tem grande chance de permanecerem após a pandemia, quando a economia global voltar ao que conhecíamos até então. A praticidade de comprar de casa, sem enfrentar filas e horas no transito, deve ser um fator determinante para manter o consumo online cada vez mais em alta.

Planilhas Prontas em Excel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome