8 mitos que rondam a vida dos consultores

0
152

O mercado de consultoria está crescendo, o que é ótimo! Mas, junto desse crescimento, a gente vê alguns mitos disfarçados de conselhos sendo espalhados por aí.

Esses mitos da consultoria costumam sugerir caminhos aparentemente mais curtos e simples para o sucesso.

Eu mesmo já ouvi muitas vezes as frases listadas a seguir e acredito que você também. 

Até acreditei em algumas delas no início e hoje, com muito mais experiência, percebo que não me levaram a lugar algum.

Veja quais são esses mitos e passe longe!

#1: Qualquer um pode se tornar um consultor

De certa forma, qualquer um pode dizer que é consultor. Porém, isso é bem diferente de se tornar um consultor de verdade.

A gente está falando de uma profissão baseada na capacidade de resolver problemas, entregar resultados e gerar valor para as empresas.

É algo que exige, portanto, muita expertise e habilidades diversas.

Nenhuma empresa quer contratar os serviços de alguém que se diz consultor mas que não tem preparo. 

O que eu quero dizer com isso é: não dá para ter uma consultoria de sucesso sem uma base sólida de conhecimento, além de repertório no nicho em que pretende atuar.

#2: Consultores não são donos de empresa

Tocar um negócio de consultoria próprio é bem diferente de trabalhar para uma grande empresa de consultoria, em que você cuida apenas de partes de um projeto.

Quando você é o dono, nada chega pronto para ser feito.

É preciso correr atrás de clientes e conquistá-los para, aí sim, desenvolver um projeto do zero.

Além de prospectar e entregar o que foi prometido, você precisa montar as propostas, definir preços, cuidar do marketing e de tudo o que envolve a administração de um negócio.

Dessa forma, adotar o mindset de consultor empreendedor é fundamental.

#3: Você pode ser um consultor generalista

Fazer qualquer tipo de projeto para empresas de qualquer nicho de mercado não é uma boa estratégia.

Ser generalista cria uma ilusão de que é mais fácil ampliar o campo de atuação. Só que no final das contas diminui as suas chances de se destacar no mercado.

Afinal, os clientes querem contratar alguém que domine a área em que estão tendo dificuldade. E, do lado do consultor, essa especialização permite alcançar o perfil ideal de cliente.

Caso ainda não saiba bem por qual caminho seguir, assista ao curso “Descubra o seu nicho de atuação e se especialize”. Além de explorar os tipos de nichos e os benefícios de focar em um deles, o curso ajuda você a afunilar os temas e encontrar aquele com o qual você mais se identifica.

#4: Nunca mostre seu lado pessoal

Diante da preocupação constante em passar uma imagem profissional, muitos consultores criam um muro ao redor de si mesmos.

Porém, ser aberto e demonstrar vulnerabilidade é importante, sabia?

É uma postura que mostra que você é humano. E consultoria envolve pessoas, que são atraídas por autenticidade.

Sendo assim, compartilhe suas histórias, desafios e não tenha medo de ser você mesmo. Jamais assuma uma personalidade que não é sua.

No curso “Mentalidade do consultor moderno”, junto do Juliezer Souza, falo um pouco mais sobre isso. Se ainda não viu, vale a pena conferir!

#5: Trabalhe mais para ganhar mais

Dentro da realidade daqueles que trabalham para grandes empresas de consultoria, essa afirmação pode até fazer sentido.

Mas no caso do consultor independente não.

Enquanto dono do seu negócio, você é quem define os valores e como cobrar pelos projetos, certo?

Isso quer dizer que você pode cobrar valores mais altos e usar diferentes estratégias, como a produtização de serviços, terceirização e automatização de tarefas.

Essas são algumas práticas que ajudam a tornar sua consultoria escalável, sem que você precise se matar de trabalhar para ganhar mais.

#6: Quanto mais leads maior o sucesso

Esta não é uma relação direta. Isso porque uma quantidade maior de leads não resolve os seus problemas de marketing.

O que mais importa é a qualidade dos seus leads.

De nada adianta ter uma longa lista de potenciais clientes se você não consegue fechar negócio com a maioria deles.

Antes de colocar energia na geração de leads, você precisa identificar o perfil de cliente ideal, criar uma estratégia de venda e se preparar para conversar com as empresas.

Assim, você não perde tempo. Em vez disso, direciona seus esforços para onde existem chances reais de fechar negócio.

#7: Para se dar bem, é preciso sacrificar tempo com a família e os amigos

Este é um mito que a gente sempre tenta quebrar aqui na Academia do Consultor. Se você está abrindo mão de tudo aquilo que importa na sua vida por conta do trabalho, é sinal de que algo está errado.

É claro que o sucesso de uma consultoria exige dedicação.

Mas um dos motivos pelos quais boa parte dos consultores escolhe abrir o próprio negócio é encontrar o ponto de equilíbrio para ter qualidade de vida.

Quando você passa a usar as estratégias certas, você não precisa deixar tudo de lado ou trabalhar 24 horas por dia.

Ter um estilo de vida que traga liberdade para você fazer o que quer faz parte da construção de um negócio bem-sucedido. É a melhor maneira de gerar impactos positivos na vida dos seus clientes, sem ter que abandonar a sua.

#8: Você pode fazer tudo sozinho

No começo, os consultores geralmente precisam se virar e cuidar de tudo. Mas conforme a consultoria vai crescendo, fazer tudo sozinho se torna impossível.

Afinal, não faz sentido gastar seu tempo com tarefas administrativas e repetitivas em vez de se dedicar às atividades estratégicas.

Isso quer dizer que, uma hora ou outra, você vai precisar aumentar a sua equipe para conseguir focar no crucial, seja por meio da contratação de funcionários ou de freelancers.

Outra prática que funciona bem é a automatização.

A tecnologia pode ser sua grande aliada quando se trata de tarefas repetitivas. Hoje é possível contratar sistemas, aplicativos e softwares por valores bastante acessíveis, além de serem muito práticos de adotar.

A questão é: fazer tudo sozinho não funciona, sobretudo a longo prazo.

Fuja dos mitos da consultoria!

Sempre que alguém te mostrar caminhos que parecem simples demais, desconfie, pois as chances de serem mitos da consultoria são altas.

É por isso que na comunidade da Academia do Consultor a gente faz tanta questão de promover o conhecimento e as trocas de experiências.

A partir do momento em que o consultor entende como o mercado funciona, quais estratégias e práticas dão certo, mitos como esses que comentei aqui caem por terra.

Tem tido dificuldade para se destacar da concorrência? Então assista à live sobre como se posicionar e diferenciar a sua consultoria!