A diferença entre Custos Fixos e Variáveis

5
1541
Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

Para manter um controle apropriado da situação financeira de uma empresa, é muito importante conhecer os principais conceitos relacionados ao gerenciamento do fluxo de caixa. Neste artigo, vamos apresentar as diferenças entre custos fixos e variáveis e o porquê da necessidade de saber distingui-los.

O que são custos fixos

De uma maneira bem simples, podemos definir os custos fixos como aqueles que não sofrem alterações influenciadas pelo volume de produção. Apesar do nome, não se pode afirmar que estes custos – que podem também ser classificados como “custos de estrutura” – jamais estarão sujeitos a qualquer modificação. Um exemplo clássico é o aluguel, que pode sofrer reajustes em determinados momentos e ainda assim continuar pertencendo ao grupo dos custos fixos, já que tais reajustes não estarão relacionados às oscilações na produção da empresa.

Além do aluguel, são também classificados como custos fixos os serviços de vigilância e segurança, gastos com telefonia, limpeza, manutenção e afins.

O que são custos variáveis

Os custos variáveis, por sua vez, estão diretamente ligados à produção da empresa, sofrendo alterações de um período para outro. O melhor exemplo deste tipo de custo vem das matérias-primas: quanto mais se produz, mais material é utilizado e, portanto, maior é o gasto. Ainda que o volume de produção permaneça estável por algum tempo, o custo com esses materiais não será enquadrado como fixo, pelo simples fato de não deixar de estar atrelado à produção.

Outros exemplos de custos variáveis são a mão-de-obra direta, comissões e fretes de venda e insumos diretos.

A Energia Elétrica, embora costumeiramente seja classificada como um custo variável, faz parte de um grupo de gastos que se enquadra nas duas categorias: há a parte variável, que diz respeito à energia consumida na produção, mas há também a parte fixa, relacionada aos setores administrativos da empresa.

Pacote 10 Mais Vendidas

Visualizando a diferença entre custos fixos e variáveis

Para uma melhor compreensão da diferença entre os dois tipos de custos, vamos utilizar um exemplo. Em uma tabela, vamos listar alguns tipos de custos fixos e custos variáveis.

Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

A partir desta primeira tabela, vamos calcular os custos ocorridos durante um trimestre com base na produção deste período, classificando-os de acordo com o tipo. Os custos fixos, no exemplo, são representados pela soma do telefone com a segurança e os variáveis pela mão-de-obra e as comissões de venda (que são, logicamente, multiplicadas pelas unidades produzidas).

Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

Ao observarmos os valores obtidos, podemos perceber facilmente a oscilação dos custos variáveis de acordo com a quantidade de unidades produzidas e como os custos fixos permanecem inalterados mesmo com as mudanças nos números da produção.

Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

Se desejarmos obter o custo unitário de cada produto, como no terceiro quadro, a lógica se inverte: como o custo variável é obtido com base na produção, este permanecerá constante, enquanto o custo fixo unitário sofrerá oscilação. Podemos perceber, observando o mês de maio, que quanto menor a produção, maior será o custo fixo unitário.

A importância da diferença entre custos fixos e variáveis

Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

Saber diferenciar os custos fixos dos variáveis é importante por oferecer subsídios para a definição do preço de venda com base na oscilação dos custos, além de permitir a concepção de estratégias para uma melhoria da rentabilidade. Para aplicar estes e outros conceitos, é fundamental um controle preciso do fluxo de caixa da empresa, com ferramentas confiáveis e eficientes.

Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

Pensando nisso, a LUZ.vc preparou a Planilha de Fluxo de Caixa 3.0, que gera, a partir dos lançamentos efetuados pelo usuário, uma série de gráficos e tabelas que proporcionará uma análise detalhada dos resultados e servirá como base para decisões futuras. Aproveite e conheça nossa planilha.

Saiba a diferença entre custos fixos e variáveis e por que é tão importante conhecê-la

Aproveite para testar o seu conhecimento com o nosso exercício sobre a diferença entre despesas fixas e variáveis:

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo fazer o seu planejamento de carreira
Próximo artigoO que é e como usar o preenchimento relâmpago (flash fill) no excel
Rafael Ávila

Administrador e turismólogo, apaixonado pelas possibilidades que o Excel dá para gestores, empreendedores e estudantes. É sócio diretor da área de planilhas na LUZ – Planilhas Empresariais (luz.vc) e é o responsável pelo desenvolvimento das mais de 150 planilhas com foco empresarial e pessoal comercializadas em seu site. Também ministra os cursos online de Excel (cursos.luz.vc) e gosta de ajudar milhares de planilheiros por meio do Fórum e Blog da LUZ.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome