5 dicas e 1 lei para Empreendedores de primeira viagem

0
4525
LUZ Prime

Empreender está na moda. Se antes era bonito chegar numa festa e falar para os amigos que você trabalha num banco, agora é muito mais “irado” chegar falando “sou sócio de uma empresa chamada X”, mesmo que ninguém saiba que X é esse (e que você não fature nem um tostão!).

Que bom!!! Nosso queridíssimo Daniel Pereira defende que o empreendedorismo é inevitável e eu concordo com ele! Tudo bem, nem todo mundo nasceu para isso, mas quem se deixa levar e sente o gostinho não volta jamais! Ninguém aguenta mais 2, 3 horas de trânsito, um chefe retrógrado, hora pra chegar, hora pra sair, uma empresa pouco dinâmica, não decidir o que vai fazer, quando vai fazer e, mais importante POR QUE vai fazer.

Por lidar no dia a dia com centenas de empreendedores e ver muito do que dá certo e errado, meus amigos acabam me chamando para “tomar chopps” (consultorias gratuitas) quase toda semana quando estão prestes a chutar o balde. Após 200 destes, fora o surgimento de uma barriguinha, também reparei que dia após dia eu dava as mesmas dicas e alertava sobre os mesmos assuntos. O primeiro livro da LUZ surgiu assim, de dicas que sempre dávamos a clientes nas reuniões. Hoje resolvi fazer um post justamente para os candidatos a empreendedores. Portanto se seu filho/amigo/namorado/pai/cachorro quer empreender, esse post foi feito para ele!

Obs: da dica 1 à 5 não há mais ou menos importante, afinal estão todas interligadas, mas a lei reina sobre todas as outras. Sugiro que você realmente a leve a sério.

Lei do empreendedor: Primeiro quem, depois o que

Primeiro quem depois o que

LUZ Prime

Cansamos de ver empreendedores que se encontram num evento/bar/churrasco/faculdade, juntam-se numa dinâmica, acabam mirabolando uma ideia legal e…. se tornam sócios! PERAÊ AMIGO!!!!!

Perae, perae, perae, tá pensando o que?!?!?!

Você vai casar com um/a garoto/a no dia que o conheceu? Tornar-se sócio é muito mais sério do que casar e nós levamos como se fosse uma simples burocracia. Empreendedor, quanto você conhece dos seus sócios? O que eles querem da vida? O que eles querem dessa empresa? O que eles querem de você? Quantas brigas você já teve com essa pessoa? Você conhece a família dela? Sabe de onde ela veio? Sugiro que você decida com quem empreenderá antes, depois decida o que vai fazer, não o oposto!

Dica 1: Não acredite no que você aprendeu até hoje

Empreendedor de primeira viagem - LUZ Geração Empreendedora

Aprendemos na escola que há respostas certas, que todas as informações são dadas para que possamos tomar decisões inteligentes, que tudo está sob nosso controle, é só estudar, estudar e estudar que tudo vai dar certo, certo?

Pois bem, isso não tem nada a ver com empreender. Qualquer decisão importante que você tomar será F*** (desculpem, era realmente necessário) porque a gente não tem nem 1% dos dados que gostaria para decidir. Estudar é legal, mas nada substitui a prática e RARAMENTE tudo é decidido em um dia só (o da prova). No empreendedorismo não há estudar um dia antes da prova, levar cola e se dar bem. É tijolo a tijolo, dia após dia. Portanto esqueça esse blá blá blá determinístico e cartesiano de escolas. Graças a Deus empreender é muito mais legal que isso.

Dica 2: Tudo o que você planejou vai dar errado.

Planejamentos dão errado

Essa é a mais chata de dar, porque a gente olha o (futuro) empreendedor cheio de brilho nos olhos falando de sua ideia genial, de como tudo vai dar certo, de como os contatos dele ajudarão e o mercado no qual ele vai entrar está crescendo, e como seus concorrentes não existem ou são amadores, etc.

Amigo, não tem vida fácil. Quer moleza? Vai roubar. Sim, eu acredito que você é muito inteligente, sim acredito que sua experiência no setor que você quer entrar, que é maior que a minha, vai ajudar, agora entenda que TUDO o que você está falando muito provavelmente vai dar errado. O que não quer dizer que sua ideia é ruim ou que sua empresa vá à falência.

Dica 3: Falhe rápido, falhe cedo

Falhe cedo

Você deve estar reparando, isso tudo é uma cascata né? Você acha que há resposta certa e que estudar e ter ideias mirabolantes será bom para você, aí você planeja e faz projeções futurísticas lindas (afinal quem projeta que sua própria empresa vai à falência?!), o que gera o efeito “não fale mal do meu filho”, e aí, é claro, para seu plano perfeito dar certo é necessário muita preparação, investimento, pesquisas, estudos e etc…. Aí, é claro, você está errado de novo. Hoje não vou botar termos técnicos, porque o negócio aqui é mais filosófico e conceitual, mas acredite em mim, querido empreendedor, há muita gente boa por aí mostrando como fazer seu negócio dar certo ao planejar pouco e testar mais! Empreender nada mais é do que uma série de testes.

Dica 4: Velocidade é uma variável importante

Velocidade empreendedora

Sua maior, e uma das poucas, vantagens sobre empresas já estabelecidas no mercado é que você á uma lanchinha. Você troca de direção rápido, liga e desliga, vem, vai, volta, e corre (ou deveria correr)… muito.

Use a velocidade ao seu favor. Empreendedores trabalham por horas, no máximo dias, não meses ou anos. Está pensando onde sua empresa estará em um ano? Você está perdendo tempo, que é o que há de mais raro! Para de filosofia, tudo está fora do seu controle. Trabalhe com velocidade e veja o que o feedback do mercado te dirá

Dica 5: Ouvir tudo o que seu cliente tem a dizer é comprar uma passagem para a falência

Assinar Contrato - LUZ Geração Empreendedora

Cá entre nós, seu cliente não quer o seu bem, quer o bem dele, concorda? Isso não quer dizer que ele é o bicho papão, nem que você deve, portanto, só querer o seu bem. É só uma realidade. Outra realidade: o seu cliente não sabe o que é bom para você (e muitas vezes não sabe o que é bom para ele!). Escrevi um post sobre isso há um tempo, mas se você está com preguiça de ler, aqui vem o resumo: entenda o que é modelo de negócios, entenda como o seu funciona e foque nele! Naturalmente você dará a atenção correta ao seu cliente.

E aí curtiu? Conhece alguém que precisa dessas dicas? Comente, compartilhe! De novos em novos empreendedores criaremos um mundo radicalmente melhor! 🙂

LUZ Prime