Gestão da Qualidade Total: 7 Ferramentas da Qualidade

0
1516

O que é: A Gestão da Qualidade Total (tradução livre de Total Quality Management, ou simplesmente “TQM”) é uma abordagem holística de sistemas de gestão da qualidade que tem como objetivo não apenas garantir processos e boas práticas de gestão na sua própria empresa, mas também envolver toda a sua cadeia produtiva, em especial, fornecedores e clientes.

Como Implementar:

Todo sistema de gestão da qualidade tem como objetivo criar ferramentas, processos e rotinas que garantam a previsibilidade do resultado final daquele negócio. Em outras palavras, ele quer garantir que ao final do dia, o gestor possa garantir que a sua cadeira está dentro das especificações, que o corte do cabelo seja sempre igual, que os quartos dos hotéis estejam bem arrumados e por assim por diante, de acordo com o negócio.

Como a maioria dos métodos, conceitos e princípios de gestão, a Gestão da Qualidade Total é um termo muito bonito no papel e que toda empresa em sã consciência deveria buscar, mas não são claros os caminhos para se chegar lá.

Por isso, criamos uma planilha de qualidade completa, contendo 7 diferentes ferramentas da qualidade que, ao serem aplicadas de maneira coordenada e harmônica, irão direcionar o seu negócio na obtenção de um sistema de gestão da qualidade total. Abaixo, vou demonstrar cada uma das 7 ferramentas e seus objetivos principais.

As 7 Ferramentas da Qualidade Total

Ferramentas de Planejamento

As 3 primeiras ferramentas que você vai encontrar na planilha de gestão da qualidade completa dizem respeito ao planejamento. Ou seja, vão lhe ajudar a entender a situação atual do seu negócio e analisar suas causas e priorizar as mais importantes de serem tratadas.

1) Matriz G.U.T. (Gravidade, Urgência e Tendência)

A matriz G.U.T vai lhe ajudar a criar um ranking automático dos seus projetos, produtos ou problemas mais importantes a serem tratados. Para cada um deles, você vai preencher o quanto graves, urgentes e a sua tendência e a planilha vai calcular um ranking e lhe informar sua ordem de prioridade.

2) Diagrama de Ishikawa ou Espinha de Peixe

Outra ferramenta clássica da qualidade que está dentro da seção de planejamento é o Diagrama de Ishikawa. Com ela, você poder aprofundar na análise de um determinado problema, enumerando todas as possíveis causas para posteriormente ir testando e resolvendo cada uma delas.

3) Análise de Modos de Falhas e Efeitos

Essa última ferramenta de planejamento, a matriz FMEA, vai lhe ajudar a identificar especificamente falhas no seu processo produtivo e, assim como a Ishikawa e a GUT, você vai conseguir detalhar as causas e pontar para uma priorização automática dos itens mais impactantes para serem resolvidos.

Ferramentas de Execução

Em seguida, a planilha vai lhe oferecer ferramentas para organizar a sua execução dos itens que foram levantados no planejamento de maneira sistêmica e organizada.

4) Plano de Ação 5W2H

Método mais do que consagrado de estrutura para planos de ação. Na planilha, você vai poder puxar cada um dos itens prioritários do planejamento e preencher as informações do 5W (who, where, when, why, what) e os 2H (how, how much).

5) Ciclo PDCA

O Ciclo PDCA não chega a ser uma ferramenta específica da qualidade, mas é uma abordagem universal quando se fala de sistemas de gestão. A planilha de gestão da qualidade completa é estruturada seguindo o ciclo com áreas de Planejamento (como já vimos), Execução (área que estamos), Verificação (área a seguir) e Ação (Uso e Re-uso da planilha em si).

Ferramentas de Verificação e Análise

Seguindo a lógica do PDCA, a planilha possui duas ferramentas distintas para que você analisar as ações que foram tomadas até então e re-avaliar seu planejamento no ciclo constante da melhoria contínua.

6) Análise de Riscos

A primeira ferramenta de verificação da planilha é utilizar o método de análise de riscos William Fine, no qual, para cada risco identificado da execução, você preencherá os fatores: consequência, exposição e probabilidade. Assim, a planilha automaticamente calculará onde está seu maior risco e você poderá planejar medidas preventivas ali mesmo.

7) Diagrama de Pareto

Por fim, você terá o difundido diagrama de Pareto, também conhecido como 80/20, que irá lhe demonstrar automaticamente quais projetos/ações da sua empresa estão consumindo a maior parte dos seus recursos para você verificar se isso faz sentido na sua estratégia.

Gostou dessa planilha? Está querendo implementar um sistema de gestão da qualidade total na sua empresa? Não deixe de baixar a versão demonstrativa gratuita dela para ver com seus próprios olhos como ela funciona: planilha de qualidade completa

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo Calcular Custos, Taxas e Impostos de Importação
Próximo artigoMais autoconfiança por favor!
Leandro Borges
Leandro começou a vida profissional prestando consultorias centenas de pequenas empresas em todo o Brasil e foi professor em instituições como SEBRAE, Vale, Souza Cruz, FIRJAN, COPPE e FGV. Hoje, é encantado pelas facilidades que o Excel traz para a gestão empresarial e quer levar essa maravilha para o Brasil e o Mundo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome