Plano de Desenvolvimento de Funcionários: O que é e Como Criar

0
1307
Plano de Desenvolvimento de Funcionários - Recursos Humanos

O ativo mais importante para as empresas, atualmente, é o capital humano. Diversas pesquisas apontam que desenvolver os seus funcionários é a melhor maneira de aumentar o valor da empresa. Por isso existem diversas iniciativas em Recursos Humanos para diminuir o turnover dos funcionários e desenvolvê-los dentro da organização.

O que é um Plano de Desenvolvimento de Funcionários?

É o conjunto de ações de Recursos Humanos que a empresa irá executar durante o ano para desenvolver as habilidades, conhecimentos e aptidões dos seus funcionários. No Plano de Desenvolvimento estarão descritas todas as iniciativas como: treinamentos, periodicidade das avaliações e o orçamento para cada uma dessas etapas.

Não existe um período certo para o planejamento futuro. Pode ser só para esse ano, quanto para os próximos 3 anos, o mais importante é deixar tudo planejado e projetado, inclusive as alocações financeiras. Uma sugestão nossa é fazer esse planejamento todo começo de ano.

Quais as principais etapas para um Plano de Desenvolvimento de funcionários?

Podemos fazer um Plano de Desenvolvimento de Funcionários em três etapas simples.

  1. Pré Planejamento
  2. Planejamento de Treinamentos
  3. Agenda de Avaliações de Desempenho

1. Pré Planejamento

Antes de fazer qualquer tipo de planejamento é importante ter os insumos certos para poder analisar e tomar decisões com base em dados e não no achismo. Para entender o que desenvolver na sua empresa você precisa dar um passo atrás e ver o que de fato precisa ser desenvolvido.

Existem algumas ferramentas de RH que podem ajudar nessa etapa como a Avaliação de Desempenho por Competências.

Planejamento de Treinamentos

Após fazer a Avaliação de Desempenho dos seus funcionários e descobrir o que de fato precisa ser potencializado e desenvolvido, é hora de planejar os treinamentos. Na hora de pensar nos treinamentos é importante ter duas coisas em consideração:

Orçamento Financeiro

A primeira é o seu orçamento financeiro. Existem duas formas de você chegar ao montante final de fato.

De um modo você vai estruturar todo o calendário de treinamentos necessários, orçar preço para todos e provisionar isso no orçamento da empresa.

O segundo modo é já ter um orçamento provisionado e pensar no calendário de treinamentos a partir do orçamento da empresa.

Por mais que o primeiro modo seja o ideal, sei que não é a realidade de muitas empresas, por isso é importante deixar claro que não existe jeito certo ou errado. O importante é deixar provisionado um valor de treinamento para seus funcionários.

Tempo dos Treinamentos

Muitos treinamentos vão ocorrer durante a jornada de trabalho e isso pode acabar diminuindo a produtividade do negócio como um todo. Por isso é importante sempre entender em quais momentos do período planejado os treinamentos devem ocorrer.

Algumas empresas optam para que seus funcionários façam cursos online ao invés de presenciais, visando justamente esse impacto do tempo. Ele pode fazer o curso em casa ou em alguma hora ociosa de trabalho, por exemplo.

2. Planejamento de Treinamentos

Com o Orçamento e o Tempo disponível em mãos é hora de registrar quais treinamentos serão feitos. Afinal, de nada adianta planejar se não for possível executar e controlar a execução depois.

O primeiro registro que deve ser feito é o dos próprios alunos: Nome, contato, função e área dentro da empresa são alguns dos dados interessantes de ter registrados.

O segundo registro importante para ser feito é o de listagem dos cursos. Nessa listagem, alguns dados que podem ser registrados são: Nome do Treinamento, Data, Local e, se você quiser, pode registrar inclusive um responsável e a área que vão ter o treinamento.

Esse tipo de controle e registro dos seus dados vai ajudar a acompanhar todos os treinamentos realizados durante o ano, por isso é importante registrar. Afinal, é importante chegar no fim do ano sabendo o que foi feito ou não do planejamento.

3. Agenda de Avaliações de Desempenho

Após tomar todas as medidas para dar mais treinamento para os funcionários, é importante fazer avaliações de desempenho para verificar se o desempenho da equipe tem melhorado.

O ideal é fazer no mínimo duas avaliações de desempenho durante o ano. Se, no pré-planejamento, você já fez uma para identificar os pontos de melhoria, faça uma após os treinamentos, mais para o fim do período e com a maioria dos treinamentos feitos, para verificar se houve, de fato, uma melhora nos indicadores.

Para finalizar: como todo planejamento, o Plano de Desenvolvimento tem que ter um acompanhamento para verificar se a execução está sendo realizada. Afinal, de nada vale planejar mas não tirar do papel.

Você pode começar a fazer o seu Plano de Desenvolvimento com as Planilhas de Avaliação de Desempenho e de Controle de Treinamentos. Clique nos links para acessá-las.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, digite seu nome